[E-BOOK GRÁTIS]: Windows 7 Básico, 476 pgs - QUERO RECEBER!
Você está em: PrincipalArtigosOffice : Consultasavancadas_p3
Quer receber novidades e e-books gratuitos?
›››

Conheça o Júlio Battisti

Julio Battisti - Autor de mais de 25 livros de informática Júlio Battisti tem mais de 36 livros publicados, dezenas de e-books e é certificado Microsoft.

Ganhe o e-book a Seguir

e-book grátis Windows 7 Básico

476 páginas



Curta Nossa Fanpage

Loja Virtual do Site

Livros do Julio Battisti

Lição 3 - Utilização de Critérios Avançados e Operadores

Neste tópico apresentarei uma série de exemplos de consultas, nas quais utilizarei os . Operadores Like (Como), In (Em) , Between (Entre), Negado, etc. Também apresentarei exemplos de consultas nas quais são utilizadas funções internas do Access, para a criação de critérios avançados.. Veremos o uso das seguintes funções:
  • Direita

  • Esquerda

  • Meio

  • IfImed
  • Nota: Para uma introdução aos operadores Like, In, Between, OR e AND, consulta a Lição 14 do Módulo 3 do Curso de Access Básico: Utilizando Operadores para Definir Critérios de Pesquisa.

    Vamos seguir a metodologia utilizada nas lições anteriores, ou seja, vamos criando consultas de exemplo e explicando os critérios e técnicas utilizados. Usaremos como base para este tópico o Banco de Dados curso_av.mdb, o qual você deve ter copiado, conforme orientações da Introdução desse tutorial. Na maioria dos exemplos dessa lição, iremos alterar a estrutura da Consulta 02, criada na Lição 2

    Inicialmente vamos construir mais algumas consultas para fixar bem a utilização do Operador Como.
     
    Exemplo 01: Crie uma consulta que selecione apenas os Pedidos para as empresas cujo campo NomeDaEmpresa inicie com a letra C e termine com a letra E.
     
    Para criar a consulta proposta faça o seguinte:
  • Abra o banco de dados curso_av.mdb.

  • Acesse o modo estrutura da Consulta 02.

  • Exclua todos os critérios definidos anteriormente.

  • Coloque o seguinte critério na linha Critério do campo NomeDaEmpresa:
  • Como "C*E"
  • Vá para o modo Folha de Dados e observe os resultados, conforme indicado na figura abaixo:



  • Muitas vezes, na utilização do operador Como existem duas ou mais maneiras de obter o mesmo resultado. Por exemplo se você quiser uma listagem de todas as empresas cujo nome inicie na faixa de A até F. Você pode usar o critério tradicional: Como "[A-F]*". Outra maneira é informar ao Microsoft Access que você quer todas as empresas, menos aquelas cuja primeira letra esteja na faixa de G até Z. Neste caso você usaria o seguinte critério: Como "[!G-Z]*" , o qual informa ao Microsoft Access para listar todas as empresas que Não Iniciem com a primeira letra na faixa de G até Z, que é o mesmo que dizer para trazer as que iniciem na faixa da A até F. O ponto de exclamação é que informa o "Não".

    Você pode combinar operadores Como, utilizando o Operador E e o operador Ou. Vamos explorar um pouco mais a utilização do Operador Como, devido a sua grande utilização e importância.

    Exemplo 02: Crie uma consulta que selecione apenas os Pedidos para as empresas cujo campo NomeDaEmpresa inicie com a letra B, a terceira letra seja um A ou todos os Pedidos para as Companhias cuja última letra do nome seja N, independente da letra inicial e da terceira letra.

    Para criar a consulta proposta faça o seguinte:
  • Se você não estiver no Modo Estrutura, volte para o modo estrutura da Consulta 02.

  • Elimine os critérios adicionados anteriormente.

