[A BÍBLIA DO VBA NO ACCESS]: MACROS E PROGRAMAÇÃO VBA NO ACCESS - CURSO COMPLETO

Páginas: 1164 | Autor: Júlio Battisti | 50% de Desconto e 21 Super Bônus

Você está em: PrincipalArtigosSQL Server 2005 › Capítulo 02 : 24
Quer receber novidades e e-books gratuitos?
›››
« Lição anterior Δ Página principal ¤ Capítulos Próxima lição »
SQL Server 2005 - CURSO COMPLETO
Autor: Júlio Battisti
Lição 041 - Capítulo 02 - Utilizando Snap-In Service Manager - O Console Serviços

Qualquer serviço disponível, e não somente os serviços do SQL Server 2005, pode ser gerenciado pelo Snap-in Service Manager. Através deste Snap-in podemos efetuar diversas configurações, como por exemplo:

  • Configurar um serviço para que seja inicializado automaticamente.
  • Parar um serviço.
  • Inicializar um serviço.
  • Configurar qual a conta que será utilizada para inicializar o serviço.
  • Configurar o comportamento do serviço em caso de falha. Por exemplo, podemos pedir para que o serviço seja reinicializado em caso de falha.

Vamos aprender a utilizar o Snap-in Serviços através de um exemplo prático. Vamos abri-lo e verificar as opções de configuração disponíveis para o serviço SQLServer (CURSOSJB), que conforme foi visto anteriormente é o serviço SQL Server para a instância CURSOSJB, no servidor SERVIDOR2.

Para verificar as opções de configuração do serviço SQLServer (CURSOSJB), siga os passos indicados a seguir:

1. Faça o logon no Servidor onde está instalada a instância a ser gerenciada, usando uma conta com perfil de Administrador

2. Abra o Snap-in Serviços: Iniciar -> Programas -> Ferramentas administrativas -> Serviços. Surge a janela indicada na Figura 2.32.


Figura 2.32 O console para gerenciamento de Serviços.

3. Na listagem de serviços, a qual por padrão está ordenada ascendentemente pelo nome do serviço, localize o serviço chamado SQLServer (CURSOSJB).

Observe que ao lado do nome do serviço, temos mais colunas de informação. Estas colunas informam se o serviço está carregado na memória (Iniciado); o Tipo de inicialização indica se o serviço é carregado automaticamente ou não, quando o Windows é inicializado e assim por diante.

4. Dê um clique com o botão direito do mouse sobre o nome do serviço.

No menu que surge temos diversas opções, conforme descrito a seguir:

  • Iniciar: Esta opção carrega o serviço na memória. Se o serviço já estiver carregado, esta opção estará desabilitada.
  • Parar: Esta opção para o serviço, descarregando-o da memória. Os usuários não poderão mais se conectar com o servidor SQL enquanto o serviço não for reinicializado. Os usuários que estiverem conectados serão desconectados.
  • Pausar: Esta opção faz com que o servidor SQL Server não aceite novas conexões, porém os usuários que estão atualmente conectados, continuam podendo acessar os recursos do servidor SQL Server.
  • Continuar: Faz com que o servidor SQL Server volte a aceitar novas conexões. Esta opção está desabilitada se o serviço não estiver em pausa.
  • Reiniciar: Descarrega o serviço da memória e o carrega novamente. Esta opção pode ser utilizada quando o servidor começar a apresentar algum comportamento estranho, sem justificativa aparente. Nestas situações, reinicializar o servidor pode ser a melhor opção.

5. Dê um clique duplo no nome do serviço. Será aberta a janela “Propriedades SQLServer (CURSOSJB).”, a qual apresenta quatro guias de opções.

Na guia Geral, conforme indicado na Figura 2.33, é exibido o nome do serviço, e temos a opção de inserir uma descrição para o serviço.

Na lista Tipo de inicialização, podemos escolher se o serviço deve ser inicializado automaticamente, manualmente ou deve ser desativado. Há ainda botões para Iniciar, Parar, Pausar e Continuar o serviço. Também temos um campo para passar um parâmetro de inicialização, caso o serviço em questão exija algum.


Figura 2.33 A guia Geral das propriedades do serviço.

Na guia Logon, conforme indicado na Figura 2.34, podemos definir qual a conta que será utilizada para inicializar o serviço. Caso tenhamos mais do que um perfil de hardware, podemos habilitar ou desabilitar o serviço, nos diferentes perfis existentes. Vamos supor que você tenha criado um perfil de hardware chamado manutenção. Quando você inicializa o servidor e seleciona este perfil de hardware, pode ser interessante que o servidor tenha todos os serviços não necessários à manutenção, desabilitados para que sejam liberados recursos como memória e processador para as tarefas de manutenção.


Figura 2.34 A guia Logon das propriedades do serviço.

