[E-BOOK GRÁTIS]: Windows 7 Básico, 476 pgs - QUERO RECEBER!
Você está em: PrincipalTutoriaisJosebferraz : Exercicios002
Quer receber novidades e e-books gratuitos?
›››

Conheça o Júlio Battisti

Julio Battisti - Autor de mais de 25 livros de informática Júlio Battisti tem mais de 36 livros publicados, dezenas de e-books e é certificado Microsoft.

Ganhe o e-book a Seguir

e-book grátis Windows 7 Básico

476 páginas



Curta Nossa Fanpage

Loja Virtual do Site

Livros do Julio Battisti

FILTRO DE TUTORIAIS:




EXERCÍCIOS RESOLVIDOS

 

1 – (Univ. Fed. Maranhão) – “Naquela terrível luta, muitos adormeceram para sempre”, há:

 

a) pleonasmo

b) eufemismo

c) anacoluto

d) polissíndeto

e) assíndeto

 

Resposta: B

 

Comentário:

Eufemismo é uma figura que consiste em abrandar uma expressão desagradável. Assim, “muitos adormeceram para sempre” significa morreram.

 

2 – (Univ. Est. Bahia) – Na frase: “Todos somos os fios do tecido”, há um exemplo de:

 

a) metonímia

b) metáfora

c) pleonasmo

d) eufemismo

e) hipérbole

 

Resposta: B

 

Comentário:

Metáfora é uma figura semântica que emprega um termo com significado de outro, a partir de uma comparação subentendida.

 

3 – (EFO – Alfenas – MG) “Não me deixo tapear”. Empregou-se a colocação proclítica do pronome átono, pelo mesmo motivo por que ela foi empregada na citação acima em:

 

a) Cada qual se ajeite como puder

b) De modo algum me afastarei da cidade.

c) Logo que o vi, chamei a polícia.

d) alguém lhe disse que havia perigo.

e) Oxalá a morte vos encontre preparado.

 

Resposta: B

 

Comentário:

A colocação proclítica é usada quando há palavras que atraem o pronome para antes do verbo. As palavras de sentido negativo, por exemplo, emprega-se a próclise.

 

4 – (Univ. Fed. Sergipe) – “Os projetos que ...... estão em ordem; ........ ainda hoje, conforme ......

 

a) enviaram-me – devolvê-los-ei – lhes prometi

b) enviaram-me – os devolverei – lhes prometi

c) enviaram-me – os devolverei – prometi-lhes

d) me enviaram – os devolverei – prometi-lhes

e) me enviaram – devolvê-los-ei – lhes prometi

 

Resposta: E

 

Comentário:

Usamos a próclise quando houver palavras que atraem o pronome para antes do verbo, por exemplo, pronomes relativos (que) e conjunções subordinativas (conforme). Quando o verbo está no futuro (presente ou pretérito) usamos a mesóclise, mas se houver uma palavra atrativa antes do verbo no futuro, usa-se a próclise.

 

5 – (Univ. Est. Ponta Grossa – PR) – Todas as orações abaixo apresentam próclise, exceto:

 

a) Isso nos preocupa muito

b) Não me faça esperar demais

c) Irritou-se com o cinismo de sua resposta

d) Faremos o que nos parecer melhor.

e) Confesso que não me esforcei muito.

 

Resposta: C

 

Comentário:

A ênclise é empregada quando o verbo inicia uma oração, pois de acordo com a norma culta, não se deve iniciar uma oração por pronome oblíquo.

 

6 – (Unimep) – “Perguntei ..... ele não veio. Ele disse que não veio ...... choveu.”
A alternativa que preenche corretamente as lacunas é:

 

a) porque - porque

b) por que – porque

c) por que – por que

d) por quê – porque

e) porquê – por que

 

Resposta: B

 

Comentário:

A forma por que pode ser: preposição por + que advérbio interrogativo; que pronome relativo e que conjunção subordinativa integrante. Na frase acima por que é empregado em frase interrogativa indireta e deve ser grafado dessa forma (preposição por + que advérbio interrogativo). A forma porque é empregada em resposta (frases declarativas) e funciona como conjunção.

 

7 – (Fuvest – SP) –Assinale a frase gramaticalmente correta.

 

a) Não sei por que discutimos.

b) Ele não veio por que estava doente.

c) Mas porque não veio ontem?

d) Não respondi porquê não sabia.

e) Eis o porque da minha viagem.