  • Coloque o seguinte critério na linha Critério do campo NomeDaEmpresa:
  • Como "B?A*" Ou Como "*N"
  • Vá para o modo Folha de Dados e observe os resultados, conforme indicado na figura abaixo:


  • NomeDaEmpresa iniciando com A, terceira letra B, ou terminando com N.
    Observe a utilização do Ou ao invés do E. A Primeira parte - Como "B?A" - diz para o Microsoft Access trazer a listagem dos registros onde o campo Nome da Empresa tem na primeira letra um B, não importa o que tem na segunda (?) e na terceira um A . Já a segunda parte do critério - Como "N*" -, informa ao Microsoft Access para listar aquelas empresas cuja nome termina com a letra N. Como os dois critérios estão ligados por um Ou, isto significa que para estar na listagem. basta que o NomeDaEmpresa atenda a um dos critérios, isto é, tenha na primeira letra um B e na terceira um A, ou que termine com N. Você pode observar isto na listagem que existem empresas que não terminam com n, porém atendem ao primeiro critério e existem empresas que não iniciam com B e tem na terceira letra um A, porém atendem ao segundo critério. Isto comprova que quando duas condições estiverem ligadas pelo conectivo Ou, todos os registros que atenderem a uma das condições, estarão na listagem. Se atender as duas condições melhor ainda, também estarão na listagem. A Única hipótese de um registro não estar na listagem é se não atender a nenhuma das duas condições ligadas pelo operador OU.

    Vamos começar a utilizar alguns outros operadores e funções do Microsoft Access para especificar critérios avançados em consultas.

    Exemplo 03: Criar uma consulta que exiba somente os registros cujo NúmeroDoPedido esteja entre 10500 e 10550 e que o PaísDeDestino seja Brasil Ou EUA.

    Para criar a consulta proposta faça o seguinte:
  • Se você não estiver no Modo Estrutura, volte para o modo estrutura da Consulta 02.

  • Elimine os critérios adicionados anteriormente.

  • Coloque o seguinte critério na linha Critério do campo NúmeroDoPedido:
  • Entre 10500 E 10550
  • Coloque o seguinte critério na linha Critério do campo PaísDeDestino:
  • Brasil Ou EUA
  • Vá para o modo Folha de Dados e observe os resultados, conforme indicado na figura abaixo:



  • Pedidos entre 10500 e 10550 e cujo País de Destino seja Brasil ou EUA.
    Temos dois aspectos importantes a serem observados nesta consulta. Primeiro a utilização do Operador "ENTRE". Este Operador, normalmente, é utilizado para pesquisar valores dentro de uma determinada faixa, sendo que o valor inicial é o limite inferior e o valor final (Após o E) é o limite superior. No campo PaísDeDestino colocamos o critério Brasil Ou EUA, para pesquisar aqueles pedidos somente para o Brasil ou os EUA. Observe que quando dois ou mais critérios são especificados na mesma linha, o Microsoft Access liga os critérios através de um operador E. No nosso exemplo para que um registro seja selecionado ele deverá ter o Número do Pedido entre 10500 e 10550 E também ter como PaísDeDestino o Brasil ou EUA.

    Uma vez que os caracteres curinga, como *, são tratados como literais, você não pode utilizá-los com o operador Between...And. Por exemplo, você não pode utilizar 980* e 989* para localizar todos os códigos postais que começam com 980 e 989. Em vez disso, você tem duas alternativas: pode adicionar uma expressão para a consulta que pegue os três caracteres da esquerda do campo de texto e utilizar Between...And nesses caracteres, ou pode preencher os valores superior e inferior com caracteres extras.

    Exemplo 04: Criar uma consulta que exiba somente os registros cujo NúmeroDoPedido esteja entre 10500 e 11000 e que a DataDoPedido esteja no período de Junho A Agosto de 1995

    Para criar a consulta proposta faça o seguinte:
  • Se você não estiver no Modo Estrutura, volte para o modo estrutura da Consulta 02.

  • Elimine os critérios adicionados anteriormente.

