[E-BOOK GRÁTIS]: Windows 7 Básico, 476 pgs - QUERO RECEBER!
Você está em: PrincipalTutoriaisArlindojunior : Geografia013
Quer receber novidades e e-books gratuitos?
›››

Conheça o Júlio Battisti

Julio Battisti - Autor de mais de 25 livros de informática Júlio Battisti tem mais de 36 livros publicados, dezenas de e-books e é certificado Microsoft.

Ganhe o e-book a Seguir

e-book grátis Windows 7 Básico

476 páginas



Curta Nossa Fanpage

Loja Virtual do Site

Livros do Julio Battisti

FILTRO DE TUTORIAIS:




GEOGRAFIA

 

Indústrias espalhadas pelo mundo

 

Resumo:

 

Neste capitulo veremos algumas condições básicas para industrialização, e que nem todos os lugares são favoráveis, para a instalação de industrias. Mas apesar disso, mais indústrias chegam a alguns países subdesenvolvidos.

 

PRÉ-REQUISITO:

 

Estar atento as lições anteriores, para poder entender a seqüência das lições.

 

INDÚSTRIAS ESPALHADAS PELO MUNDO

 

A industrias é capaz de transformar uma matéria-prima em bens de consumo e produção. Sem a industria, a nossa capacidade de transformação de matéria-prima seria limitada, e o abastecimento de grandes massas populacionais seria bem difícil e até inviável. A Industria, porém nem sempre teve as características que tem hoje em dia.

 

Antes houve a longa fase do artesanato e manufatura, que se estendeu desde a antiguidade até a Revolução Industrial. A produção era feita de forma manual. Mas entre 1765 a 1775 foi desenvolvida a primeira máquina a vapor pelo inventor escocês James Watt, dando início a maquinofatura. Apesar de ter dado um avanço acelerado no processo de industrialização, esse fenômeno industrial, de certa forma está restrito a alguns lugares do mundo, principalmente aos países do norte.

 

Muitas pessoas, apesar de consumirem algum tipo de produto industrializado, nunca viram uma fabrica. Mas porque as industrias ficam concentradas espacialmente? Porque nem todos os lugares oferecem condições favoráveis para a expansão das industrias. Por isso, nem todos os países se industrializaram. Veremos agora quais são as condições necessárias para a industrialização, e como ela se processou em alguns países.

 

Fatores favoráveis

 

Como mencionamos, as industrias estão distribuídas desigualmente no mundo, isto se deve às condições ou fatores favoráveis, que nem todos os lugares apresentam.

 

Alguns fatores favoráveis são:

 

- Fontes de energia

- Mão-de-obra

- Matéria-prima

- Mercado consumidor

- Infra-estrutura de transporte

- Rede de comunicação

- Incentivos fiscais

- Disponibilidades de água.

 

Durante o final do século XVIII e meados do século XIX, época da Primeira Revolução Industrial, as jazidas de carvão mineral era um dos fatores, mas importante para a instalação de industrias. Por isso houve grande concentração de fabricas em torno das principais jazidas de carvão mineral britânicas, norte-americanos, franceses e alemãs. Ao longo do tempo, e com a chegada da Segunda Revolução Industrial, o carvão foi perdendo importância, e o petróleo e a eletricidade começaram a ganhar espaço. Visto que essas duas novas fontes de energia são facilmente transportadas, houve uma dispersão na distribuição de geografia das fabricas, surgindo novas industrias.

 

O petróleo além de fonte de energia, é também, uma importante matéria-prima. E isso possibilitou o crescimento de outros setores, como por exemplo, a industria petroquímica. Faz bem notar, que, a proximidade de outras matérias-primas, como minério, floresta, etc. também influi na localização das industrias. Por exemplo, a Siderúrgica do Quadrilátero Ferrífero, nasce próximo às jazidas de minério de ferro.

 

A existência de uma rede de transporte que possibilitou e facilitou o escoamento das mercadorias produzidas e o recebimento desta, é também um fator importante para a localização das industrias. É por isso que muitas indústrias se localizam próximo a portos marítimos e fluviais, ou ferroviários.

