[E-BOOK GRÁTIS]: Windows 7 Básico, 476 pgs - QUERO RECEBER!
Você está em: PrincipalTutoriaisRodrigosfreitas : Conhecendocontabilidade024
Quer receber novidades e e-books gratuitos?
›››

Conheça o Júlio Battisti

Julio Battisti - Autor de mais de 25 livros de informática Júlio Battisti tem mais de 36 livros publicados, dezenas de e-books e é certificado Microsoft.

Ganhe o e-book a Seguir

e-book grátis Windows 7 Básico

476 páginas



Curta Nossa Fanpage

Loja Virtual do Site

Livros do Julio Battisti

FILTRO DE TUTORIAIS:




Balancete de Verificação – 2.ª Parte

 

Introdução:

 

No tutorial passado aprendemos os primeiros conceitos sobre o Balancete de Verificação, no presente tutorial vamos aprofundar um pouco mais em outros conceitos,

 

Vamos corrigir o “exercício” deixado no ultimo tutorial.

 

Correção do Exercício:

 

O exercício era esse:

 

Mais somente por curiosidade vamos ver se que o vimos acima é verdade, agora vamos utilizar um balancete com os valores a débitos diferentes dos valores a créditos:

 

 

Vejam que é o mesmo balancete do outro exercício, a única alteração foi que diminui R$ 100,00 do saldo da conta de CMV.

 

Somando os saldos, devedores temos R$ 3.700,00 e os saldos credores temos R$ 3.800,00.

 

Tentem fazer o balanço, a apuração do resultado e vejam se o balanço fecha, no próximo tutorial “corrigiremos”.

 

Lembrem-se que as contas de Ativo, Passivo e Capital Social já estão contabilizadas, logo a única coisa que deve ser feita é apurar o lucro ou prejuízo, colocar no grupo do patrimônio liquido, e ver se o balanço esta fechando.

 

Correção:

 

Como dito acima, os saldos apresentados no balancete já estão contemplados todos os lançamentos, logo não há necessidade de abrirmos os razonetes para efetuarmos lançamentos tendo em vista que todos os lançamentos já estão feitos.

 

Podemos então fazer logo de imediato o balanço

 

 

O saldo da conta de Bancos, Clientes, Mercadorias, Fornecedores e Capital Social, é o mesmo que estava apresentado no Balancete, isso porque quando fazemos o balancete, todos os lançamentos já estão efetuados.

 

A única diferença é em relação as contas de Receita de Vendas e CMV, os quais temos que apurar o lucro ou prejuízo e incluir no balanço, no caso acima foi um lucro de R$ 400,00. (700-300).

 

Como havia dito o balanço não vai fechar, pois houve um erro no saldo da conta de CMV, que esta inferior em R$ 100,00.

 

Conseqüentemente tal diminuição no Custo das Mercadorias Vendidas aumentou o lucro em R$ 100,00, ele deveria ser de R$ 300,00, o faria o nosso balanço fechar em R$ 3.400,00 tanto no ativo quanto no passivo. Em relação a esse aumento o saldo da conta de Lucros do Exercício aumento R$ 100,00, portanto o nosso passivo aumentos em R$ 100,00, por isso ele esta com o valor de R$ 3.500,00.

 

É importante entender essa questão, pois toda vez que elaborarmos um balancete e a soma dos débitos não for igual a soma dos créditos, tem alguma coisa errada e precisamos rever os lançamentos.

 

Vamos continuar o nosso aprendizado.

 

Balancete de Verificação com Duas Colunas:

 

O Balancete que aprendemos o tutorial passado é bem simples, na verdade existe varias formas de apresentação de balancetes.

 

Vamos aprender agora como é a forma do balancete de duas colunas.

 

Esse balancete se apresenta da seguinte forma:

 

 

Existem duas diferenças básicas em relação ao balancete anterior, a primeira é que os valores a débitos são apresentados em sua coluna especifica o mesmo com os valores a crédito, isso torna mais limpo a aparência do balanço, e permite que seja apurado o total lançado a débito e a crédito, como pode ser visto na última linha, como é o computador que elabora tais somatórios isso evita que tenhamos que ficar somando os valores para se achar os totais.

 

Vale ressaltar que é importante entender o balancete de uma única coluna, pois esse é o modelo que na maioria das vezes é utilizado nas provas de concurso, e quase sempre não há a indicação se os valores são a debito ou a crédito.

