WINDOWS SERVER 2008 - CURSO COMPLETO - JÚLIO BATTISTI - CLIQUE AQUI
Você está em: PrincipalTutoriaisKatiaduarte : Cbasico003
Quer receber novidades e e-books gratuitos?
›››

Conheça o Júlio Battisti

Julio Battisti - Autor de mais de 25 livros de informática Júlio Battisti tem mais de 36 livros publicados, dezenas de e-books e é certificado Microsoft.

Ganhe o a Seguir

 grátis Windows 7 Básico

476h



Windows Server 2008 - Inscreva-se já!

Curta Nossa Fanpage

Loja Virtual do Site

Livros do Julio Battisti

FILTRO DE TUTORIAIS:




Linguagem C – Controle de Fluxo

 

Objetivos

Estudar os diversos tipos de controles de fluxo disponíveis na linguagem C.

 

Pré-requisitos

É necessário que o leitor tenha acompanhado o artigo anterior, pois os artigos obedecem a uma seqüência.

 

Nota: Este artigo faz parte do curso de “Linguagem C – Básico”.

 

Controle de Fluxo

 

Os comandos de controle de fluxo podem ser divididos em três grupos: Instruções condicionais, estrutura de repetição e os desvios incondicionais que serão apresentados a seguir.

 

Instruções Condicionais

 

As instruções condicionais existentes no padrão ANSI são: if, switch e o operador ternário (?).

 

Instrução If

 

Esta instrução obedece à sintaxe:

 

if (condição) instrução para condição verdadeira ;

else instrução para condição falsa;

 

Pode-se utilizar uma ou mais instruções verdadeiras e falsas no if. Caso seja mais de uma deve-se colocar entre chaves. Se a condição é verdadeira serão executadas apenas as instruções localizadas após a instrução if. Caso contrario somente as instruções após o else serão executadas. O else é opcional conforme mostra o exemplo abaixo que efetua a soma de dois números e avisa ao usuário quando o resultado obtido for um número par.

 

#include<stdio.h>

 

void main()

{

int num1,num2,soma;

 

printf("Digite o primeiro valor inteiro a ser somado:");

scanf("%d",&num1);

 

printf("Digite o segundo valor inteiro a ser somado:");

scanf("%d",&num2);

 

soma=num1+num2;

printf("Soma: %d ",soma);

 

if((soma%2)==0)

printf(" - numero par\n");

 

}

 

No programa acima é usada a instrução scanf que será ensinada num próximo artigo. O importante agora é saber que ela é a responsável pela entrada de dados pelo console. Abaixo pode ser visto a entrada do usuário e saída do programa.

 

Digite o primeiro valor inteiro a ser somado: 2

Digite o segundo valor inteiro a ser somado: 4

Soma:6 – numero par

 

Esse mesmo programa pode ser reescrito para que avise também ao usuário quando o resultado é um numero impar.

 

#include<stdio.h>

 

void main()

{

int num1,num2,soma;

 

printf("Digite o primeiro valor inteiro a ser somado:");

scanf("%d",&num1);

 

printf("Digite o segundo valor inteiro a ser somado:");

scanf("%d",&num2);

 

soma=num1+num2;

printf("Soma: %d ",soma);

 

if((soma%2)==0)

printf(" - numero par\n");

else

printf(" - numero impar\n");

}

 

Isto é feito acrescentando o else a instrução if. Desta forma, o programa verifica se o resto da soma dividido por dois é igual a 0, caso seja será impresso na tela que o valor é par. Caso contrario será impresso que a soma se trata de um numero impar.

 

A linguagem C padrão também permite o uso de ifs alinhados, obedecendo à forma:

 

If(condição)

Instrução;

Else

If(condição)

Instrução;

Else

If(condição)

Instrução;

.

.

.

Else

Instrução;

 

Para entender melhor veja o próximo exemplo:

 

#include<stdio.h>

 

void main()

{

float nota;

 

printf("Digite o valor da nota(numero):");

scanf("%f",&nota);

 

if((nota>=8)&&(nota<=9))

printf("Nota correspondente a A!!!\n");

else

if((nota>=6)&&(nota<=7))

printf("Nota correspondente a B!!!\n");

else

if((nota>=4)&&(nota<=5))

printf("Nota correspondente a C!!!\n");

else

if((nota>=2)&&(nota<=3))

printf("Nota correspondente a D!!!\n");

else

if((nota>=0)&&(nota<=1))

printf("Nota correspondente a E!!!\n");

else

printf("Nota invalida!!!\n");

}

 

O operador ternário (?)