  • Coloque o seguinte critério na linha Critério do campo DataDoPedido:
  • (Mês([DataDoPedido]) Entre 6 E 8) E Ano([DataDoPedido])=1995
  • Coloque o seguinte critério na linha Critério do campo NúmeroDoPedido
  • Entre 10500 E 11000
  • Vá para o modo Folha de Dados e observe os resultados, conforme indicado na figura abaixo:



  • Pedidos com Número entre 10500 E 11000, e Período de Junho a Agosto de 1995.
    Observe o critério que utilizamos no campo DataDoPedido. Primeiro utilizamos a função Mês para extrair somente o Mês da DataDoPedido. A função Mês retorna uma valor Numérico (Jan=1, Fev=2, Mar=3, etc). Utilizamos o Operador Entre para exigir que somente fossem selecionados os registros cuja Mês esteja na faixa de 6 a 8 (Junho a Agosto). Como precisamos também fixar que somente desejamos o ano de 1995 utilizamos um operador E ( uma vez que as duas condições precisam ser atendidas - Mês de Junho a Agosto para o Ano de 1995) e o critério Ano([DataDoPedido])=1995. Fizemos uso da função Ano para extrair apenas o Ano da Data e compará-lo com 1995. Com a combinação dos dois critérios obtemos o resultado desejado para a DataDoPedido: Somente pedidos de Junho a Agosto e para o Ano de 1995. No campo NúmeroDoPedido, utilizamos o operador Entre para limitar os Pedidos com NúmeroDoPedido entre 10500 e 11000 para o Período especificado anteriormente.

    Utilizando funções em conjunto com os operadores, iremos construir consultas com critérios de filtragem bastante sofisticados. Vamos explorar um pouco mais as possibilidades de utilização das funções em conjunto com os operadores.

    Exemplo 05: Criar uma consulta que exiba somente os registros cujo NomeDaEmpresa tenha BO como as duas primeiras letras. Ao invés de utilizar o operador Como, utilize a função Esquerda.

    Nota: Para uma descrição completa das funções Esquerda, Direita e Meio, consulte as lições do Módulo 3, do Curso de Access Básico.

    Para criar a consulta proposta faça o seguinte:
  • Se você não estiver no Modo Estrutura, volte para o modo estrutura da Consulta 02.

  • Elimine os critérios adicionados anteriormente.

  • Coloque o seguinte critério na linha Critério do campo NomeDaEmpresa:
  • Esquerda([NomeDaEmpresa];2)="BO"
  • Vá para o modo Folha de Dados e observe os resultados, conforme indicado na figura abaixo:



  • Somente os Pedidos para os registros com NomeDaEmpresa iniciando com BO.
    Claro que, facilmente, poderíamos obter os mesmos resultados, simplesmente utilizando o operador Como da seguinte maneira: Como "BO*". O Objetivo é salientar a utilização da função Esquerda. Esta função recebe dois parâmetros: O Nome do Campo sobre o qual a função vai atuar e o número de caracteres que ele deve retornar iniciando à esquerda do campo. Os parâmetros são separados por ponto e vírgula. Abaixo temos mais alguns exemplos de utilização da função esquerda:
    Vamos supor que o campo Nome tenha o valor "José Carlos da Silva"

    Exemplo de Uso da Função Esquerda Resultado
    Esquerda([Nome];2) Jo
    Esquerda([Nome];5) José
    Esquerda([Nome];3) Jos
    Esquerda([Nome];10) José da Si
    Esquerda([Nome];6) José d
    Observe que o espaço em branco também conta como um caractere: Exemplos 4 e 5.

    Além da função esquerda, temos as funções Direita e Meio.A função direita, inicia a direita de um campo e retorna um número determinado de valores. A sua sintaxe é conforme indicado abaixo:
    Direita([NomeDoCampo];NúmeroDeCaracteres)
    A função Meio permite que seja retornado um determinado número de caracteres a partir de uma posição específica dentro de um campo. Por exemplo posso retornar 4 caracteres, a partir do 5 caractere. A Sua sintaxe é conforme indicado abaixo:
    Meio([NomeDoCampo];PosiçãoOndeIniciar;NúmeroDeCaracteres)
    Na tabela abaixo temos diversos exemplos de utilização das funções Direita, Esquerda e Meio:
    Exemplo de Uso das Funções Direita, Esquerda e Meio Resultado
    Esquerda("ABCDEF123456";3") ABC
    Direita("ABCDEF123456";3) 456
    Direita("ABCDEF123456";6) 123456
    Meio("ABCDEF123456";2;3) BCD
    Meio("ABCDEF123456";5;4) EF12
    Estas funções são bastante úteis e podem ser utilizadas em um sem número de situações práticas do dia-a-dia. 

