NUNCA MAIS PASSE RAIVA POR NÃO CONSEGUIR RESOLVER UM PROBLEMA COM O EXCEL - GARANTIDO!

UNIVERSIDADE DO VBA - Domine o VBA no Excel Criando Sistemas Completos - Passo a Passo - CLIQUE AQUI

Você está em: PrincipalArtigosExcel Básico › Capítulo 02 : 16
Quer receber novidades e e-books gratuitos?
« Anterior Δ Página principal ¤ Capítulos Próximo »
CURSO-APOSTILA - APRENDA EXCEL BÁSICO EM 120 LIÇÕES - CURSO COMPLETO - GRATUITO ONLINE
Autor: Júlio Battisti


Lição 036 - Módulo 02 - Funções SE "Aninhadas"
Objetivo: Nesta lição aprenderemos a utilizar funções "SE ANINHADAS", isto é, uma função SE dentro da outra. Também utilizaremos a função E(). 

Funções "SE Aninhadas ": 

Na Lição 11 deste módulo vimos um exemplo de utilização da função SE(): 

=SE(B5>=650;B5*15%;B5*10%) 

Neste exemplo estamos testando o valor da célula B5. Se este valor for maior ou igual a 650, aplicamos um percentual de 15%, caso contrário aplicamos um percentual de 10%. 

Porém nem todas as situações são assim, tão simples. Neste exemplo temos apenas um teste: B5>=650 . Existem situações mais complexas, onde precisamos efetuar uma série de testes. Um exemplo típico seria o cálculo do imposto de renda, o qual é baseado em uma série de faixas. 

Para entendermos como funciona a utilização de funções "SE Aninhadas", vamos a um exemplo prático. Considere a planilha indicada na figura a seguir: 

Excel Básico em 120 Lições - Júlio Battisti

O valor do desconto, para o plano de saúde, será baseado na faixa salarial, conforme descrito na tabela a seguir: 

Faixa salarial 

Valor do desconto em R$ 

< 500,00 

50 

>=500 E <=1000 

75 

>1000 

100 

Vejam que nesta situação não temos apenas um teste. Temos que testar três possibilidades: Salário menor do que 500 (<500) , salário entre 500 e 1000 (>=500 E <=1000) e salário maior do que mil (>1000) . Na verdade precisamos fazer apenas dois testes. Testamos se é menor do que 500, depois se está entre 500 e 1000. Se nenhum dos dois testes for verdadeiro, significa que o salário é maior do que 1000 e não precisamos fazer o terceiro teste. Esta é uma regra geral: " O número de testes é igual ao número de faixas menos um, ou seja: três faixas = dois testes ". No nosso caso temos três faixas, com isso teremos apenas dois testes. 

Outro detalhe importante a ser observado é quando temos que testar uma faixa, como por exemplo: >=500 E <=1000 . Nessas situações temos que utilizar a função E em conjunto com funções SE Aninhadas. Parece complicado ?? Veremos, no exemplo, que é mais simples do que parece. Então chega de conversa e vamos a resolução do nosso exemplo.  

Apresentarei a fórmula passo a passo e no final a fórmula completa. 

Na Célula C4 digite a seguinte parte da fórmula: 

=SE(B4<500;50 

Nesta primeira parte da fórmula estamos testando se o salário (B4) é menor do que 500. Se for, retornamos um desconto de 50. Aqui está o segredo das funções "SE Aninhadas". Observe que o próximo passo é testarmos a segunda faixa de valores (>=500 e <=1000). Para fazer este teste, abrimos uma outra função SE, dentro da função SE que abrimos no início da fórmula. Observe: Uma função SE dentro da outra . Além disso, para testar uma faixa vamos utilizar uma função E, dentro da segunda função SE. Vamos à continuação da nossa fórmula para entendermos melhor esses conceitos. Inserindo o segundo teste a nossa função ficaria assim: 

=SE(B4<500;50; SE( E(B4>=500;B4<=1000) ;75 

Observe que logo após a segunda função SE, abrimos um parênteses. Depois utilizamos a função E() . Dentro da função E() , passamos dois parâmetros, que são justamente os testes para a faixa de valores. Após o 1000 fechamos o parênteses da função E() . Observe que não fechamos o parênteses da função SE() . Este é um detalhe importante. Todos os parênteses das funções SE() , serão fechados no final da fórmula . Por exemplo, se usarmos três funções SE() , no final teremos que fechar três parênteses. Se você fechar o parênteses da função SE(), no meio da fórmula, serão obtidos resultados incorretos. Após fechar o parênteses da função E, colocamos o valor que deve ser retornado caso o salário esteja na faixa entre 500 e 1000, no nosso exemplo 75 . 

