NUNCA MAIS PASSE RAIVA POR NÃO CONSEGUIR RESOLVER UM PROBLEMA COM O EXCEL - GARANTIDO!

UNIVERSIDADE DO VBA - Domine o VBA no Excel Criando Sistemas Completos - Passo a Passo - CLIQUE AQUI

Você está em: PrincipalArtigos › ASP 3.0 › Capítulo 07 : 05
Quer receber novidades e e-books gratuitos?
« Lição anterior Δ Página principal ¤ Capítulos Próxima lição »
SITES DINÂMICOS COM ASP 3.0 - CURSO COMPLETO
Autor: Júlio Battisti


Promoção: Livro Windows Server 2012 R2 e Active Directory - Curso Completo, 2100 Páginas. Tudo para você se tornar um administrador de redes altamente qualificado para o mercado de trabalho e levar a sua carreira para o próximo nível!

Promoção: Livro Windows Server 2012 R2 e Active Directory

Curso Completo, 2100 páginas.

Tudo para você se tornar um administrador de redes altamente qualificado para o mercado de trabalho e levar a sua carreira para o próximo nível!

MAIS DETALHES | COMPRAR ESTE LIVRO


Lição 058 - Capítulo 07 - Um pouco mais sobre pesquisas em Bancos de Dados

Neste item iremos explorar um pouco mais a utilização da linguagem SQL em páginas ASP.

Estaremos utilizando exemplos que acessam Bancos de dados do Microsoft Access. Para o acesso a outros Bancos de dados,  podem existir pequenas diferenças, dependendo do OLE DB Provider para cada caso. Caso você esteja utilizando outro Banco de dados, consulte a documentação do padrão SQL do Banco de dados que você está utilizando.

Trataremos dos seguintes tópicos:

  • A utilização do operador Like.
  • Definindo múltiplos critérios.
  • Utilizando funções de agregação.

A utilização do operador Like.

Com o operador Like, podemos criar consultas que retornam resultados contendo um determinado padrão. Por exemplo, podemos fazer uma consulta que localize todos os Clientes em que o primeiro nome inicie com “Jo”. Neste caso serão retornados os registros de João da Silva, João Santos, José da Silva, Josimar da Silva e assim por diante. O operador Like nos dá uma flexibilidade bastante grande, poise permite que façamos pesquisa, digitando apenas parte do valor procurado.

Considere a seguinte instrução SQL:

SELECT CustomerID, CompanyName, ContactName FROM Customers

WHERE CompanyName) Like ‘La%’

Estamos tomando como base a tabela Customers do Banco de dados nwind.mdb.

Esta instrução iria selecionar apenas os registros cujo campo CompanyName iniciasse com La. 

Quando utilizamos o Microsoft Access, utilizamos o “*” como caracter coringa. Já em ASP utilizamos o “%” como caracter coringa. Outra diferença importante é em relação a critérios de texto. Quando utilizamos o Microsoft Access, todo critério de texto deve vir entre aspas (“), já no caso de páginas ASP, todo critério de texto deve vir entre apóstrofes (‘).

Na Listagem 7.4 temos exemplo de página que utiliza o operador Like.

Listagem 7.4 – Utilizando o operador Like para fazer pesquisas – exlike.asp.

1          <%@ Language=VBScript %>

2          <HTML>

3          <HEAD>

4          </HEAD>

5          <TITLE>Utilizando o operador Like.</TITLE>

6          <BODY>

7          <%

8          Set conn=Server.CreateObject("ADODB.Connection")

9          'Agora abro uma conexão com o arquivo nwind.mdb

10        'utilizando OLE DB.

             

11        conn.ConnectionString = "PROVIDER=MICROSOFT.JET.OLEDB.4.0;

12        DATA SOURCE=c:\meus documentos\nwind.mdb"

13        conn.Open

14        ‘Agora crio uma instrução SQL que utiliza o operador Like.

