[E-BOOK GRÁTIS]: Windows 7 Básico, 476 pgs - QUERO RECEBER!
Você está em: PrincipalTutoriaisJuliosabreu : Introducaophp001
Quer receber novidades e e-books gratuitos?
›››

Conheça o Júlio Battisti

Julio Battisti - Autor de mais de 25 livros de informática Júlio Battisti tem mais de 36 livros publicados, dezenas de e-books e é certificado Microsoft.

Ganhe o e-book a Seguir

e-book grátis Windows 7 Básico

476 páginas



Curta Nossa Fanpage

Loja Virtual do Site

Livros do Julio Battisti

FILTRO DE TUTORIAIS:




Introdução ao PHP

 

Objetivos:

 

Este é o primeiro de uma série de tutoriais sobre PHP Básico. Nesta série você aprenderá como criar aplicações simples em PHP, utilizando diversos recursos como sessões, conexão com banco de dados MySQL, entre outros. Você também aprenderá como instalar o ambiente PHP no sistema operacional Windows e algumas de suas configurações Básicas.

 

Pré-requisitos: Para acompanhar esta série de tutoriais é necessário ter conhecimento básico de Html e noções de lógica de programação.

 

O que é PHP?

 

O PHP é uma linguagem de programação dinâmica para produção de websites. Diferentemente das outras linguagens de produção de sites, o PHP é processado no servidor, retornando para o cliente (pessoa que acessa o site) apenas Html. Desta forma o código fonte não é exposto, o que é muito útil quando interagimos com banco de dados ou outros componentes que possuam senhas ou informações que precisem ser especificadas no código.

 

Por exemplo, um usuário abre a página www.exemplo.com/about.php, o servidor onde está a página “about.php” lerá este arquivo e processará as tags PHP, devolvendo apenas HTML para o usuário, como vemos na figura abaixo:

 

 

O PHP tem suporte a praticamente todos os banco de dados existentes no mercado, o que torna simples a tarefa de produzir aplicações que acessam banco. No decorrer do curso veremos como construir aplicações com banco de dados MySQL.

 

A linguagem também suporta outros protocolos como SMTP, POP3, IMAP entre outros.

 

Como começar?

 

Antes de começarmos a estudar o PHP propriamente dito, vamos entender criar o ambiente para programar e rodar scripts da linguagem.

 

Como vimos no item anterior os scripts são interpretados no servidor web, este deve obrigatoriamente ter o pacote PHP instalado. Um host na internet para sites em PHP deve seguir esta regra.

 

Você pode procurar um host na internet que rode PHP, mas estes geralmente são pagos. A melhor opção é instalar um servidor web e o PHP na sua máquina ou em uma máquina local para efetuar testes e desenvolvimento.

 

No próximo tópico veremos como criar um ambiente de teste local que será necessário para efetuarmos os exercícios deste curso.

 

 Criando o Ambiente de Teste

 

Nosso ambiente de teste será composto dos seguintes itens:

  • Servidor Web (Apache)
  • Interpretador PHP
  • Banco de dados MySQL

Para instalarmos estes softwares é necessário executar uma série de alterações manuais em arquivos de configuração, mover manualmente alguns arquivos e etc. Mas para o nosso ambiente de teste, onde não é necessário fazer grandes alterações nas configurações padrão, existe um pacote chamado PHPTriad, que agrupa todos os softwares citados e faz a instalação e configuração automática de todos eles.

 

Instalando

No site você verá uma série de arquivos, faça o download apenas do “phptriad”.

 

  • Executar o arquivo que acabou de ser baixado. Surgirá uma tela com a licença de uso. Concorde e o programa de instalação começará a extrair arquivos diretamente na pasta “c:\apache” (A instalação cria automaticamente esta pasta).

  • Crie uma pasta na raiz chamada “tmp” ex.: “C:\tmp”. Esta pasta será necessária para guardar os arquivos temporários de sessão.
  •  

  • Os servidores (Apache com o PHP e MySQL) já estão instalados. Para inicia-los encontre no menu iniciar o menu PHPTriad e então clique em Apache Console> Start Apache e em MySQL> MySQL-D.
  •  

  • Para testar o apache abra um browser e digite o seguinte endereço: http://localhost, se a instalação estiver correta, uma página de Boas Vindas deverá ser aberta.

Considerações Sobre o Ambiente de Teste

 

Quando entramos com o endereço http://localhost no browser, estamos apontando para o servidor que está rodando no micro local, ou seja no mesmo micro onde o browser está rodando. Se o servidor estiver rodando em outro micro da rede, então devemos entrar http://ip_ou_nome_da_maquina, desta maneira estaremos acessando o apache que roda na máquina apontada.

 

Quando apontamos para o apache, ele busca os documentos na pasta “C:\apache\htdocs”. Se editarmos o arquivo index.php que está contido nesta pasta, veremos que ele é o fonte da página de Boas Vindas que vimos durante a instalação do PHPTriad.

 

Neste ambiente de testes, para criarmos diferentes sites, criaremos sub-pastas na pasta htdocs. Por exemplo cria-se uma sub-pasta em htdocs chamada “meusite” ex.: “C:\apache\htdocs\meusite”. Quando quisermos acessar os documentos contidos nesta pasta entramos com o endereço: http://localhost/meusite.

 

Entendendo o Código

 

Para criar e editar scripts em PHP podemos utilizar qualquer editor Html, ou até mesmo o bloco de notas. O ideal é usar editores que diferenciem o código utilizando cores, como o Dreamweaver. Você pode baixar o PHP editor, um ótimo editor de PHP freewere, no site http://paginas.terra.com.br/informatica/php_editor/.

