WINDOWS SERVER 2008 - CURSO COMPLETO - JÚLIO BATTISTI - CLIQUE AQUI
Você está em: PrincipalTutoriaisRodrigosfreitas : Conhecendocontabilidade069
Quer receber novidades e e-books gratuitos?
›››

Conheça o Júlio Battisti

Julio Battisti - Autor de mais de 25 livros de informática Júlio Battisti tem mais de 36 livros publicados, dezenas de e-books e é certificado Microsoft.

Ganhe o a Seguir

 grátis Windows 7 Básico

476h



Windows Server 2008 - Inscreva-se já!

Curta Nossa Fanpage

Loja Virtual do Site

Livros do Julio Battisti

FILTRO DE TUTORIAIS:




Grupos do Balanço Patrimonial – 5.ª Parte

 

No ultimo tutorial ficou alguns exercícios para fixação no presente tutorial vamos iniciar a correção dos mesmos.

 

Vamos lá?

 

Correção dos Exercícios:

 

O primeiro exercício que tínhamos era o seguinte:

 

1 – Quais das contas abaixo representam contas classificadas em DISPONIBILIDADES do Ativo Circulante?

 

Bancos

 

Clientes

 

Estoques

 

Veículos

 

Computadores

 

Caixa.

 

Resposta: Para responder essa questão, inicialmente temos que nos lembrar quais são os tipos de contas que estão no grupo disponível do ativo circulante, no primeiro tutorial da série, foi dito que as contas de disponível (disponibilidades), são contas que representam “dinheiro” o qual podemos utiliza-lo quando bem quisermos, baseado nisso vejamos:

 

A conta Bancos representa dinheiro que esta numa instituição financeira, certo? Pense na sua conta bancaria, você tem um saldo nela de R$ 100,00, assim quando você bem quiser esses R$ 100,00 é só você ir lá banco e sacar, não é?

 

Então esse dinheiro, esta a sua disposição, logo, é uma conta do grupo DISPONIVEL.

 

Vejamos a segunda conta, a conta CLIENTES, essa conta representa o valor que temos a receber dos nossos clientes, assim efetuamos uma venda a prazo, e registramos nessa conta o valor que temos que receber em determinada data. Se fizemos um acordo com o nosso cliente na hora da venda, de que ele só nos pagaria em determinada data não podemos bater na porta dele que querer o dinheiro a qualquer momento, portanto o saldo da conta CLIENTES representa um valor que iremos receber portanto não é disponível para a empresa nesse determinado momento. Logo, não pode pertencer ao grupo de disponibilidades, pois não esta disponível.

 

A terceira conta que temos é a conta estoques, essa conta representa mercadoria que temos para serem vendidas, portanto como também não dinheiro, ou seja, não está disponível (financeiramente), não pode ser classificado no grupo disponível, embora a mercadoria esteja á disposição da empresa, o grupo de disponível representa itens financeiros (dinheiro vivo). Logo a conta de mercadoria, também não pode ser classificada no grupo de disponível.

 

A quarta cota que temos representa um bem que a empresa possui um veiculo, não temos o que falar sobre ela ser classificada no grupo de disponível, pois da mesma forma que foi dito acima, quando falamos da conta de estoque, o grupo do disponível trata dos itens financeiramente disponíveis, ou seja, dinheiro. E a conta de veículos não representa isso, representa um veiculo que a empresa possui.

 

O mesmo podemos falar da conta de computadores, ela representa um bem que a empresa possui, computadores, portanto também não pode ser classificada no grupo do disponível, pois não representa dinheiro a disposição da empresa.

 

A última conta que temos em nosso exercício, a conta caixa, essa sim representa dinheiro, afinal como já vimos diversas vezes nos exercícios anteriores, essa conta representa um dinheiro que a empresa possuiu, sendo que o que diferencia ela das demais contas que representam dinheiro, é que esta dentro da empresa, ao contrario da conta de bancos, que representa um dinheiro que a empresa possui, põem não esta com ela fisicamente, e sim guardado numa instituição, logo a conta caixa, por representar dinheiro, que esta fisicamente com a empresa, está disponível para ela usar quando bem quiser, logo essa conta é classificada no grupo do disponível.

 

Assim as únicas contas que seriam classificadas no grupo do disponível, seriam as contas de BANCOS e CAIXA.