 

Quando digo uma única coluna, estou me referindo a uma única coluna para os saldos, pois o primeiro balancete, tinha duas colunas, mas somente uma era para o saldo, a outra indicava a natureza do saldo da conta, ok?

 

Esse balancete, de uma única coluna também pode ser apresentado assim:

 

 

Na maioria das vezes o balancete apresentado em concursos é assim:

 

 

O candidato tem que saber que saldos são a débito ou a crédito.

 

Temos ainda o balancete de 4, 6 e 8 colunas, mais para chegarmos a esses, necessitaremos de um exercício suporte, que vamos faze-lo agora.

 

Exercício:

 

Vamos começar do zero, desde a abertura de uma empresa:

 

As operações foram as seguintes:

 

1 – Integralização do Capital Social em dinheiro no valor de R$ 20.000,00.

2 – Abertura de uma conta corrente com deposito inicial de R$ 19.000,00.

3 – Compra de Moveis para o Escritório da Empresa no valor de R$ 3.000,00 a vista, com cheque.

4 – Compra de um Veiculo no valor de R$ 10.000,00, sendo 30% a vista (em cheque) e o restante financiado em parcelas de R$ 500,00.

5 – Compra de R$ 1.000,00 de mercadorias, a vista com dinheiro do caixa.

6 – Compra de R$ 500,00 de mercadorias, a prazo.

 

Vamos contabilizar todas as operações e fazer primeiro o balancete simples de uma única coluna e com a indicação do saldo.

 

 

Contabilizada todas as operações podemos fazer o balancete, que ficaria da seguinte forma:

 

 

Vamos fazer alguns comentários:

 

Primeiro percebam que efetuamos o balancete, após todos os lançamentos estarem efetuados. Segundo que a conta caixa, devido a estar com o seu saldo zerado, NESSE MODELO de balancete não é mostrada. E que a soma dos débitos confere com a soma dos créditos em R$ 27.500,00.

 

Vamos agora, com o mesmo exercício efetuar o balancete de duas colunas, que ficaria assim:

 

 

Balancete de Verificação com Quatro Colunas:

 

Para entendermos o balancete de 4 colunas, vamos fazer um outro exercício partindo dos saldos apresentados no balancete acima, após faremos o balancete de uma coluna indicando o saldo, e o de duas colunas depois veremos como é feito o balancete de 4 colunas.

 

As operações foram as seguintes:

 

1 – Pagamento com cheque de uma parcela do veiculo (R$ 500,00) como dito no exercício anterior.

2 – Pagamento com cheque de R$ 100,00 da divida com o fornecedor.

3 – Venda de R$ 100,00 de mercadorias por R$ 300,00 a prazo.

4 – Retirada de dinheiro do banco, para recompor o caixa da empresa no valor de R$ 500,00.

5 – Compra de mais R$ 200,00 em moveis a vista.

 

O primeiro passo é abrir os razonetes, tendo em vista que faremos novos lançamentos, indicando o saldo inicial e numerando as operações, somente os lançamentos sem efetuarmos os zeramentos das contas de resultado.

 

 

Feito isso podemos fazer os balancetes solicitados.

 

O Balancete de 1 coluna ficaria assim:

 

 

Somem os valores a débitos e a credito e vejam que totalizam R$ 27.200,00.

 

Vamos agora fazer o balancete de duas colunas, que ficaria assim:

 

 

Vamos aprender agora como é o balancete de 4 colunas.

 

Esse balance se apresenta da seguinte forma:

 

 

Vejam que na primeira coluna temos o nome da conta, nas linhas abaixo preencheremos com o nome de cada conta, por exemplo BANCOS, MERCADORIAS, FORNECEDORES e assim sucessivamente até acabarmos com todas as contas.

 

Na coluna ao lado, temos o saldo anterior, nessa coluna preencheremos com o saldo da conta antes de começarmos a fazer os lançamentos, que no nosso exemplo acima, pode ser tanto o saldo final do ultimo balancete que fizemos como o primeiro valor que esta indicado no razonete como Saldo Inicial (Si), por exemplo na conta Bancos seria de R$ 13.000,00 e ainda nessa coluna colocaremos a sigla do saldo no caso DV.

 

Na próxima coluna de titulo MOVIMENTOS, temos duas sub-colunas, uma A DEBITO e a outra A CREDITO. Na coluna a debito indicaremos o total de todos os lançamentos que foram efetuados a debito na conta em questão, no nosso exemplo da conta BANCOS, preencheríamos com 0,00 ou -, pois não foi efetuado nenhum lançamento a debito nessa conta no exercício passado, já na coluna a credito preencheríamos com R$ 1.100,00, pois esse foi o total dos lançamento a créditos que fizemos nessa conta.