15        inst_sql="Select * from Customers where CompanyName Like 'La%'"

           

16        Set Cust= Server.CreateObject("ADODB.RecordSet")

17        Cust.Open inst_sql,conn,3,3

                       

18        %>

19        <P>

20        <FONT color=navy size=4><B>

21        Relação de Clientes cujo nome começa com La.

22        </B></FONT>       

23        </P>

24        <HR>

25        <TABLE>

26        <TR>

27           <TD><B>Código</B></TD>

28           <TD><B>Nome </B></TD>

29           <TD><B>Cidade  </B></TD>

30        </TR>  

31        <%

32        Do Until Cust.EOF

33        %>

34        <TR>

35           <TD><%=Cust.Fields("CustomerId")  %> </TD>

36           <TD><%=Cust.Fields("CompanyName")%> </TD>

37           <TD><%=Cust.Fields("City")%> </TD>

38        </TR>  

              

39        <%

40        Ped.MoveNext

41        Loop

42        %>

           

43        </TABLE>

44        <HR>

45        </BODY>

46        </HTML>

Ao carregarmos este exemplo no Internet Explorer, obteremos o resultado indicado na Figura 7.15

Curso Completo de ASP 3.0 - Júlio Battisti
Figura 7.15 Resultados obtidos com o operador Like.

Agora vamos supor que você quisesse uma listagem de todos os consumidores que possuem o texto “La” em qualquer parte do nome, não necessariamente no início. Mais uma vez a utilização do operador Like facilita a nossa vida. Para obter o resultado desejado, bastaria alterar a instrução SQL da Listagem 7,4. A instrução deve ficar da seguinte maneira:

inst_sql="Select * from Customers where CompanyName Like '%La%'"

Bastou colocar mais um caracter % antes do La. Com isso serão retornados todos os registros que contiverem La em qualquer parte do campo CompanyName, conforme indicado na Figura 7.16.

Curso Completo de ASP 3.0 - Júlio Battisti
Figura 7.16 Mais um exemplo de utilização do operador Like.

Poderíamos começar a refinar mais ainda a nossa consulta. Vamos pesquisar todos os registros em que o Nome do Cliente (campo CompanyName) possui “La” e o CEP (campo PostalCode) possui o número 3.

Para obter o resultado desejado, bastaria alterar a instrução SQL da Listagem 7,4. A instrução deve ficar da seguinte maneira:

inst_sql="Select * from Customers where CompanyName Like '%La%' and

                PostalCode Like '%3%'"

Na Figura 7.17 temos a listagem obtida após a última alteração da instrução SQL.

Curso Completo de ASP 3.0 - Júlio Battisti
Figura 7.17 Utiliando o operador Like e End.

Agora vamos supor que você queira uma listagem somente com os registros em que o campo CompanyName inicie com uma letra na faixa da A até M, isto é, a primeira letra do nome deve estar entre A e M. Além disso você deseja que esta listagem seja classificada em ordem ascendente do campo CompanyName. Para obter este resultado, basta utilizar a instrução SQL a seguir:

inst_sql="Select * from Customers where CompanyName Like '[A-M]%'Order By CompanyName"

O resultado desta pesquisa está indicada na Figura 7.18.

Curso Completo de ASP 3.0 - Júlio Battisti
Figura 7.18 Utiliando o operador Like e uma faixa inicial.

Ao invés de digitar a instrução SQL diretamente no código ASP, a mesma pode ser construída a partir de valores digitados ou selecionados em um formulário. No final do capítulo, criaremos um formulário genérico para pesquisas, onde o usuário poderá definir por qual ou quais critérios deseja fazer a pesquisa e selecionar um valor para os critérios. Ao clicar em um botão Pesquisar, os dados são enviados para uma página ASP, a qual monta a instrução SQL de acordo com as opções selecionadas pelo usuário.

Com estes exemplos, podemos comprovar a versatilidade e facilidade de uso do operador Like.

A utilização de múltiplos critérios.

Para realizarmos uma pesquisa com mais do que um critério, utilizamos os operadores And e Or. Inicialmente vamos salientar a diferença entre estes dois operadores.