    Vamos supor que você queira criar uma nova coluna que vamos chamar de CódigoClientePaís. Este código será formado pelas 3 primeiras letras do campo NomeDaEmpresa e palas três últimas letras do campo PaísDeDestino. Para criarmos esta nova coluna, teremos que utilizar as funções Esquerda (para extrair as 3 primeiras letras do campo NomeDaEmpresa) e a função direita (para extrair as três últimas letras do campo PaísDeDestino). Além disto teremos que usar o Operador & para concatenar as duas partes. O Operador & é utilizado no Microsoft Access para concatenar duas ou mais strings.

    Apenas lembrando do tópico inicial sobre consultas, podemos, sempre que necessário, é possível criar novos campos nas consultas, os quais são derivados de dados de outros campos. Tanto podemos criar campos que efetuem cálculos (por exemplo {PreçoUnitário]*[Quantidade} ) quanto campos que realizam operações com Strings, conforme está sendo proposto no nosso exemplo de juntar as três primeiras letras do campo NomeDaEmpresa, com as três últimas letras do campo PaísDeDestino, para formarmos um novo campo que vamos chamar de CódigoApuraçãoEspecial.

    Então, Mãos a Obra !!!!!!!!

    Exemplo 06: Criar uma consulta que adicione um campo chamado CódigoApuraçãoEspecial, o qual será formado pelas três primeiras letras do campo NomeDaEmpresa e pelas três últimas letras do campo PaísDeDestino

    Para criar a consulta proposta faça o seguinte:
  • Se você não estiver no Modo Estrutura, volte para o modo estrutura da Consulta 02.

  • Elimine os critérios adicionados anteriormente.

  • Vá para a primeira coluna em branco, ao lado do campo PaísDeDestino e digite o seguinte:
  • CódigoApuraçãoEspecial: Esquerda([NomeDaEmpresa];3) & Direita([Pedidos].[PaísDeDestino];3)
  • Vá para o modo Folha de Dados e observe os resultados, conforme indicado na figura abaixo:



  • Campo CódigoApuraçãoEspecial criado a partir dos campos NomeDaEmpresa e PaísDeDestino.
    Nota: Utilizamos [Pedidos].[PaísDeDestino] e não apenas [PaísDeDestino], pois o campo PaísDeDestino existe nas tabelas Clientes e Pedidos, e ambas fazem parte da consulta. Se colocássemos apenas [PaísDeDestino], sem o nome da tabela, o Access não conseguiria executar a consulta, pois não seria possível identificar de qual tabela a fórmula deveria pegar o campo [PaísDeDestino].

    Relembrando o que já havíamos visto no início do capítulo sobre consultas: Quando Estivermos adicionando campos calculados ou derivados de outros campos, o que vier antes dos dois pontos é simplesmente o nome que irá aparecer no modo Folha De Dados, conforme pode ser conferido na figura anterior. O que vem depois dos dois pontos é a expressão que ira gerar os valores para o campo CódigoApuraçãoEspecial. A primeira parte da expressão: Esquerda([NomeDaEmpresa];3), retorna as três primeiras letras do campo NomeDaEmpresa, as quais são concatenadas pelo operador & com as três últimas letras do campo PaísDeDestino, as quais são retornadas através da utilização da função Direita([PaísDeDestino];3).

    Outro fato importante a lembrar é que esta coluna não fará parte de nenhuma tabela e os dados nela contidos, não ficam armazenados no banco de dados. Toda vez que a consulta for executada, o Microsoft Access irá calcular os valores desta coluna, utilizando a expressão indicada anteriormente. Lembre que um dos princípios básicos de projeto de banco de dados é não armazenar campos calculados, conforme descrito no Curso de Access Básico.