 

Na coluna saldo atual, preencheríamos com o valor do saldo final da conta, indicando a sigla do saldo, assim por exemplo a conta bancos e a conta Caixa ficariam da seguinte forma no balancete de 4 colunas:

 

Para melhor compreensão olhem os respectivos razonetes acima.

 

 

Vejam que na conta Caixa, como o saldo anterior era R$ 0,00, não indicamos a sigla, percebam que podemos chegar ao saldo final de outra forma também da seguinte forma:

 

Na conta caixa tínhamos R$ 0,00 de saldo, fizemos débitos de R$ 500,00 (logo, aumentamos o seu saldo em R$ 500,00), e fizemos créditos de R$ 300,00 (logo, diminuímos o seu saldo em R$ 300,00), se tínhamos nada, aumentamos 500,00 e diminuímos 300,00 ficamos com? 200,00.

 

O mesmo com a conta de fornecedores tínhamos 13.000,00 aumentamos nada, e diminuímos 1.100,00 ficamos com 11.900,00.

 

Na ultima linha temos o TOTAL que somente é preenchido para as sub-colunas de MOVIMENTOS, é só somar todos os valores a débito e na outra sub-coluna todos os valores a crédito, no exemplo acima, como não preenchi todas as contas o somatório dos débitos não será igual ao dos créditos, porem quando efetuarmos o completo preenchimento, esses valores tem que ser iguais.

 

A vantagem desse balancete em relação aos de 1 e 2 colunas é na quantidade de informações, pois vejam que ele mostra o saldo que você tinha no balancete anterior, os movimentos a débito, a crédito e o saldo final, nos outros balancetes só tínhamos o saldo final.

 

Esse modelo de balancete é o mais comum nos programas de contabilidade, pois gera uma boa quantidade de informações e ocupa mais ou menos uma folha completa, os balancetes com de 6 e 8 colunas exigem um papel bem maior na hora da impressão, ou então vão reduzir tanto as letras que alguém que não enxergue direito não conseguirá ver nada.

 

Tentem terminar o preenchimento do balancete acima, no próximo tutorial corrigiremos e continuaremos nosso aprendizado.

 

Até a próxima.

Dúvidas?

Utilize a área de comentários a seguir.

Me ajude a divulgar este conteúdo gratuito!

Use a área de comentários a seguir, diga o que achou desta lição, o que está achando do curso.
Compartilhe no Facebook, no Google+, Twitter e Pinterest.

Indique para seus amigos. Quanto mais comentários forem feitos, mais lições serão publicadas.

Quer receber novidades e e-books gratuitos?
›››

Vídeo-Aulas

  • Access
  • Excel
  • Programação
  • Windows/Linux
  • Redes
  • + Todas as categorias
  • E-books

  • Access
  • Excel
  • Programação
  • Windows/Linux
  • Redes
  • + Todas as categorias
  • Livros

  • Administração
  • Excel
  • Programação
  • Windows/Linux
  • Redes
  • + Todas as categorias
  • Cursos Online

  • Banco de Dados
  • Carreira
  • Criação/Web
  • Excel/Projetos
  • Formação
  • + Todas as categorias
  • Conteúdo Gratuito

  • +1500 Artigos e Tutoriais
  • ASP 3.0
  • ASP.NET
  • Access Básico
  • Access Avançado
  • Excel Básico - 120 lições
  • Excel Avançado - 120 lições
  • SQL Server 2005
  • Windows 7
  • Windows XP
  • Windows 2003 Server
  • Windows 2008 Server
  • Novidades e E-books grátis

    Fique por dentro das novidades, lançamento de livros, cursos, e-books e vídeo-aulas, e receba ofertas de e-books e vídeo-aulas gratuitas para download.



    Institucional

  • Quem somos
  • Garantia de Entrega
  • Formas de Pagamento
  • Contato
  • O Autor
  • Endereço

  • Júlio Battisti Livros e Cursos Ltda
  • Rua Vereador Ivo Cláudio Weigel, 537 Universitário
  • Santa Cruz do Sul/RS
  • CEP 96816-208

  • Atendimento: (51) 3717-3796 - webmaster@juliobattisti.com.br Todos os direitos reservados, Júlio Battisti 2001-2014 ®