 

Vamos a segunda questão?

 

2 – Uma empresa encerra o seu exercício social sempre em 30 de Junho. Quando se inicia o exercício social da mesma?

 

Resposta: Vejamos, se o exercício social tem duração de 1 ano, conforme vimos nos tutoriais passados, se o exercício social de uma empresa esta encerrando em 30 de junho, quer dizer que ele começa em 01 de julho, assim de 1 de julho a 30 de junho temos um ano completo, se por acaso uma empresa encerra-se o seu exercício social em 14 de agosto, o seu exercício social iniciaria em 15 de agosto, assim de 15 de agosto de um ano até 14 de agosto do outro ano, teríamos o período de um ano completo, nesse caso, teríamos um exercício social completo.

 

Vamos a correção da 3 questão, que era a seguinte:

 

3 – Em que hipóteses uma empresa pode ser o seu exercício social inferior a 1 ano?

 

Resposta: São somente em dois casos que uma empresa pode ter seu exercício social inferior a um ano, que são os seguintes: Na sua constituição e quando ocorre alguma alteração estatutária.

 

Assim uma empresa que inicia suas atividades (constituição) em 01/11/2005, pode determinar sem problemas que o seu exercício social se encerre em 31/12/2005. Nesse caso, o seu exercício social durante 2005, teria somente 2 meses.

 

O segundo caso, nos casos de alteração estatutária, imaginem que uma empresa tenha seu exercício social encerrando sempre em 30/08. E que por motivos de adequação a legislação do imposto de renda, ela resolva trabalhar com o exercício social encerrando sempre em 31/12, ela pode simplesmente fazer uma alteração determinando que seu exercício social se encerre em 31/12, assim suponhamos que ela esteja em 31/05, ela finaliza um exercício social nessa data, e começa um outro de 01/06 a 31/12, e os próximos exercícios sociais, serão sempre de 01/01 a 31/12.

 

4 – Quais as 3 classificações possíveis para as contas de Ativo Circulante?

 

Resposta: As contas de ativo circulante podem ser classificadas em DISPONIVEL, DIREITOS A REALIZAR NO CURSO DO EXERCICIO SOCIAL SUBSEQUENTE, e APLICAÇÕES DE RECURSOS EM DESPESAS DO EXERCICIO SEGUINTE.

 

5 – Qual a característica essencial para que uma conta seja classificada em DISPONIBILIDADES?

 

Resposta: Como vimos a característica básica para que uma conta seja classifica em disponibilidades, é que ela represente dinheiro, e que este esteja a disposição da empresa, ou seja, quando ela bem quiser ela pode utiliza-lo.

 

6 – Uma empresa efetuou uma aplicação financeira em 31/12/2006, sendo que o valor deve ficar aplicado pelo período de 15 meses, nesse tempo a empresa não pode mexer no dinheiro, tendo seu exercício social encerrando em 31/12, em que sub-grupos do ATIVO CIRCULANTE essa conta ficaria classificada?

 

Resposta: Em nenhum dos sub-grupos das contas de ativo circulante !!!!!!!!!!

 

Mas porque? Vamos analisar!

 

Primeiro as contas de Ativo Circulante como sabemos só possuem 3 classificações possíveis:

 

DISPONIVEL, DIREITOS A REALIZAR NO CURSO DO EXERCICIO SOCIAL SUBSEQUENTE, e APLICAÇÕES DE RECURSOS EM DESPESAS DO EXERCICIO SEGUINTE.

 

Vamos analisar cada um dos grupos para ver se essa operação pode ser classificada em um deles.

 

Primeiro, no DISPONÍVEL, vejamos: A empresa efetuou uma aplicação financeira, logo, ela esta mexendo com dinheiro, até aqui tudo bem, ela poderia ser classificada no disponível, mas temos que analisar a outra condição básica, essa aplicação financeira tem que estar disponível para a empresa usar quando ela bem quiser, e isso acontece?

 

Não.

 

Porque afinal, ela tem um prazo que precisa esperar, somente após 15 meses, ela pode mexer nesse dinheiro. Logo, não esta disponível. Então não pode ser classificado no DISPONIVEL.