Cuidado: Um dos erros mais comuns é não colocar o endereço da célula na hora de fazer os testes. Por exemplo, a fórmula a seguir está incorreta: =SE(<500;50;SE(E(>=500;<=1000);75 . Neste caso colocamos apenas os operadores de comparação (>, <, etc). Mas quem deve ser comparado, ou seja, precisamos informar o endereço da célula onde está o valor a ser comparado. 

Agora vamos finalizar a nossa fórmula. Como temos três faixas somente precisamos fazer dois testes, conforme descrito anteriormente. Como já fizemos dois testes, basta informar qual o valor deve ser retornado caso os dois primeiros testes falhem, ou seja, qual o valor a ser retornado caso o salário seja maior do que 1000. Também precisamos fechar os parênteses para as funções SE() . No nosso exemplo temos duas funçõesSE() , portanto temos que fechar dois parênteses, no final da fórmula. Nossa fórmula completa ficará assim: 

= SE ( B4<500;50; SE ( E(B4>=500;B4<=1000) ;75 ; 100 ) ) 

Estenda esta fórmula para as demais células, até a linha 15. 

Nota: Para maiores informações sobre como estender uma fórmula para uma faixa de células consulta: Módulo 1 - Lição 15 - Copiando fórmulas para uma faixa de células . 

Feito isso você deve obter os resultados indicados na figura a seguir: 

Excel Básico em 120 Lições - Júlio Battisti

Nas próximas lições apresentaremos novos exemplos de utilização de funções "SE Aninhadas". 


Curso de Informática - Curso Técnico Profissionalizante Completo em Informática - Windows 10 - Word - Excel - Access- PowerPoint - Photoshop - Redes - Lógica de Programação - Delphi - VB.NET

CURSO PROFISSIONALIZANTE DE INFORMÁTICA

Curso Técnico Profissionalizante Completo em Informática - Windows 10 - Word - Excel - Access- PowerPoint - Photoshop - Redes - Lógica de Programação - Delphi - VB.NET

São 68 Cursos - 3440 Vídeo Aulas - 396:07 horas

68 Certificados de Conclusão e Acesso Vitalício

Domine Todos os Recursos de Informática Exigidos pelo Mercado de Trabalho, Através de Exemplos Práticos, Completos e Úteis, Detalhadamente Explicados - Passo a Passo

Para Todos os Detalhes, Acesse:

 

Curso de Informática - Curso Técnico Profissionalizante Completo em Informática - Windows 10 - Word - Excel - Access- PowerPoint - Photoshop - Redes - Lógica de Programação - Delphi - VB.NET

 

Curso de Informática - Curso Técnico Profissionalizante Completo em Informática - Windows 10 - Word - Excel - Access- PowerPoint - Photoshop - Redes - Lógica de Programação - Delphi - VB.NET

https://juliobattisti.com.br/informatica-curso-completo-1v.asp

« Anterior Δ Página principal ¤ Capítulos Próximo »

VOCÊ CONHECE A UNIVERSIDADE DO EXCEL?

UNIVERSIDADE PRÁTICA DO EXCEL - Domine o Excel, do Básico até a Criação de Planilhas Profissionais com Excel e VBA!

Aplica-se ao Excel 2019, 2016, 2013 e 2010!

22 Cursos - 925 Vídeo-Aulas - 120:42 horas - Só R$ 97,00

Para Todos os Detalhes, Acesse:

Curso Completo de Excel - Curso Online com Certificado - 925 Video Aulas - 22 Cursos - 120:42 horas


Curso Completo de Excel - Curso Online com Certificado - 925 Video Aulas - 22 Cursos - 120:42 horas

https://juliobattisti.com.br/excel-curso-completo.asp


Quer receber novidades e e-books gratuitos?

 
 

Contato: Telefone: (51) 3717-3796 | E-mail: webmaster@juliobattisti.com.br | Whatsapp: (51) 99627-3434

Júlio Battisti Livros e Cursos Ltda | CNPJ: 08.916.484/0001-25 | Rua Vereador Ivo Cláudio Weigel, 537 - Universitário, Santa Cruz do Sul/RS, CEP: 96816-208

Todos os direitos reservados, Júlio Battisti 2001-2024 ®

LIVRO: MACROS E PROGRAMAÇÃO VBA NO EXCEL 2016 - CURSO COMPLETO E PRÁTICO

DOMINE A PROGRAMAÇÃO VBA NO EXCEL - 878 PÁGINAS - CLIQUE AQUI