 

O operador ? é muito utilizado no lugar da instrução if. Este operador requer três operando e pode ser escrito da seguinte forma:

 

Exp1? Exp2: Exp3

 

Neste exemplo o usuário entra com o valor de x, se o valor de x for menor ou igual a 0 então o valor de x é incrementado de 1 é atribuído a y. De outra forma o y terá o valor de x decrementado de 1.

 

#include<stdio.h>

 

void main()

{

int x,y;

 

printf("digite um numero inteiro:\n");

scanf("%d",&x);

 

y=x<=0 ? x+1 : x-1;

printf("y:%d\n",y);

 

}

 

Switch

 

Sua sintaxe é:

 

switch(expressão){

case constante1:

seqüência de comandos

break;

case constante2:

seqüência de comandos

break;

case constante3:

seqüência de comandos

break;

 

.

.

.

default:

seqüência de comandos

}

 

Esta instrução compara a expressão com todas as constantes caso seja verdadeira ela executa as seqüências de comandos daquela constante. Caso todas as alternativas sejam falsas o comando default é executado. A instrução break demonstrada acima é opcional, é ela que para a execução do switch case. O Padrão ANSI permite usar 257 comandos case. O comando switch compara apenas igualdades, enquanto que o if comparar qualquer expressão lógica ou relacional. Como exemplo será criado um menu para que o usuário escolha entre fazer a soma de dois números ou calcular a media.

 

#include<stdio.h>

void main()

{

int entrada;

 

printf("Digite 1 para calcular a soma de dois numeros\n");

printf("Digite 2 para calcular a media\n");

scanf("%d",&entrada);

 

switch(entrada){

case 1:

printf("Vc escolheu a opcao de somar dois numeros");

case 2:

printf("Vc escolheu a opcao de calcular a media");

default:

printf("Nenhuma das opcoes foi selecionada");

}

 

}

 

Estrutura de repetição

 

As estruturas de repetição são utilizadas para que um conjunto de instruções seja executado até que ocorra uma certa condição. O laço for diferencia dos restantes( while e do-while) por ter condições pré-definidas, ou seja, o numero de vezes a ser executada já é conhecido.

 

Laço for

 

Sintaxe do laço:

 

For(inicialização; condição ; incremento) comando;

 

Na inicialização é atribuído um valor para variavel que controla o laço, a condição determina quando o laço deve ser encerrado e por ultimo temos o quanto a variável controladora é incrementada. Exemplo simples:

 

#include<stdio.h

 

void main()

{

int n;

for(n=1; n<=10; n++)

printf("n=%d\n",n);

}

 

No programa acima o for iniciamos a variável n com o valor, a instrução que escreve o valor de n será executada enquanto n for menor ou igual a 10, sendo que n é incrementada de 1 em iteração. Sendo assim a saída do programa será:

 

n=1

n=2

n=3

n=4

n=5

n=6

n=7

n=8

n=9

n=10

 

Laço While

 

Sua forma geral é:

 

while (condição) Instrução;

 

Este laço executa a instrução até que a condição se torne falsa (qualquer valor diferente de zero).

 

#include<stdio.h>

 

void main()

{

int n1,n2,soma,resposta;

resposta=1;

while(resposta==1)

{

printf("Digite valor de n1(inteiro):\n");

scanf("%d",&n1);

printf("Digite valor de n2(inteiro):\n");

scanf("%d",&n2);

soma=n1+n2;

printf("Soma:%d\n",soma);

printf("Deseja continuar? (1 - sim / 2 - nao)\n");

scanf("%d",&resposta);

 

while((resposta!=1) && (resposta!=2))

{

printf("Digite 1 para sim ou 2 para nao !!\n");

scanf("%d",&resposta);

}/*fim_while*/

}/*fim_while*/

}

 

Nesse programa foram executados dois laços while, o primeiro executa a soma de dois números até que a resposta seja igual a 1. E o segundo que pede um valor valido, ou seja, 1 para continuar calculando a soma de outros números ou 2 para terminar o programa.