 

A segunda classificação possível seria no sub-grupo DIREITOS A REALIZAR NO CURSO DO EXERCICIO SOCIAL SUBSEQUENTE, mas também não pode ser classificado nesse grupo, sabe porque?

 

Vamos analisar a operação primeiro, uma aplicação financeira, onde a empresa deve deixar o dinheiro aplicado durante pelo menos 15 meses. O exercício social da empresa se encerra em 31/12. E a data que a empresa fez essa aplicação financeira foi em 31/12/2006.

 

Até aqui tudo bem não?

 

Mas para que uma conta seja classificada em DIREITOS A REALIZAR NO CURSO DO EXERCICIO SOCIAL SUBSEQUENTE, essa conta tem que representar um bem ou direito que vai se transformar em dinheiro (direta ou indiretamente) até o final do exercício social subseqüente certo? Ou seja, esta conta tem que representar um valor que no futuro a empresa vai utilizar ele como dinheiro.

 

Então a principio a conta de aplicação financeira poderia ser classificada aqui nesse porque, na verdade iremos realizar um valor, o valor dos juros que renderá. E após o prazo definido ainda resgataríamos o valor original, ou seja, após o prazo combinado, vamos ter de volta o valor que aplicamos mais os juros que rendeu.

 

Ótimo.

 

Então a principio poderíamos classificar essa conta no grupo de DIREITOS A REALIZAR NO CURSO DO EXERCICIO SOCIAL SUBSEQUENTE, mas porque não classificamos?

 

Simples, porque temos que nos atentar a um detalhe muito importante, que é o exercício social, vejam que para que seja classificado no grupo de DIREITOS A REALIZAR NO CURSO DO EXERCICIO SOCIAL SUBSEQUENTE, o direito tem que ser realizado até o termino do exercício social subseqüente, acontece que o prazo para resgatarmos essa aplicação financeira é de 15 meses, e que estamos em 31/12/2006, e nosso exercício social encerra em 31/12. Assim estamos nessa data encerrando um exercício social, sendo que o próximo exercício social se encerrará em 31/12/2007.

 

Da data que estamos até o final do exercício social seguinte, temos exatamente 12 meses, sendo que o prazo para resgatarmos a aplicação efetuada é de 15 meses, ou seja, após o final do exercício social subseqüente ainda teremos que aguardar mais 3 meses para que possamos retirar o valor que foi aplicado e mais o juros, assim esse direito na verdade irá se realizar depois do exercício social subseqüente. Logo não pode ser classificado no DIREITOS A REALIZAR NO CURSO DO EXERCICIO SOCIAL SUBSEQUENTE, porque não será realizado no curso e sim após o curso do exercício social subseqüente.

 

Se essa mesma aplicação financeira tivesse sido efetuada antes de 30/09/2006, os 15 meses, cairiam aproximadamente perto de 31/12/2007, ai sim, nesse caso essa conta seria classificada em DIREITOS A REALIZAR NO CURSO DO EXERCICIO SOCIAL SUBSEQUENTE, porque estaria sendo realizada no curso do exercício social subseqüente.

 

Bom então só nos restou mais um grupo para vermos se essa operação pode ser classificada ou não no ativo circulante, que é o grupo de APLICAÇÕES DE RECURSOS EM DESPESAS DO EXERCICIO SEGUINTE.

 

Como dito nos tutoriais passados esse grupo de contas apresenta a aplicação de recursos (geralmente dinheiro) em despesas, ais quais serão utilizadas (usufruídas) até o termino do exercício seguinte.

 

De cara já podemos descartar esse grupo, porque nossa operação não é caracterizada como uma despesa, muito pelo contrário, ele foi efetuada com a intenção de trazer receitas, pela geração de juros favoráveis a empresa.

 

Então vimos que essa operação não pode ser classificada em nenhum dos sub-grupos do ativo circulante, mas onde ela será classificada?

 

Isso veremos logo em breve, assim que acabarmos de efetuarmos todas as correções dos exercícios.

 

Vamos terminar logo então?

 

A próxima questão era a seguinte:

 

7 – Considere os mesmos dados da questão número 6, sendo que o exercício social da empresa se encerra em 30/08. Em que sub-grupos do ATIVO CIRCULANTE essa conta ficaria classificada?