O operador And.

Quando utilizamos o operador And para “ligar” dois critérios, somente serão selecionados os registros que atenderem, ao mesmo tempo, os dois critérios. Caso o registro somente atenda a um dos critérios, o mesmo não será selecionado. Considere o seguinte exemplo:

inst_sql="Select * from Orders where ShipCountry =  'France' and ShipCity =  'Lyon' "

Neste caso somente serão selecionados os registros em que o país for France e a cidade Lyon, isto é, somente os registros que atenderem aos dois critérios.

Podemos utilizar mais do que um operador And. Com isso podemos especificar 3 ou mais critérios. Mas a regra se mantém, para que um registro seja selecionado, ele precisa atender a todos os critérios ligados pelos operadores And, se um único critério falhar, o registros não será selecionado.

O operador Or.

Quando utilizamos o operador Or para “ligar” dois critérios, somente serão selecionados os registros que atenderem, pelo menos, um dos dois critérios. Ou seja, basta que o registro atenda a um dos critérios especificados, sendo que o registro somente não será selecionado se não atender nenhum dos dois critérios. Considere o seguinte exemplo:

inst_sql="Select * from Orders where ShipCountry =  'France' Or ShipCity =  'Lyon' "

Neste caso serão selecionados todos os registros que atenderem pelo menos um dos critérios,  isto é, se o país for igual a France, o registro será selecionado, independente da cidade. Se a cidade for igual a Lyon, o registro será selecionado, independentemente do país. Caso o registra atenda aos dois critérios também será selecionado. A única situação em que o registro não será selecionado, é quando não atendar a nenhum dos dois critérios ligados pelo operador Or.

Podemos utilizar mais do que um operador Or. Com isso podemos especificar 3 ou mais critérios. Mas a regra se mantém, para que um registro seja selecionado, ele precisa atender a pelo menos um dos critérios ligados pelos operadores Or, somente se todos os critérios falharem é que o registro não será selecionado.

Alguns exemplos de utilização de múltiplos critérios.

Exemplo 1: Vamos supor que desejamos uma listagem dos pedidos que atendam aos seguintes critérios:

  • Campo ShipCountry = France
  • OrderDate deve estar dentro do ano de 1994.

A instrução SQL é a seguinte:

inst_sql="Select * from Orders where ShipCountry='France' And OrderDate>#01/01/1994#

               And OrderDate<#31/12/1994#"

Observe que quando formos definir um critério para um campo do tipo Data, devemos colocar o valor entre os sinais de #.

Na figura 7.19, temos o resultado da execução da instrução SQL do nosso exemplo.

Curso Completo de ASP 3.0 - Júlio Battisti
Figura 7.19 Especificando critérios para o País e para a Data.

Exemplo 2: Se, no exemplo anterior, trocarmos o primeiro And por um Or e utilizarmos parênteses para determinar a ordem de avaliação, conforme indicado no exemplo:

inst_sql="Select * from Orders where ShipCountry='France' Or

              (OrderDate>#01/01/1994# And OrderDate<#31/12/1994#)"

Qual seria o resultado desta instrução SQL?

Seriam retornados todos os pedidos para o país France, Independente do ano. Também seriam retornados todos os pedidos para o ano de 1994, independente do País. Lembre que para ser selecionado, basta que o registro atenda um dos critérios ligados pelo Or. Ao colocarmos os parênteses, estamos forçando que os critérios da data sejam avaliados de uma maneira única. O resultado desta comparação é que é ligado pelo Or à primeira parte do critério.

Exemplo 3: Vamos fazer uma pesquisa em que sejam exibidos os pedidos para todos os países, com exceção dos pedidos em que o campo ShipCountry seja igual a France. Podemos utilizar a seguinte instrução SQL:

inst_sql="Select * from Orders where ShipCountry <>'France'"

Neste caso fizemos uso do operador diferente ( <>). Com isso estamos dizendo que devem ser selecionados todos os registros em que o campo ShipCountry for diferente de France.