    Vamos sofisticar um pouco mais a nossa consulta.

    Exemplo 07: Criar uma consulta que adicione um campo chamado CódigoApuraçãoEspecial, o qual seja formado pelas três primeiras letras do campo NomeDaEmpresa e pelas três últimas letras do campo PaísDeDestino, mais um hífen ( - ), mais a palavra Barato se o frete for menor ou igual à R$15,00 ou a palavra Caro se o frete for maior do que R$ 15,00.

    Para criar a consulta proposta faça o seguinte:
  • Se você não estiver no Modo Estrutura, volte para o modo estrutura da Consulta 02.

  • Adicione o campo Frete da tabela Pedidos.

  • Vá para a coluna criada na Consulta anterior : CódigoApuraçãoEspecial e altera para que fique da seguinte maneira:
  • CódigoApuraçãoEspecial: Esquerda([NomeDaEmpresa];3) & Direita([Pedidos].[PaísDeDestino];3) & "-" & SeImed([Frete]<=15;"Barato";"Caro")
  • Vá para o modo Folha de Dados e observe os resultados, conforme indicado na figura abaixo:



  • Refinamentos no Campo CódigoApuraçãoEspecial.
    A novidade nesta consulta é a utilização da função SeImed, conforme indicado abaixo:
    SeImed([Frete]<=15;"Barato";"Caro")
    Esta função tem três parâmetros. O Primeiro faz um teste ( [Frete]<=15). Caso o teste retorne um valor verdadeiro, ou seja, o campo Frete tenha uma valor menor ou igual 15, o segundo parâmetro ("Barato") é retornado. Caso o teste ([Frete]<=15) seja falso, o terceiro parâmetro ("Caro") é retornado. Novamente utilizamos o operador & para concatenar as diversas partes que formam um campo do tipo Texto. Observe, também, que para adicionar o hífen ( "-" ), colocamos o esse entre aspas. Sempre que quisermos concatenar uma string, precisamos colocá-la entre aspas.

    Vamos exercitar um pouco mais a função SeImed ( IIF em Português).

    Exemplo 08: Criar uma consulta que adicione um campo chamado ImpostoFrete, o qual seja calculado da seguinte maneira: Se o frete for menor ou igual a R$15,00, o Imposto será de 2 Reais, caso contrário, o imposto será de 5 Reais.

    Para criar a consulta proposta faça o seguinte:
  • Se você não estiver no Modo Estrutura, volte para o modo estrutura da Consulta 02.

  • Vá para a primeira coluna em Branco, bem a direita e digite o seguinte:
  • ImpostoFrete: SeImed([Frete] Entre 0 E 15;0,15;0,2)
  • Vá para o modo Folha de Dados e observe os resultados, conforme indicado na figura abaixo:



  • Campo Calculado para o valor do Imposto, com base no valor do Frete.
    Além do uso da função Selmed, temos mais dois pontos importantes a observar nesta consulta. Lembrando do primeiro ítem sobre consultas, você deve formatar a coluna ImpostoFrete, para que ela exiba os valores no formato de moeda. Para fazer isto clique com o botão direito sobre a coluna, no menu que surge clique em propriedades. Na janela que surge, no campo formato escolha moeda e em casas decimais escolha 2, dê um clique em OK para fechar a janela das propriedades. Observe que dentro da função Selmed, ao invés de utilizarmos um teste de comparação, utilizamos o operador Entre para testar se o Frete está entre 0 e 15.

    Você pode ver que existem enormes possibilidades de utilização de operadores em conjunto com as funções. Você pode encontrar mais informação sobre Operadores e Funções na ajudo do Microsoft Access e também no Módulo 3 do Curso de Access Básico.

    Vamos aprender a utilizar mais um operador, o Operador IN ( Em).

    Exemplo 09: Criar uma consulta que liste apenas os Pedidos para o Brasil, Alemanha ou EUA. Utilizar o Operador IN (Em).