 

Resposta: Na própria correção da questão 6, já respondemos essa pergunta, mais nunca é demais, fixarmos isso em nossas mentes, vamos recapitular:

 

A empresa fez uma aplicação financeira pelo prazo de 15 meses, só pode retirar o dinheiro após esse prazo. O exercício social se encerra em 31/12, e a data da aplicação financeira é 30/08.

 

Vamos então ver quando a empresa poderia retirar esse dinheiro, em 30/09 o dinheiro aplicado teria 1 mês, em 30/10 dois meses, conseqüentemente em 31/12 teria 4 meses. Logo, nesta data, ainda faltariam 11 meses para que a empresa pudesse retirar esse dinheiro. Poderíamos dizer então que em novembro de 2006 a empresa poderia estar retirando esse dinheiro, logo, novembro de 2006, estaria dentro do exercício social subseqüente não?

 

A final o exercício social subseqüente se encerrará em 31/12/2006.

 

Portanto agora sim essa conta será classificada no Ativo Circulante, sub-grupo de DIREITOS A REALIZAR NO CURSO DO EXERCICIO SOCIAL SUBSEQUENTE, porque ao final do prazo (30/11), a empresa terá o direito de retirar o valor aplicado acrescido dos juros.

 

Ok?

 

8 - Qual a diferença básica que distingue as contas de DIRETOS A REALIZAR NO CURSO DO EXERCICIO SOCIAL SUBSEQUENTES e APLICACOES DE RECURSOS EM DESPESAS DO EXERCICIO SEGUINTE?

 

Resposta: Conforme vimos nos comentários acima, e nos tutoriais passados, cada sub-grupo das contas de ativo circulante, tem uma característica básica (marcante), por exemplo, o DISPONIVEL representa um item financeiro (dinheiro) o qual esta a disposição da empresa, ou seja, ela pode utiliza-lo quando bem entender, daí o termo DISPONIVEL.

 

Mas o que viria a diferenciar DIRETOS A REALIZAR NO CURSO DO EXERCICIO SOCIAL SUBSEQUENTES de APLICACOES DE RECURSOS EM DESPESAS DO EXERCICIO SEGUINTE?

 

O primeiro DIRETOS A REALIZAR NO CURSO DO EXERCICIO SOCIAL SUBSEQUENTES, como já vimos são itens que se realizarão, em outras palavras podemos dizer que se transformarão em dinheiro.

 

Já o segundo, APLICACOES DE RECURSOS EM DESPESAS DO EXERCICIO SEGUINTE, representam um dinheiro que a empresa investiu (ou virá a investir, caso se a prazo) numa despesa, ou seja, as contas classificadas nesse grupo, não se transformarão em dinheiro, e sim num beneficio.

 

Por exemplo imaginem que a empresa tenha feito uma assinatura de uma revista técnica relativa a sua atividade, e que a assinatura dessa revista custa R$ 600,00, e da direito a receber 12 exemplares, e ainda, considerando que a empresa tenha efetuado o pagamento a vista. Vejam que ela aplicou dinheiro, em algo que não se transformará em dinheiro depois, se transformará num beneficio que será o recebimento dos exemplares.

 

Então o que vai diferenciar um grupo do outro, são essas características básicas, que resumidamente podemos conceituar como: Um vai se realizar em dinheiro, e o outro vai se transformar num beneficio para a empresa.

 

Compreendido?

 

Vamos a próxima?

 

9 – Uma empresa efetuou um adiantamento salarial a seu funcionário, que será descontado do seu salário do mês, pertunga-se:

 

9.1 – Essa operação representa um direito para a empresa?

 

Resposta: Sim representa, afinal a empresa adiantou um dinheiro ao funcionário, e ela agora tem um direito contra o mesmo, o direito de descontar de seu salário o valor equivalente.

 

9.2 – Caso represente essa operação será registrada no grupo do Ativo Circulante?

 

Resposta: Sim será classificada no ativo circulante, será de ativo porque representa um direito da empresa, e ativo circulante, porque se realizará no curso do exercício social subseqüente, ou seja, até o final do exercício social subseqüente, na verdade a empresa descontará do funcionário no mais tardar no inicio do mês seguinte por ocasião do pagamento do seu salrio conforme foi dito no enunciado.

 

9.3 – Caso positivo em qual sub-grupo do Ativo Circulante?