Exemplo 4: Quando queremos pesquisar por registros que possam apresentar 2 ou mais valores em um determinado campo, como por exemplo, pesquisar todos os pedidos para o Brazil, France, Argentina ou Germany. Poderíamos utilizar vários critérios ligados pelo operador Or, porém existe uma maneira mais simples de fazer isso, que é através da utilização do operador In, conforme indicado no exemplo abaixo:

inst_sql="Select * from Orders where ShipCountry In ('France','Argentina', 'Brazil', 'Germany') Order By ShipCountry"

Com o uso do operador In, podemos definir dois ou mais critérios para um determinado campo. A lista de critérios vem entre parênteses, cada critério deve ser colocado entre apóstrofes e a lista de critérios separada por vírgula.

Exemplo 5: Vamos “inverter” um pouco o exemplo anterior: Criar uma listagem de todos os pedidos, com exceção dos pedidos enviados para os seguintes países:

  • Argentina
  • Brazil
  • France
  • Germany

Podemos utilizar a mesma instrução anterior, apenas colocando o operador Not, antes do operador In, conforme indicado a seguir:

inst_sql="Select * from Orders where ShipCountry Not In ('France','Argentina', 'Brazil', 'Germany') Order By ShipCountry"

O Not informa que devem ser selecionados todos os registros, com exceção daqueles em que o campo ShipCountry contiver os valores especificados como parâmetros do operador In.

A utilização de operadores nos permite criar consultas bastante avançadas, combinando critérios, e utilizando critérios múltiplos. Também podemos utilizar as chamadas funções de agregação, que será o assunto do próximo item.

Utilizando funções de agregação.

As funções de agregação nos permitem criar valores consolidados dos dados de uma ou mais tabelas, como por exemplo:

  • A soma de todos os pedidos enviados para a Argentina.
  • A média dos pedidos para um determinado cliente.
  • O número de pedidos enviados para um determinado país em um determinado ano.
  • O menor e o maior pedido para um determinado cliente ou país

Para obter estes resultados consolidados, podemos utilizar as diversas funções de agregação disponíveis. Na Tabela 7.7, temos a descrição das principais funções de agregação disponíveis.

Função Descrição
Count() É utilizada para efetuar uma contagem. Pode ser uma contagem geral, como por exemplo, o número de registros de uma tabela, ou uma contagem específica, como o número de pedidos para cada país.
AVG() É utilizada para calculo de médias. Calcula a média aritmética de um determinado campo. Somente pode ser utilizada com campos numéricos e valores do tipo Null serão ignorados.
Sum() É utilizada para efetuar a soma de campos numéricos.
Max() É utilizada para determinar o maior valor de um campo numérico.
Min() É utilizada para determinar o menor valor de um campo numérico.

Tabela 7.7 Funções de agregação.

Alguns exemplos de utilização de funções de agregação.

Exemplo 1: Vamos começar com um exemplo em que seja exibida uma listagem com o número de pedidos para cada país, listagem esta, classificada pelo nome do país de destino.

inst_sql="Select ShipCountry, Count(OrderID) As Totais from Orders Group By ShipCountry Order By ShipCountry"

Na Listagem 7.5, temos um exemplo de uma página ASP – excount.asp, a qual faz uso desta instrução SQL.

Listagem 7.5 - Utilizando a função de agregação Count ( ) – excount.asp.

1          <%@ Language=VBScript %>

2          <HTML>

3          <HEAD>

4          </HEAD>

5          <TITLE>Utilizando a função Count.</TITLE>

6          <BODY>

7          <%

8          'O Primeiro passo é criar a conexão com o Banco de dados.

9          'Para isto crio um objeto do tipo Connection.

10        'Cria um Objeto do Tipo ADODB.Connection

11        Set conn=Server.CreateObject("ADODB.Connection")

12        'Agora abro uma conexão com o arquivo nwind.mdb

13        'utilizando OLE DB.