 

Um outro fator importante é a disponibilidade de mão-de-obra e mercado consumidor. Assim, historicamente, fenômeno industrial esteve ligado a grandes concentrações urbanas, como exemplo, a Londres, Nova Iorque, Tóquio, São Paulo, Cidade do México, Paris, etc. Varias dessas grandes cidades são entroncamento de ferrovias, rodovias, hidrovias e aerovias, e abrigam as sedes de vários bancos e empresas, se tornando um atrativo para a chegada de mais industrias. Vimos então, que muitas cidades crescem em torno de centros industriais, que fazem com que elas cresçam ainda mais e acabem atraindo um número bem maior de industrias.

 

O capitalismo não criou a cidade, mas ele criou a metrópole, em sua fase industrial, e  recentemente  a megalópole, em sua fase financeira. Os capitalistas sempre estão a procura de maiores lucros, por isso, se localizam próximos dos mais importantes fatores de produção. O problema é que, com a superconcentração do capital nas metrópoles, ocorrem também a aceleração dos preços dos imóveis, congestionamento nas redes de transportes e comunicações, esgotamento das reservas de matéria-prima e energia, e a elevação do custo da mão-de-obra.

 

Com isso, está ocorrendo uma reorganização geográfica industrial no mundo, principalmente nos países subdesenvolvidos industrializados. Procura-se uma desconcentração das industrias. Hoje, leva cada vez menos tempo para se transportar mercadorias e produtos, e menos ainda para se trocar informações. As distâncias são como se tivessem encurtado. Graças às modernas rodovias, ferrovias, os aeroportos e no ramo das telecomunicações, ao telefone, celular, videoconferência e computadores integrados. Há paralelamente o aumento do deslocamento da população para os grandes centros urbanos e para cidades medias e pequenas.

 

O mercado, portanto, também se descentraliza. Assim as industrias podem buscar novas regiões para a instalação de suas fabricas. Regiões aonde oferecem menores custos de produção; onde a infra-estrutura é melhor; onde as matérias-primas e as fontes de energia estão mais próximas; esses fatores acabam fazendo com que algumas industrias prefiram cidades menores, e descem as metropolitanas. Outro fator que tem bastante importância na hora de decidir implantar uma fabrica é os incentivos fiscais. Esses incentivos fiscais podem ser: isenção de impostos as empresas interessadas a se instalar em uma área: terreno sem custo, algumas vezes com infra-estrutura básica já implantada. Em qualquer país, quando alguma empresa anuncia a concentração de uma nova fabrica, começar as guerras fiscais entre as cidades, para atraí-la.

 

Tipos de Indústrias

 

A localização das industrias também dependem do tipo de industria a ser instalada.

 

- Indústria de bens de produção ou de base (pesada): transformam matérias-primas ou energia em produtos que vão ser usados pelas industrias de bens de capital ou de consumo. Por isso elas se localizam perto das fontes fornecedoras ou dos postos e ferrovias, onde fica fácil a recepção das matérias e a saída da produção. Ex: as siderúrgicas, as metalúrgicas e as petroquímicas.

 

- Indústria de bens de capital: esse tipo de indústria produz maquinas e equipamentos que serão utilizados pelas industrias leves ou pesadas. Essas indústrias se localizam principalmente perto de seus consumidores, nos centros industriais.

 

- Indústria de bens de consumo (leves): produzem produtos duráveis (móveis, eletrodomésticos, automóveis, etc) ou não-duráveis (alimentos, bebidas, etc). Essas indústrias abrigam a maior parte dos trabalhadores, e atinge um amplo mercado consumidor. Portanto, encontra-se nas cidades médias, ou em centros urbanos. A produção destina-se a população em geral.

 

Então vimos que, dependendo do tipo de indústria, leve ou pesada, ela pode se instalar nos centros urbanos ou não. Sempre é necessário se localizar em regiões que atingirá mais facilmente os consumidores.

 

Essa classificação, de acordo com a natureza dos bens produzidos, é a mais utilizada. Mais existe outras formas de se classificar as industrias. Vejamos:

 

Segundo a função:

 

- Indústrias germinativas: elas geram o aparecimento de outras indústrias, como a petroquímica.