 

Laço do-while

 

A grande diferença entre o laço do-while e os vistos anteriormente é que ele analisa a condição no final do laço. Dessa forma todas as instruções localizadas dentro do do-while será executada pelo menos uma vez. O laço termina quando a condição se torna falsa. Sintaxe:

 

Do{

Instrução;

}while(condição)

 

O programa anterior também pode ser escrito da seguinte forma:

 

#include<stdio.h>

void main()

{

int n1,n2,soma,resposta;

do{

printf("Digite valor de n1(inteiro):\n");

scanf("%d",&n1);

printf("Digite valor de n2(inteiro):\n");

scanf("%d",&n2);

soma=n1+n2;

printf("Soma:%d\n",soma);

printf("Deseja continuar? (1 - sim / 2 - nao)\n");

scanf("%d",&resposta);

if((resposta!=1)&& (resposta!=1))

printf("Programa finalizado, este numero nao existe no menu \n");

}while(resposta==1);

}

 

A única diferença é que este programa permite digitar outro número além de 1 e 2, porém será exibida a mensagem “Programa finalizado, este numero não existe no menu”.

 

Desvio incondicional

 

A linguagem C tem como desvio incondicional o comando goto.

 

Comando goto

 

Esta instrução ou comando é muito pouco utilizado, pois tornam os códigos difíceis de se compreender. Por esse motivo não entraremos em muitos detalhes. Veja o exemplo abaixo, ele faz o mesmo do que o exemplo que utilizando o laço for (mostrado anteriormente). Repare que o programa que utiliza o for é muito mais fácil de se entender.

 

#include<stdio.h>

 

void main()

{

int n;

n=1;

loop1: /*rótulo*/

printf("n=%d\n",n);

n++;

if(n<=10) goto loop1; /*caso n seja menor ou igual a 10 volta para o rótulo

acima, executando assim as instruções outra vez

até que a condição do if seja falsa*/

}

 

Conclusão

 

Conclui-se que as o controle de fluxo é essencial nos programas. Portanto não poderia faltar em nosso tutorial de linguagem C. Neste artigo nos aprendemos usa-los através de exemplos fáceis de entender.

Windows Server 2008 - Inscreva-se já -s Últimas Vagas! Curso Completo de SAP!

Dúvidas?

Utilize a área de comentários a seguir.

Me ajude a divulgar este conteúdo gratuito!

Use a área de comentários a seguir, diga o que achou desta lição, o que está achando do curso.
Compartilhe no Facebook, no Google+, Twitter e Pinterest.

Indique para seus amigos. Quanto mais comentários forem feitos, mais lições serão publicadas.

Quer receber novidades e e-books gratuitos?
›››

Vídeo-Aulas

  • Access
  • Excel
  • Programação
  • Windows/Linux
  • Redes
  • + Todas as categorias
  • E-books

  • Access
  • Excel
  • Programação
  • Windows/Linux
  • Redes
  • + Todas as categorias
  • Livros

  • Administração
  • Excel
  • Programação
  • Windows/Linux
  • Redes
  • + Todas as categorias
  • Cursos Online

  • Banco de Dados
  • Carreira
  • Criação/Web
  • Excel/Projetos
  • Formação
  • + Todas as categorias
  • Conteúdo Gratuito

  • +1500 Artigos e Tutoriais
  • ASP 3.0
  • ASP.NET
  • Access Básico
  • Access Avançado
  • Excel Básico - 120 lições
  • Excel Avançado - 120 lições
  • SQL Server 2005
  • Windows 7
  • Windows XP
  • Windows 2003 Server
  • Windows 2008 Server
  • Novidades e E-books grátis

    Fique por dentro das novidades, lançamento de livros, cursos, e-books e vídeo-aulas, e receba ofertas de e-books e vídeo-aulas gratuitas para download.



    Institucional

  • Quem somos
  • Garantia de Entrega
  • Formas de Pagamento
  • Contato
  • O Autor
  • Endereço

  • Júlio Battisti Livros e Cursos Ltda
  • Rua Vereador Ivo Cláudio Weigel, 537 Universitário
  • Santa Cruz do Sul/RS
  • CEP 96816-208

  • Atendimento: (51) 3717-3796 - webmaster@juliobattisti.com.br Todos os direitos reservados, Júlio Battisti 2001-2014 ®