NUNCA MAIS PASSE RAIVA POR NÃO CONSEGUIR RESOLVER UM PROBLEMA COM O EXCEL - GARANTIDO!

UNIVERSIDADE DO VBA - Domine o VBA no Excel Criando Sistemas Completos - Passo a Passo - CLIQUE AQUI

Você está em: PrincipalArtigosLinux : Linuxbasico002
Quer receber novidades e e-books gratuitos?

Linux Básico – Parte II

 

4 – Comandos Básicos

 

4.1 - Conectando e se desconectando do sistema

 

Como ainda não criamos nenhum usuário, você deve logar como root, mas conforme já mencionado anteriormente utilize dessa prática só quando necessário.

 

A. Pressione <CTRL><ALT><DEL>

B. Digite seu Login

C. Digite sua Senha (não usar seu login, deve ser alfanumérica)

 

Caso você cometa algum erro ao digitar o login ou a senha, basta dar <CTRL><U> para limpar o campo

 

D. Após você efetuar o login corretamente aparecerá o prompt do sistema:

    • # - Superusuário

E. Para se desconectar

 

# exit

 

4.2 - Criando um usuário

 

Vamos criar seu login para evitarmos de usar a conta root. Primeiro vamos criar o login e depois alterar a senha.

  • Criando o login

 [root@localhost root]#  useradd curso          

 

Observe o prompt indicando que você está logado como root. Ao digitar o comando o nome curso  pode  ser substituido por qualquer outro que você queira.

  • Criando a senha

[root@localhost root]#  passwd curso

 

Aparecerá uma mensagem na tela como essa:

 

Changing password for user curso

New password:

 

A. Digite a nova senha e tecle <ENTER>

 

Retype new password:          

 

B. Digite novamente a senha  e tecle <ENTER>

  

C. Digite logout.

 

[root@localhost root]# logout

 

4.3 - Re-inicializando o sistema

  • Desligando a máquina

A. Digite o comando abaixo

 

[root@localhost root]# shutdown – h 0

 

A opção h significa “halt” (parada), e o último parâmetro diz quanto tempo levará para a execução do comando e conseqüentemente o desligamento da máquina.

  • Reboot

A. Digite o comando abaixo

 

[root@localhost root]# reboot

 

Com esse comando a máquina será re-inicializada e não desligada.

 

4.4 - Mostrando data e hora

 

Para mostrar a data e a hora corrente usamos o comando date.

 

A. Se logue como usuário curso

 

B. Digite :

 

 [curso@localhost curso]$  date

 

Observe a mudança no prompt para $, indicando que agora quem está logado é um usuário.

 

4.5 - Comandos de diretório

 

Para limpar a tela usamos o comando clear.

 

A. Digite :

 

[curso@localhost curso]$  clear

 

4.6 - Comandos de diretório

  • Mostrando o diretório corrente

A. Digite:

 

[curso@localhost curso]$  pwd

 

Observe que a resposta a esse comando será /home/curso. Quando um usuário efetua o acesso, o sistema o leva para o seu diretório home.

  • Criando um diretório

Vamos criar um diretório chamado exercicio1

 

A. Digite:

 

[curso@localhost curso]$  mkdir exercicio1

  • Mudando de diretório

Vamos mudar para o diretório que acabamos de criar

 

A. Digite:

 

 [curso@localhost curso]$  cd exercicio1

 

Se você agora digitar pwd, verá o seguinte na tela: /home/curso/exercicio1. Nós estamos dentro de exercicio1.

 

Vamos agora mudar para o diretório curso

 

B. Digite:

 

 [curso@localhost curso]$  cd ..

 

Os dois pontos em seguida ao comando cd indica que estamos saindo do diretório corrente para um diretório um nível acima, logo estamos indo para o diretório curso.

Em uma árvore de diretórios muito grande, o comando acima não é muito apropriado se quisermos ir para os primeiros níveis da estrutura. Para isso existe uma forma mais rápida que veremos em seguida.

 

Vamos agora mudar para o diretório raiz.

 

C. Digite:

 

[curso@localhost curso]$  cd /

 

Se quisermos ir direto para um diretório em qualquer lugar do diretório raiz basta digitar o comando acima seguido do nome do diretório. Por exemplo se queremos ir para o subdiretório bin que está dentro de usr, bastaria digitar cd /usr/bin.

 

4.7 - Listando conteúdo de um diretório

 

Para listar o conteúdo de um diretório podemos usar dois comandos, o comando ls e o comando dir. Aqui estaremos ilustrando o uso do comando ls.

  • Forma Simples

A. Digite :

 

[curso@localhost /]$   ls

 

 

Os arquivos são simplesmente listados em colunas sem maiores informações a respeito deles. Observe que os diretórios tem cor diferente para facilitar a visualização.

O comando ls tem muitas opções. Para ver as opções do comando ls, digite ls --help

  • Forma detalhada

A. Digite:

 

 [curso@localhost /]$  ls –l   

 

 

Com essa opção os arquivos são listados em linhas com informações de tamanho, das permissões, do proprietário e data e hora.

  • Listando arquivos ocultos

A. Digite:

 

[curso@localhost /]$  ls –a

 

 

Essa opção tem a mesma resposta que o comando ls, porém com a inclusão dos arquivos ocultos na listagem. Os arquivos ocultos começam com ponto.