    Para criar a consulta proposta faça o seguinte:
  • Se você não estiver no Modo Estrutura, volte para o modo estrutura da Consulta 02.

  • Se existir algum critério definido, exclua-o.

  • No campo PaísDeDestino, na linha critério, coloque o seguinte critério:
  • IN ("Brasil";"Alemanha";"EUA")
  • Vá para o modo Folha de Dados e observe os resultados, conforme indicado na figura abaixo:



  • Consulta exibindo os pedidos para o Brasil, Alemanha ou EUA.
    Poderíamos ter construído esta consulta utilizando o Operador OU. Em termos de funcionalidade utilizar - Brasil Ou Alemanha Ou EUA, ou utilizar IN ("Brasil";"Argentina";"EUA"), não faz diferença nenhuma. Na prática quando temos uma lista grande de valores a serem comparados, a utilização do Operador IN torna-se mais prática e de mais fácil entendimento.

    E se nos quiséssemos uma consulta que listasse os pedidos para todos os países, menos para o Brasil, Alemanha ou EUA. Bastaria colocar o seguinte critério, no campo PaísDeDestino.
    Negado Em ("Brasil";"Alemanha";"EUA")
    Neste caso utilizamos o operador negado, para informar ao Microsoft Access que queremos todos aqueles pedidos, exceto aquelas (Negado aqueles) cujo campo PaísDeDestino seja Brasil, Alemanha ou EUA.

    Nunca é demais ressaltar que a combinação de operadores e funções nos oferece um sem número de possibilidades. Vamos explorar um pouco mais a linha de totais em consultas, juntamente com o uso das chamadas funções de domínio ou funções agregadas.

    Volte para o modo Estrutura da Consulta 02 e dê um clique no botão  , este botão exibirá uma linha adicional no modo estrutura: A Linha de Totais. Esta linha que nos permite a utilização de diversas funções para a realização de cálculos e totalizações nas tabelas. Abaixo segue um pequeno resumo de cada uma das opções da linha de totais:

    Selecione Para Localizar o Utilize com esses tipos de dados de campo
    Soma Total dos valores em um campo. Número, Data/Hora, Moeda e AutoNumeração
    Média Média dos valores em um campo Número, Data/Hora, Moeda e AutoNumeração
    Mínimo Menor valor do campo Texto, Número, Data/Hora, Moeda e AutoNumeração
    Máximo Maior valor em um campo. Texto, Número, Data/Hora, Moeda e AutoNumeração
    Contar Número de valores em um campo, não contando valores Nulos (em branco). Texto, Memorando, Número, Data/Hora, Moeda, AutoNumeração, Sim/Não e Objeto OLE
    Desv Desvio padrão dos valores em um campo. Número, Data/Hora, Moeda e AutoNumeração
    Var Variância dos valores em um campo. Número, Data/Hora, Moeda e AutoNumeração
     
    Sobre funções agregadas e outras opções na linha Total da grade da estrutura da consulta

    Das 12 opções na linha Total da grade de estrutura da consulta, 9 são funções agregadas. Todas as funções, exceto Primeiro e Último, foram explicadas na tabela anterior. As outras três opções da lista são explicadas na segunda tabela.

    Observação: As funções agregadas não incluirão em seus cálculos registros que contenham valores em branco (Nulos). Por exemplo, a função Contar retorna uma contagem de todos os registros sem valores Nulos. Existe uma forma de contar valores Nulos e você pode converter valores Nulos em zeros para que sejam incluídos em um cálculo.

    As Outras Opções disponíveis estão indicadas na tabela abaixo:

    Selecione Para
    Agrupar Por Definir os grupos para os quais você deseja efetuar os cálculos. Por exemplo, para exibir totais de vendas por categoria, selecione Grupar Por para o campo NomeDaCategoria
    Expressão Criar um campo calculado que inclua uma função agregada em sua expressão. Geralmente, você cria um campo calculado quando deseja utilizar várias funções em uma expressão.
    Onde Especificar critérios para um campo que você não esteja utilizando para definir agrupamentos. Se você selecionar essa opção para um campo, o Microsoft Access ocultará o campo nos resultados da consulta limpando a caixa de seleção Mostrar.
     