Na guia Recuperação, conforme indicado na Figura 2.35, podemos definir qual deve ser o comportamento do serviço no caso de uma falha. Estas opções são uma das novidades do Windows 2000 e do Windows Server 2003 em relação ao Windows NT Server 4.0. Podemos definir diferentes ações para a primeira falha do serviço, para a segunda falha do serviço e para as falhas posteriores, dentro de um período de tempo definido no campo “Zerar a contagem de falhas após x dias”. As ações possíveis são: Não executar nenhuma ação, Reiniciar o serviço, Executar um arquivo ou Reiniciar o computador. Por exemplo, podemos escolher Reiniciar o serviço para a primeira falha; Executar um arquivo, para executar um programa que avisa o Administrador via e-mail e reinicializa o serviço para a segunda falha; e Reiniciar o computador para uma falha posterior. As opções “Executar arquivo” e “Parâmetros de linha de comando” somente serão habilitadas quando escolhermos Executar um arquivo como ação para uma das falhas – primeira, segunda ou posterior.


Figura 2.35 A guia Recuperação das propriedades do serviço.

Na guia Dependências, conforme indicado na Figura 2.36, temos informações de quais Serviços o serviço em questão depende, e quais Serviços dependem do serviço em questão. Conforme a Figura 2.36, o serviço SQL Server Agent depende do serviço SQL Server. Isto significa que se o serviço SQL Server não estiver inicializado, o serviço SQL Server Agent não poderá ser inicializado. O Windows utiliza estas informações para determinar a ordem correta de inicialização dos serviços ao inicializar o Sistema Operacional.


Figura 2.36 A guia Dependências das propriedades do serviço.

5. Clique em Cancelar para fechar a janela com as propriedades do serviço SQLServer (CURSOSJB).”,.

6. Feche o console Serviços.

Muitas vezes uma determinada funcionalidade do Windows ou do SQL Server não está funcionando corretamente. Um dos locais que devemos verificar é no console Serviços, para nos certificar que todos os serviços necessários foram devidamente inicializados.

As opções vistas neste exemplo estão disponíveis para todos os serviços e não apenas para os serviços do SQL Server 2005.

« Lição anterior Δ Página principal ¤ Capítulos Próxima lição »

Best Sellers de Excel do Julio Battisti

Todos com Vídeo Aulas, E-books e Planilhas de Bônus!

Aprenda com Júlio Battisti:
Excel 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos - Passo a Passo

 Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 540 | Editora: Instituto Alpha

 

[Livro]: Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 Avançado, Análise de Dados, Tabelas Dinâmicas, Funções Avançadas, Macros e Programação VBA - Passo a Passo

Livro: Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 Avançado, Análise de Dados, Tabelas Dinâmicas, Funções Avançadas, Macros e Programação VBA - Passo a Passo

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 952 | Editora: Instituto Alpha

 

Livro: Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 Avançado, Análise de Dados, Tabelas Dinâmicas, Funções Avançadas, Macros e Programação VBA - Passo a Passo

Aprenda com Júlio Battisti: Macros e Programação VBA no Excel 2010 Através de Exemplos Práticos e Úteis - Passo a Passo

 

[LIVRO]: Aprenda com Júlio Battisti: Macros e Programação VBA no Excel 2010 Através de Exemplos Práticos e Úteis - Passo a Passo

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 1124 | Editora: Instituto Alpha

 

[LIVRO]: Aprenda com Júlio Battisti: Macros e Programação VBA no Excel 2010 Através de Exemplos Práticos e Úteis - Passo a Passo

Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 - Curso Completo - Do Básico ao Avançado, Incluindo Macros e Programação VBA - Através de Exemplos Práticos

 

[A BÍBLIA DO EXCEL]: Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 - Curso Completo - Do Básico ao Avançado, Incluindo Macros e Programação VBA - Através de Exemplos Práticos Passo a Passo

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 1338 | Editora: Instituto Alpha

 

[A BÍBLIA DO EXCEL]: Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 - Curso Completo - Do Básico ao Avançado, Incluindo Macros e Programação VBA - Através de Exemplos Práticos Passo a Passo

Todos os livros com dezenas de horas de vídeo aulas de bônus, preço especial (alguns com 50% de desconto). Aproveite. São poucas unidades de cada livro e por tempo limitado.

Dúvidas?

Utilize a área de comentários a seguir.

Me ajude a divulgar este conteúdo gratuito!

Use a área de comentários a seguir, diga o que achou desta lição, o que está achando do curso.
Compartilhe no Facebook, no Google+, Twitter e Pinterest.

Indique para seus amigos. Quanto mais comentários forem feitos, mais lições serão publicadas.

Quer receber novidades e e-books gratuitos?
›››

Novidades e E-books grátis

Fique por dentro das novidades, lançamento de livros, cursos, e-books e vídeo-aulas, e receba ofertas de e-books e vídeo-aulas gratuitas para download.



Institucional

  • Quem somos
  • Garantia de Entrega
  • Formas de Pagamento
  • Contato
  • O Autor
  • Endereço

  • Júlio Battisti Livros e Cursos Ltda
  • CNPJ: 08.916.484/0001-25
  • Rua Vereador Ivo Cláudio Weigel, 537 Universitário
  • Santa Cruz do Sul/RS
  • CEP 96816-208
  • Todos os direitos reservados, Júlio Battisti 2001-2017 ®

    [LIVRO]: MACROS E PROGRAMAÇÃO VBA NO EXCEL 2010 - PASSO-A-PASSO

    APRENDA COM JULIO BATTISTI - 1124 PÁGINAS: CLIQUE AQUI