 

Resposta: Será classificado DIRETOS A REALIZAR NO CURSO DO EXERCICIO SOCIAL SUBSEQUENTES, vejamos porque:

 

Disponível não pode ser porque não é dinheiro a disposição da empresa, muito pelo contrário deixou de ser, agora o dinheiro ficou a disposição do funcionário, não é? A empresa retirou dinheiro que ela tinha e passou esse dinheiro para o funcionário. Logo, deixou de ser disponível para ela.

 

E também não pode ser APLICACOES DE RECURSOS EM DESPESAS DO EXERCICIO SEGUINTE, porque não é uma despesa para a empresa tal operação, a despesa para a empresa é o salário do funcionário, se por algum motivo a empresa tivesse combinado que pagaria ao funcionário adiantado o valor de 5 salários seus por exemplo, ai sim, seria uma despesa, mas na verdade trata-se de um adiantamento, a empresa concedeu o dinheiro, mais irá descontar do funcionário depois.

 

Logo, só resta uma classificação possível, que é a de DIRETOS A REALIZAR NO CURSO DO EXERCICIO SOCIAL SUBSEQUENTES.

 

10 – Uma empresa recebeu cheques para pagamento de uma venda efetuada a vista, e que podem ser apresentados a qualquer momento, qual a classificação para essa conta dentro do Ativo Circulante?

 

Resposta: Essa é uma questão difícil de ser compreendida no inicio, mas vamos com calma, com duas perguntas podemos responder ela, a primeira:

 

Essa operação é uma despesa?

 

Não né.

 

Logo, não pode estar classificada em APLICACOES DE RECURSOS EM DESPESAS DO EXERCICIO SEGUINTE.

 

Essa operação ainda vai se realizar?

 

Não, então não pode ser classificada em DIRETOS A REALIZAR NO CURSO DO EXERCICIO SOCIAL SUBSEQUENTES.

 

Mas porque não?

 

Simples, a operação já esta realizada, vendeu e recebeu pela venda, embora tenha recebido através de um cheque, mas o cheque pode ser compensado (sacado) a qualquer momento, portanto preenche o requisito de disponibilidade, agora se o cheque fosse a prazo, o requisito da disponibilidade já não estaria mais presente.

 

Portanto a classificação para essa conta seria no DISPONIVEL.

 

11 – Uma empresa efetuou um acordo com seu advogado, no acordo ficou combinado que a empresa pagaria de imediato a quantia de R$ 1.200,00 e que o advogado prestaria serviços por 12 meses, sem ter direito a receber mais nada. Qual a classificação para essa conta?

 

Resposta: DISPONIVEL pode ser? Não, afinal não estamos falando de dinheiro.

 

REALIZAVEL NO CURSO DO EXERCICIO SOCIAL SUBSEQUENTE? Também, não afinal não vai se transformar em dinheiro, ou seja, não vai se realizar.

 

APLICACOES DE RECURSOS EM DESPESAS DO EXERCICIO SEGUINTE?

 

Sim, pois vejam que a empresa pagou pelos serviços de advocacia, porem pagou antecipado o serviço pelo período de 1 ano. Logo, ela aplicou recursos, em despesas do exercício seguinte.

 

12 – Uma empresa efetuou um acordo com seu fornecedor, pagará ao mesmo 10 parcelas de R$ 100,00 por uma encomenda de mercadoria, sendo que no 5 mês, o fornecedor deve entregar as mercadorias. Qual a classificação para os 5 primeiros pagamentos?

 

Resposta: Vejam que a empresa efetuará 5 pagamentos antecipados ao fornecedor, somente após o 5 pagamento ela receberá as mercadorias, a questão é em que sub-grupo de contas esses 5 primeiros pagamentos seriam classificados.

 

Disponível pode ser?

 

Não, porque não é dinheiro, e nem esta disponível a empresa, muito pelo contrario ela esta se desfazendo de dinheiro com os pagamentos ao fornecedor.

 

Aplicação de Recursos em Despesas do Exercício Seguinte (Despesas Antecipadas)?

 

Também não, até porque a compra de mercadoria não é considerada uma despesa.