 

Sempre devemos salvar os scripts com extensão “.php”.

 

Um script php pode conter ou não tags Html, essas tags não são processadas pelo servidor, são simplesmente passadas ao solicitante. Normalmente utiliza-se Html para fazer a estrutura e parte estática da página e o php para a parte lógica, que exige processamento.

Para diferenciar as tags php das Html devemos utilizar os segintes sinalizadores:

 

<?

Código php...

?>

 

ou

 

<?php

código php...

?>

 

Na figura a seguir temos um exemplo de como o PHP fica embutido no Html.

 

 

Sintaxe Básica

 

Separador de Instruções

 

Sempre após uma instrução deve-se utilizar ; (ponto e vírgula) para sinalizar que aquela instrução foi encerrada.

Ex.:

echo (“teste”);

 

Variáveis

 

As variáveis em PHP não precisam ser declaradas mas devem sempre ter $ na frente do nome.

Os nomes devem sempre começar com letras ou com o caractere “_”.

Ex.:

$nome

$_cpf

 

Observação: O PHP é case sensitive, portanto $nome é diferente de $Nome ou $NOME.

 

Comentários

 

Para inserirmos comentários em PHP, temos duas opções: // , tudo que estiver na mesma linha e depois das duas barras será tratado como comentário, ou /* e*/, tudo o que estiver entre o barra-asterisco e o asterisco-barra será tratado como comentário, independente da linha.

 

No exemplo abaixo, os comentários estão em laranja:

 

 

Criando O Primeiro Script

 

Para revisar e verificar o conteúdo aprendido, faremos um script bem simples de saída de texto.

 

1. Crie uma sub-pasta em htdocs e nomeie “primeiroscript”

 

2 .Utilizando um editor html ou de texto crie um arquivo chamado de index.php (a primeira página de um site deve sempre receber esta nomenclatura)

 

3. Construa a estrutura básica de uma página html:

 

<html>

<head>

<title>Meu Primeiro Script</title>

</head>

 

<body>

 

</body>

</html>

 

4. Vamos inserir algum código PHP entre as tags <body></body> do html.

 

<html>

<head>

<title>Meu Primeiro Script</title>

</head>

 

<body>

<?

echo (“Este é meu primeiro Script PHP”);

?>

</body>

</html>

 

O comando echo retorna uma string para o resultado em html, podemos passar esta string diretamente(como no exemplo) ou uma variável contendo uma string.

 

Salve o arquivo.

 

Abra um browser e entre com o endereço http://localhost/primeiroscript

 

A página abrirá com a string passada para o comando echo.

 

No próprio browser clique em “Visualizar código-fonte” ou comando similar que mostre o fonte da página que está sendo mostrada.

 

Veremos o seguinte:

 

<html>

<head>

<title>Meu Primeiro Script</title>

</head>

<body>

Este é meu primeiro Script PHP

</body>

</html>

 

Desta maneira fica claro como o PHP trabalha, entregando para o solicitante apenas o resultado do código.

 

Faça outras experiência, como por exemplo, atribuir uma string a uma variável e passar esta variável para o comando echo, como no código:

 

<html>

<head>

<title>Meu Primeiro Script</title>

</head>

 

<body>

<?

$frase = “Meu segundo script”;

echo ($frase);

?>

</body>

</html>

 

Conclusão:

 

Neste tutorial mostramos como instalar e configurar um ambiente PHP em máquinas Windows. Mostramos também como funciona a “engine” do PHP, com suas características e particularidades, assim como uma noção geral de sintaxe no PHP e como inserir fragmentos de código em uma página HTML.

Dúvidas?

Utilize a área de comentários a seguir.

Me ajude a divulgar este conteúdo gratuito!

Use a área de comentários a seguir, diga o que achou desta lição, o que está achando do curso.
Compartilhe no Facebook, no Google+, Twitter e Pinterest.

Indique para seus amigos. Quanto mais comentários forem feitos, mais lições serão publicadas.

Quer receber novidades e e-books gratuitos?
›››

Vídeo-Aulas

  • Access
  • Excel
  • Programação
  • Windows/Linux
  • Redes
  • + Todas as categorias
  • E-books

  • Access
  • Excel
  • Programação
  • Windows/Linux
  • Redes
  • + Todas as categorias
  • Livros

  • Administração
  • Excel
  • Programação
  • Windows/Linux
  • Redes
  • + Todas as categorias
  • Cursos Online

  • Banco de Dados
  • Carreira
  • Criação/Web
  • Excel/Projetos
  • Formação
  • + Todas as categorias
  • Conteúdo Gratuito

  • +1500 Artigos e Tutoriais
  • ASP 3.0
  • ASP.NET
  • Access Básico
  • Access Avançado
  • Excel Básico - 120 lições
  • Excel Avançado - 120 lições
  • SQL Server 2005
  • Windows 7
  • Windows XP
  • Windows 2003 Server
  • Windows 2008 Server
  • Novidades e E-books grátis

    Fique por dentro das novidades, lançamento de livros, cursos, e-books e vídeo-aulas, e receba ofertas de e-books e vídeo-aulas gratuitas para download.



     

    Institucional

  • Quem somos
  • Garantia de entrega
  • Contato
  • O Autor

  • Atendimento: (51) 3717-3796 - webmaster@juliobattisti.com.br Todos os direitos reservados, Júlio Battisti 2001-2014 ®