             

14        conn.ConnectionString = "PROVIDER=MICROSOFT.JET.OLEDB.4.0;

            DATA SOURCE=c:\meus documentos\nwind.mdb"

15        conn.Open

16        'Agora crio um objeto do tipo Command, o qual será,

17        'automaticamente associado com a conexão conn.

 

18        inst_sql="Select ShipCountry, Count(OrderID) As Totais from Orders

            Group By ShipCountry Order By ShipCountry"

           

19        Set Ped= Server.CreateObject("ADODB.RecordSet")

20        Ped.Open inst_sql,conn,3,3

                       

21        %>

22        <P>

23        <FONT color=navy size=4><B>

24        Número de pedidos por país de destino.

25        </B></FONT>       

26        </P>

           

27        <HR>

28        <TABLE border=1>

29        <TR>

30           <TD><B>País</B></TD>

31           <TD><B>Pedidos  </B></TD>

32        </TR>  

           

33        <%

34        Do Until Ped.EOF

35        %>

36        <TR>

37           <TD>   <%=Ped.Fields("ShipCountry")  %>     </TD>

38           <TD><B><%=Ped.Fields("Totais")       %> </B></TD>

39        </TR>  

              

40        <%

41        Ped.MoveNext

42        Loop

43        %>

44        </TABLE>

45        <HR>

46        </BODY>

47        </HTML>

Na Figura 7.20, temos o resultado da página excount.asp, quando a mesma é carregada no Internet Explorer.

Curso Completo de ASP 3.0 - Júlio Battisti
Figura 7.20 Resultados obtidos com a utilização da função Count( ).

Exemplo 2: Vamos supor que devêssemos alterar a nossa listagem, para classificá-la em ordem descendente do número de pedidos, isto é, devem ser listados primeiro os países com o maior número de pedidos. Para obter este resultado, bastaria alterar a instrução SQL, deixando-a da seguinte maneira:

inst_sql="Select ShipCountry, Count(OrderID) As Totais from Orders Group By ShipCountry Order By Count(OrderID)Desc"

Ao utilizarmos esta instrução, obteremos o resultado indicado na Figura 7.21.

Curso Completo de ASP 3.0 - Júlio Battisti
Figura 7.21 Resultados ordenados em ordem decresente do número de pedidos.

Quando formos fazer a ordenação, utilizando a cláusula Order By, não podemos utilizar o “aliás” do campo.  O aliás é o nome que damos ao campo que está sendo calculado. No nosso exemplo, chamamos o campo com o total de pedidos de totais. Um aliás é criado com a palavra “As”. Se utilizarmos um aliás na cláusula Order By, obteremos um erro e a página não será carregada. A instrução a seguir comete este erro:

CUIDADO – INSTRUÇÃO INCORRETA :

inst_sql="Select ShipCountry, Count(OrderID) As Totais from Orders Group By ShipCountry Order By Totais Desc"

Se utilizarmos esta instrução, ao tentarmos carregar a página, obteremos o erro indicado na Figura 7.22.

Curso Completo de ASP 3.0 - Júlio Battisti
Figura 7.22 Erro causado pelo uso de um aliás na cláusula Order By.

Exemplo 3: Agora vamos utilizar a função Sum para retornar a soma do valor do Frete (Freight) para cada país. Para obter este resultado, podemos utilizar o comando SQL a seguir:

inst_sql="Select ShipCountry, Sum(Freight) As SomFrei from Orders Group By ShipCountry Order By Sum(Freight) Desc"

Na Listagem 7.6, temos um exemplo de uma página ASP – exsum.asp, a qual faz uso desta instrução SQL.

Listagem 7.6 - Utilizando a função de agregação Sum ( ) – exsum.asp.

1          <%@ Language=VBScript %>

2          <HTML>

3          <HEAD>

4          </HEAD>

5          <TITLE>Utilizando a função Sum.</TITLE>

6          <BODY>

7          <%

8          'O Primeiro passo é criar a conexão com o Banco de dados.

9          'Para isto crio um objeto do tipo Connection.