    Na Lição 4,  vamos criar algumas consultas que utilizam diversas opções da linha Total, de tal forma que possamos fixar a utilização destas funções.

    OBSERVAÇÕES SOBRE O TUTORIAL:

    O tutorial é composto de teoria e exemplos práticos, passo-a-passo. Para acompanhar todas as lições desse tutorial, você deve copiar o arquivo curso_av.mdb, o qual está disponível para Download, no formato compactado (.zip), no endereço a seguir:

    CLIQUE AQUI PARA COPIAR O ARQUIVO NECESSÁRIO PARA ACOMPANHAR OS EXEMPLOS DO TUTORIAL

    Para acompanhar os exemplos desse tutorial você já deve conhecer os conceitos básicos de criação de consultas no Microsoft Access. Para detalhes sobre a criação de consultas básicas no Microsoft Access, consulte o Curso Básico de Access. Um bom estudo a todos. 

    Em caso de dúvidas, sobre o conteúdo e os exemplos do tutorial, ou para enviar sugestões sobre novos tópicos a serem incluídos, entre em contato através do e-mail: webmaster@juliobattisti.com.br. Somente serão respondidas dúvidas referentes às questões e tópicos contidos no tutorial. Não serão respondidas dúvidas sobre tópicos gerais do Microsoft Access ou sobre sistemas em desenvolvimento.


    Outras partes do Artigo
    Parte 1 Criação de campos calculados em consultas
    Parte 2 Utilização de Critérios Avançados e Operadores
    Parte 3 Utilização de Critérios Avançados e Operadores
    Parte 4 Exemplos de uso da Linha Totais e Consultas Parametrizadas
    Parte 5 Consultas de Referência Cruzada
    Parte 6 Consultas de Alteração, Exclusão e Acréscimo de Dados


    Clique aqui para voltar ao início da página

    Dúvidas?

    Utilize a área de comentários a seguir.

    Me ajude a divulgar este conteúdo gratuito!

    Use a área de comentários a seguir, diga o que achou desta lição, o que está achando do curso.
    Compartilhe no Facebook, no Google+, Twitter e Pinterest.

    Indique para seus amigos. Quanto mais comentários forem feitos, mais lições serão publicadas.

    Quer receber novidades e e-books gratuitos?
    ›››

    Vídeo-Aulas

  • Access
  • Excel
  • Programação
  • Windows/Linux
  • Redes
  • + Todas as categorias
  • E-books

  • Access
  • Excel
  • Programação
  • Windows/Linux
  • Redes
  • + Todas as categorias
  • Livros

  • Administração
  • Excel
  • Programação
  • Windows/Linux
  • Redes
  • + Todas as categorias
  • Cursos Online

  • Banco de Dados
  • Carreira
  • Criação/Web
  • Excel/Projetos
  • Formação
  • + Todas as categorias
  • Conteúdo Gratuito

  • +1500 Artigos e Tutoriais
  • ASP 3.0
  • ASP.NET
  • Access Básico
  • Access Avançado
  • Excel Básico - 120 lições
  • Excel Avançado - 120 lições
  • SQL Server 2005
  • Windows 7
  • Windows XP
  • Windows 2003 Server
  • Windows 2008 Server
  • Novidades e E-books grátis

    Fique por dentro das novidades, lançamento de livros, cursos, e-books e vídeo-aulas, e receba ofertas de e-books e vídeo-aulas gratuitas para download.



    Institucional

  • Quem somos
  • Garantia de Entrega
  • Formas de Pagamento
  • Contato
  • O Autor
  • Endereço

  • Júlio Battisti Livros e Cursos Ltda
  • Rua Vereador Ivo Cláudio Weigel, 537 Universitário
  • Santa Cruz do Sul/RS
  • CEP 96816-208

  • Atendimento: (51) 3717-3796 - webmaster@juliobattisti.com.br Todos os direitos reservados, Júlio Battisti 2001-2014 ®