 

Então só nos resta um ultimo grupo, REALIZAVEL NO CURSO DO EXERCICIO SOCIAL SUBSEQUENTE, vejam que esses pagamentos antecipados, vão se realizar efetivamente quando o fornecedor nos entregar a mercadoria, nesse momento ele nos entregará a nota fiscal da mercadoria cobrando a quantia de R$ 1.000,00 sendo como já pagamos 5 parcelas de R$ 100,00, ou seja R$ 500,00, vamos realizar esses R$ 500,00 descontando esse valor da compra efetuada no valor de R$ 1.000,00 assim só ficaríamos devendo ao fornecedor a quantia que falta que é de R$ 500,00 (R$ 1.000,00 – R$ 500,00).

 

13 – Qual a classificação dentro do ativo circulante para os 5 últimos pagamentos?

 

Resposta: Não haverá classificação a ser feita no ativo circulante referente aos 5 últimos pagamentos, vamos entender porque.

 

A empresa começa a pagar as parcelas de R$ 100,00 conforme combinado, assim ela começa a entregar dinheiro ao fornecedor, por conta de uma mercadoria que ela ainda nem recebeu, nesse momento ela esta adquirindo um direito, o de descontar do fornecedor, esse valor adiantado.

 

Assim é feito até a quinta parcela, nesse momento a empresa tem o direito de descontar do fornecedor a quantia de R$ 500,00.

 

Sendo que nesse momento o fornecedor entrega as mercadorias, avaliadas a R$ 1.000,00, como a empresa já pagou R$ 500,00, a empresa fica devendo ao fornecedor os outros R$ 500,00, se ela esta devendo ao fornecedor na verdade esses R$ 500,00 vão aparecer numa conta de passivo e não de ativo, portanto os 5 ultimos pagamentos não terão classificação nenhuma a ser efetuada, muito menos em conta de ativo circulante, quando ocorrer esses pagamentos a empresa debitará a conta de fornecedores, e creditará a conta bancos ou caixa, pelo valor de R$ 100,00.

 

Terminamos assim a correção de nossos exercícios, no próximo tutorial estaremos começando a aprender um novo grupo do ativo, o ATIVO REALIZÁVEL A LONGO PRAZO.

 

Então até a próxima.

 

Windows Server 2008 - Inscreva-se já -s Últimas Vagas! Curso Completo de SAP!

Dúvidas?

Utilize a área de comentários a seguir.

Me ajude a divulgar este conteúdo gratuito!

Use a área de comentários a seguir, diga o que achou desta lição, o que está achando do curso.
Compartilhe no Facebook, no Google+, Twitter e Pinterest.

Indique para seus amigos. Quanto mais comentários forem feitos, mais lições serão publicadas.

Quer receber novidades e e-books gratuitos?
›››

Vídeo-Aulas

  • Access
  • Excel
  • Programação
  • Windows/Linux
  • Redes
  • + Todas as categorias
  • E-books

  • Access
  • Excel
  • Programação
  • Windows/Linux
  • Redes
  • + Todas as categorias
  • Livros

  • Administração
  • Excel
  • Programação
  • Windows/Linux
  • Redes
  • + Todas as categorias
  • Cursos Online

  • Banco de Dados
  • Carreira
  • Criação/Web
  • Excel/Projetos
  • Formação
  • + Todas as categorias
  • Conteúdo Gratuito

  • +1500 Artigos e Tutoriais
  • ASP 3.0
  • ASP.NET
  • Access Básico
  • Access Avançado
  • Excel Básico - 120 lições
  • Excel Avançado - 120 lições
  • SQL Server 2005
  • Windows 7
  • Windows XP
  • Windows 2003 Server
  • Windows 2008 Server
  • Novidades e E-books grátis

    Fique por dentro das novidades, lançamento de livros, cursos, e-books e vídeo-aulas, e receba ofertas de e-books e vídeo-aulas gratuitas para download.



    Institucional

  • Quem somos
  • Garantia de Entrega
  • Formas de Pagamento
  • Contato
  • O Autor
  • Endereço

  • Júlio Battisti Livros e Cursos Ltda
  • Rua Vereador Ivo Cláudio Weigel, 537 Universitário
  • Santa Cruz do Sul/RS
  • CEP 96816-208

  • Atendimento: (51) 3717-3796 - webmaster@juliobattisti.com.br Todos os direitos reservados, Júlio Battisti 2001-2014 ®