10        'Cria um Objeto do Tipo ADODB.Connection

11        Set conn=Server.CreateObject("ADODB.Connection")

12        'Agora abro uma conexão com o arquivo nwind.mdb

13        'utilizando OLE DB.

             

14        conn.ConnectionString = "PROVIDER=MICROSOFT.JET.OLEDB.4.0;

            DATA SOURCE=c:\meus documentos\nwind.mdb"

15        conn.Open

16        'Agora crio um objeto do tipo Command, o qual será,

17        'automaticamente associado com a conexão conn.

 

18        inst_sql="Select ShipCountry, Sum(Freight) As SomFrei from Orders

            Group By        ShipCountry Order By Sum(Freight) Desc"

           

19        Set Ped= Server.CreateObject("ADODB.RecordSet")

20        Ped.Open inst_sql,conn,3,3

                       

21        %>

22        <P>

23        <FONT color=navy size=4><B>

24        Soma do frete por país de destino.

25        </B></FONT>       

26        </P>

           

           

27        <HR>

28        <TABLE border=1>

29        <TR>

30           <TD><B>País</B></TD>

31           <TD><B>Soma do Frete </B></TD>

32        </TR>  

           

33        <%

34        Do Until Ped.EOF

35        %>

36        <TR>

37           <TD>   <%=Ped.Fields("ShipCountry")  %>     </TD>

38           <TD align=Right><B><%=FormatNumber(Ped.Fields("SomFrei"),2)       %> </B></TD>

39        </TR>  

              

40        <%

41        Ped.MoveNext

42        Loop

43        %>

           

44        </TABLE>

45        <HR>

46        </BODY>

47        </HTML>

Na Figura 7.23, temos o resultado da página exsum.asp, quando a mesma é carregada no Internet Explorer.

Curso Completo de ASP 3.0 - Júlio Battisti
Figura 7.23 Resultados obtidos com a utilização da função Sum( ).

Apenas um pequeno comentário sobre a utilização da função FormatNumber. Esta função foi utilizada para delimitar o resultado da soma em duas casas decimais.

Exemplo 3: Ao invés da função Sum,  vamos utilizar a função Avg,  para retornar a média aritmética do valor do Frete (Freight) para cada país. Para obter este resultado, podemos utilizar o comando SQL a seguir:

inst_sql="Select ShipCountry, Avg(Freight) As AvgFrei from Orders Group By ShipCountry Order By Avg(Freight) Desc"

O resultado obtido com esta instrução é mostrado na Figura 7.24.

Curso Completo de ASP 3.0 - Júlio Battisti
Figura 7.24 Resultados obtidos com a utilização da função Avg( ).

Exemplo 4: Vamos construir um exemplo um pouco mais sofisticados. Vamos pedir para que sejam listados todos os pedidos, cujo valor do frete seja maior do que o valor médio do frete. A listagem será classificada em ordem decrescente do valor do frete. Podemos utilizar a seguinte instrução SQL:

Select ShipCountry, OrderID, OrderDate, Avg(Freight) As AvgFrei from Orders

Group By ShipCountry, OrderID, OrderDate

Having Avg(Freight)>Davg('Freight','Orders') Order By Avg(Freight) Desc

Observe que nesta instrução utilizamos algumas elementos novos, como por exemplo:

  • A cláusula Having. Quando utilizamos a cláusula Group By, devemos utilizar a cláusula Having ao invés da cláusula Where.
  • Utilizamos a função Davg, a qual é uma função chamada de domínio. A função Davg foi utilizada para calcular a média geral do frete na tabela Orders. Utilizamos a seguinte sintaxe:

Davg(‘Nome_campo’,’Nome_da_tabela’)

Ao executarmos esta instrução SQL, obteremos os resultados indicados na Figura 7.25.

Curso Completo de ASP 3.0 - Júlio Battisti
Figura 7.25 Resultados obtidos com a utilização da função de domínio Davg( ).

Exemplo 5: Agora vamos utilizar as funções Max e Min, para retornar o pedido com o menor valor de frete e o pedido com o maior valor de frete.