 

Resposta: A

 

Comentário:

Novamente está sendo empregada a forma preposição POR + QUE advérbio interrogativo. Nesse caso, após por que sempre ocorre a palavra motivo/razão, às vez claramente outras vezes subentendida.

 

8 – (Fesp – SP) – Considere as frases:

 

I – O porquê da evasão escolar parece muito claro.

II – Por que você não veio?

III - você não veio por quê?

IV – O motivo porque ele saiu não interessa.

V – Irei porque em agrada sua companhia.

 

a) Todas corretas.

b) Todas corretas, menos a IV

c) I, III e IV.

d) II e IV corretas.

e) Todas incorretas.

 

Resposta: B

 

Comentário:

O item IV está incorreto. A forma correta é por que, pois nesse caso pode ser substituído por pelo qual. (preposição POR + QUE pronome relativo).

 

9 – (Univ. do Amazonas) – Observe o termo destacado na seguinte frase: “A porta do armazém fora encontrada aberta, sem o menor vestígio de violência, caixas com fazendas abertas e a gaveta que continha o dinheiro arrombada.” (Domingos Olímpio).

 

Ele exerce a função sintática de:

 

a) aposto

b) predicativo

c) adjunto adverbial

d) adjunto adnominal

 

Resposta: B

 

Comentário:

Predicativo é um termo que, através de um verbo de ligação, relaciona-se ao sujeito ou objeto da oração atribuindo-lhes qualidade, característica ou estado.

 

10 – (Univ. Fed. Maranhão) – Há objeto indireto na opção:

 

a) A eleição transcorreu calma.

b) A chuva cai mansa nos telhados.

c) As cidades elegeram novos prefeitos.

d) Os prefeitos foram eleitos pelo povo.

e) O povo confia nos seus dirigentes.

 

Resposta: E

 

Comentário:

O objeto indireto é o termo da oração que se relaciona com o verbo transitivo indireto, completando-lhe o sentido. O pronome oblíquo nos pode ser objeto direto ou indireto, depende do verbo ao qual está relacionado. No caso o verbo confiar é transitivo indireto, pois quem confia, confia em.

 

11 – (Fac. Méd. Pouso Alegre – MG) – Assinale a alternativa em que o verbo destacado não é de ligação:

 

a) A criança estava com fome.

b) Pedro parece adoentado.

c) Ele tem andado confuso.

d) Ficou em casa o dia todo.

e) A jovem continua sonhadora.

 

Resposta: D

 

Comentário:

verbo de ligação tem a função de ligar o sujeito a um estado, característica ou modo de ser do sujeito. Na oração D o verbo não exprime nenhuma relação entre o sujeito e o predicativo.

Dúvidas?

Utilize a área de comentários a seguir.

Me ajude a divulgar este conteúdo gratuito!

Use a área de comentários a seguir, diga o que achou desta lição, o que está achando do curso.
Compartilhe no Facebook, no Google+, Twitter e Pinterest.

Indique para seus amigos. Quanto mais comentários forem feitos, mais lições serão publicadas.

Quer receber novidades e e-books gratuitos?
›››

Vídeo-Aulas

  • Access
  • Excel
  • Programação
  • Windows/Linux
  • Redes
  • + Todas as categorias
  • E-books

  • Access
  • Excel
  • Programação
  • Windows/Linux
  • Redes
  • + Todas as categorias
  • Livros

  • Administração
  • Excel
  • Programação
  • Windows/Linux
  • Redes
  • + Todas as categorias
  • Cursos Online

  • Banco de Dados
  • Carreira
  • Criação/Web
  • Excel/Projetos
  • Formação
  • + Todas as categorias
  • Conteúdo Gratuito

  • +1500 Artigos e Tutoriais
  • ASP 3.0
  • ASP.NET
  • Access Básico
  • Access Avançado
  • Excel Básico - 120 lições
  • Excel Avançado - 120 lições
  • SQL Server 2005
  • Windows 7
  • Windows XP
  • Windows 2003 Server
  • Windows 2008 Server
  • Novidades e E-books grátis

    Fique por dentro das novidades, lançamento de livros, cursos, e-books e vídeo-aulas, e receba ofertas de e-books e vídeo-aulas gratuitas para download.



     

    Institucional

  • Quem somos
  • Garantia de entrega
  • Contato
  • O Autor

  • Atendimento: (51) 3717-3796 - webmaster@juliobattisti.com.br Todos os direitos reservados, Júlio Battisti 2001-2014 ®