 

- Indústrias de ponta: são as indústrias dinâmicas, que comandam a produção industrial. Ex. automobilística.

 

Segundo a tecnologia:

 

- Indústrias tradicionais: são empresas que ainda estão ligadas com a primeira revolução industrial. Geralmente são empresas familiares, e existem algumas dessas ainda no Brasil.

 

- Indústrias dinâmicas: usam muita tecnologia e capital, e pouca força de trabalho. Está ligada com o desenvolvimento mais recente da química e eletrônica. Operam em economia de escala.

 

Em outras lições será mostrado como se processou a industrialização em alguns países. Assim será mais fácil entender a geografia das industrias.

 

EXERCÍCIO

 

Responda.

 

1) Por que nem todos os lugares existem indústrias?

 

------------------------------------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

2) Quais são algumas condições favoráveis para o surgimento de industrias, em uma determinada área?

 

------------------------------------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

3) Que relação existe entre os grandes centros industriais e as grandes cidades?

 

------------------------------------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

4) O que são as guerras fiscais?

 

------------------------------------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Gabarito.

 

1) Porque nem todos os países ou regiões apresentam as condições necessárias para a instalação de indústrias. Apesar de praticamente todas as pessoas consumirem algum tipo de produto industrializado, muitas pessoas nunca viram uma indústria.

 

2) Disponibilidade de matéria-prima e energia; mão-de-obra (qualificada); mercado consumidor, infra-estrutura básica; incentivo fiscais.

 

3) Nas grandes cidades está disponível um amplo mercado consumidor e mão-de-obra, isso se torna um atrativo para a chegada de indústrias. Assim as cidades crescem ainda mais e atraem mais empresas.

 

4) São os incentivos fiscais que várias cidades oferecem para atrair indústrias, quem oferecer um incentivo mais favorável, logicamente atrairá a empresa. Esses incentivos podem ser: isenção de impostos durante alguns anos, doação de terreno com infra-estrutura básica já instalada, etc.

 

Dúvidas?

Utilize a área de comentários a seguir.

Me ajude a divulgar este conteúdo gratuito!

Use a área de comentários a seguir, diga o que achou desta lição, o que está achando do curso.
Compartilhe no Facebook, no Google+, Twitter e Pinterest.

Indique para seus amigos. Quanto mais comentários forem feitos, mais lições serão publicadas.

Quer receber novidades e e-books gratuitos?
›››

Vídeo-Aulas

  • Access
  • Excel
  • Programação
  • Windows/Linux
  • Redes
  • + Todas as categorias
  • E-books

  • Access
  • Excel
  • Programação
  • Windows/Linux
  • Redes
  • + Todas as categorias
  • Livros

  • Administração
  • Excel
  • Programação
  • Windows/Linux
  • Redes
  • + Todas as categorias
  • Cursos Online

  • Banco de Dados
  • Carreira
  • Criação/Web
  • Excel/Projetos
  • Formação
  • + Todas as categorias
  • Conteúdo Gratuito

  • +1500 Artigos e Tutoriais
  • ASP 3.0
  • ASP.NET
  • Access Básico
  • Access Avançado
  • Excel Básico - 120 lições
  • Excel Avançado - 120 lições
  • SQL Server 2005
  • Windows 7
  • Windows XP
  • Windows 2003 Server
  • Windows 2008 Server
  • Novidades e E-books grátis

    Fique por dentro das novidades, lançamento de livros, cursos, e-books e vídeo-aulas, e receba ofertas de e-books e vídeo-aulas gratuitas para download.



    Institucional

  • Quem somos
  • Garantia de Entrega
  • Formas de Pagamento
  • Contato
  • O Autor
  • Endereço

  • Júlio Battisti Livros e Cursos Ltda
  • Rua Vereador Ivo Cláudio Weigel, 537 Universitário
  • Santa Cruz do Sul/RS
  • CEP 96816-208

  • Atendimento: (51) 3717-3796 - webmaster@juliobattisti.com.br Todos os direitos reservados, Júlio Battisti 2001-2014 ®