Na Listagem 7.7, temos um exemplo de uma página ASP – exmaxmin.asp, a qual faz uso das funções Max e Min

Listagem 7.7 - Utilizando as funções de agregação Max ( ) e Min( )– exmaxmin.asp.

1          <%@ Language=VBScript %>

2          <HTML>

3          <HEAD>

4          </HEAD>

5          <TITLE>Utilizando as funções Max e Min.</TITLE>

6          <BODY>

7          <%

8          'O Primeiro passo é criar a conexão com o Banco de dados.

9          'Para isto crio um objeto do tipo Connection.

10        'Cria um Objeto do Tipo ADODB.Connection

11        Set conn=Server.CreateObject("ADODB.Connection")

12        'Agora abro uma conexão com o arquivo nwind.mdb

13        'utilizando OLE DB.

             

14        conn.ConnectionString = "PROVIDER=MICROSOFT.JET.OLEDB.4.0;

            DATA SOURCE=c:\meus documentos\nwind.mdb"

15        conn.Open

16        'Agora crio um objeto do tipo Command, o qual será,

17        'automaticamente associado com a conexão conn.

 

18        inst_sql="Select Max(Freight) As MaiorFrete, Min(Freight) As MenorFrete From Orders"

           

19        Set Ped= Server.CreateObject("ADODB.RecordSet")

20        Ped.Open inst_sql,conn,3,3

                                              

21        %>

22        <P>

23        <FONT color=navy size=4><B>

24        Valores Máximos e Mínimos de Frete.

25        </B></FONT>       

26        </P>

           

27        <HR>

28        <TABLE border=1>

29        <TR>

30           <TD><B>Máximo</B></TD>

31           <TD><B>Mínimo</B></TD>

32        </TR>  

33        <TR>

34           <TD>   <%=Ped.Fields("MaiorFrete")  %>     </TD>          

35           <TD>   <%=Ped.Fields("MenorFrete")  %>     </TD>

36        </TR>  

              

37        </TABLE>

38        <HR>

39        </BODY>

40        </HTML>

A Figura 7.26 mostra o resultado da página exmaxmin.asp, ao ser carregada no Internet Explorer.

Curso Completo de ASP 3.0 - Júlio Battisti
Figura 7.26 Resultados obtidos com a utilização das funções Max( ) e Min( ).

Agora vamos ao nosso exemplo final, onde iremos construir um formulário de uso geral, onde o usuário poderá selecionar por qual campo e por qual critério deseja fazer a pesquisa.


Promoção: Livro Windows Server 2012 R2 e Active Directory - Curso Completo, 2100 Páginas. Tudo para você se tornar um administrador de redes altamente qualificado para o mercado de trabalho e levar a sua carreira para o próximo nível!

Promoção: Livro Windows Server 2012 R2 e Active Directory

Curso Completo, 2100 páginas.

Tudo para você se tornar um administrador de redes altamente qualificado para o mercado de trabalho e levar a sua carreira para o próximo nível!

MAIS DETALHES | COMPRAR ESTE LIVRO


« Lição anterior Δ Página principal ¤ Capítulos Próxima lição »
Quer receber novidades e e-books gratuitos?

Cursos Online

  • Banco de Dados
  • Carreira
  • Criação/Web
  • Excel/Projetos
  • Formação
  • + Todas as categorias
  • Contato: Telefone: (51) 3717-3796 | E-mail: webmaster@juliobattisti.com.br | Whatsapp: (51) 99627-3434

    Júlio Battisti Livros e Cursos Ltda | CNPJ: 08.916.484/0001-25 | Rua Vereador Ivo Cláudio Weigel, 537 - Universitário, Santa Cruz do Sul/RS, CEP: 96816-208

    Todos os direitos reservados, Júlio Battisti 2001-2019 ®

    [LIVRO]: MACROS E PROGRAMAÇÃO VBA NO EXCEL 2010 - PASSO-A-PASSO

    APRENDA COM JULIO BATTISTI - 1124 PÁGINAS: CLIQUE AQUI