  • Combinando opções

As opções podem ser combinadas para produzir uma determinada resposta. Veja o que acontece quando combinamos as opções a e l do comando ls

 

A. Digite:

 

[curso@localhost /]$  ls –al

 

 

Agora a resposta é uma combinação das duas opções.

  • Usando metacaracteres

Podemos usar metacaracteres para listar arquivos e diretórios que começem com uma determinada letra por exemplo. O metacaracter mais utilizado é o (*)

 

A. Vá para o diretório /usr/bin

 

[curso@localhost /]$ cd /usr/bin 

 

B. Liste arquivos e diretórios que comecem com a letra m.

 

[curso@localhost bin]$ ls –l m*  

  • Listando o conteúdo de um diretório sem ser o corrente

Podemos listar o conteúdo sem estar no diretório corrente. Vamos listar o conteúdo do diretório /usr/bin de forma detalhada.

 

A. Digite :

 

[curso@localhost /]$  ls –l /usr/bin | more

 

 

O pipe no comando acima representado pelo simbolo “|”, juntamente com a palavra more, faz com que a listagem seja paginada. Para ver as páginas restantes da listagem basta teclar a barra de espaço e caso queria interromper a listagem, digite q.

 

4.8 - Listando o conteúdo de arquivos

 

Podemos listar o conteúdo de arquivos de duas formas, usando o comando cat e o comando more. A única diferença entre eles é o comando more permite a paginação do conteúdo se ele for muito extenso.

  • Usando cat

Vamos listar o conteúdo do arquivo passwd.

 

A. Vá para o diretório /etc

 

B. Digite:

 

 [curso@localhost /etc]$   cat  passwd

 

 

Observe que o comando apenas lista o conteúdo do arquivo e volta ao prompt.

  • Usando more

A. Digite:

 

[curso@localhost /etc]$  more passwd

 

 

— Veja a diferença, com more aparece uma indicação na parte inferior esquerda da tela indicando o percentual do conteúdo que está sendo mostrado. Tecla a barra de espaço para continuar a paginação e a pressione “q” para interrompê-la.

Linux para Usuários - Básico
Instalando o Red Hat Linux
Introdução ao Linux
Comandos Básicos - Parte 1
Comandos Básicos - Parte 2
Comandos Básicos - Parte 3
Comandos Básicos - Parte 4
Edição de Texto - Parte 1
Edição de Texto - Parte 2
Edição de Texto com o vi - Parte 1
Edição de Texto com o vi - Parte 2
Sistema de Arquivos
Usando a forma literal
Processos - Parte 1
Processos - Parte 2 - Comandos
Processos - Parte 3 - Mais Comandos
Redirecionamento e Operadores
O Comando Grep
Configurações do Ambiente
Arquivos do Setup do Shell e o "/etc/profile"
Configurações de Rede
Comandos de Rede
Comandos de ftp e Instalação do lynx
Utilização e Configurações do Lynx
Instalação e Utilização do Browser Elinks
Parte 1 - A história do Linux
Parte 2 - As Distribuições Linux
Ubuntu Linux - Parte 2 - Conhecendo e Instalando o Ubuntu Linux - Parte 1
Ubuntu Linux - Parte 3 - Conhecendo e Instalando o Ubuntu Linux - Parte 2
Faça a sua declaração de imposto de renda com Linux
Linux para Administradores - Básico
Novidades sobre o Mandriva 2006
Configurando o Ambiente Gráfico no Linux
Instalando o Mandriva – Parte 1
Instalando o Mandriva – Parte 2
Instalando o Mandriva – Parte 3
Instalando o Mandriva – Parte 4
Ubuntu Linux - Parte 1 - Obtendo os CDs do Ubuntu gratuitamente
Mandriva Linux – Repositório com URPMI
Aprenda NFS e instale o Linux via Rede
Configurando um servidor de horas no Linux e Windows
Configure o Raid no Linux – Prático
Configurando o Red Hat Para ser Acessado Remotamente em Modo Gráfico
Instalando e configurando o Tomcat no Linux com Java - Prático
Mandriva Linux – Gerenciador de Pacotes - Usando o URPMI - Parte 1
Mandriva Linux – Gerenciador de Pacotes - Usando o URPMI - Parte 2
Gerenciando o Windows a partir do Linux
Gerenciando o Linux a partir do Windows
Configurando aplicações JSP via browser com o Tomcat
CACIC
CACIC - O que é o CACIC?
CACIC - Fazendo o download do CACIC
CACIC - Descompactando os arquivos do CACIC e Configurando o MySQL
CACIC - Configurando o php e ftp no Linux
CACIC - Configurando o Gerente do CACIC

 

Quer receber novidades e e-books gratuitos?

Contato: Telefone: (51) 3717-3796 | E-mail: webmaster@juliobattisti.com.br | Whatsapp: (51) 99627-3434

Júlio Battisti Livros e Cursos Ltda | CNPJ: 08.916.484/0001-25 | Rua Vereador Ivo Cláudio Weigel, 537 - Universitário, Santa Cruz do Sul/RS, CEP: 96816-208

Todos os direitos reservados, Júlio Battisti 2001-2021 ®

[LIVRO]: MACROS E PROGRAMAÇÃO VBA NO EXCEL 2010 - PASSO-A-PASSO

APRENDA COM JULIO BATTISTI - 1124 PÁGINAS: CLIQUE AQUI