NUNCA MAIS PASSE RAIVA POR NÃO CONSEGUIR RESOLVER UM PROBLEMA COM O EXCEL - GARANTIDO!

UNIVERSIDADE DO VBA - Domine o VBA no Excel Criando Sistemas Completos - Passo a Passo - CLIQUE AQUI

Você está em: PrincipalArtigosLinux : Linuxbasico019
Quer receber novidades e e-books gratuitos?

Linux Básico – Parte XIX

 

10 – Gerenciando Pacotes com RPM

 

O linux já vem com uma série de aplicativos para as mais variadas tarefas, mas em certas ocasiões torna-se necessário instalar uma nova versão de determinado aplicativo ou mesmo instalar pacotes extras que estão nos cds de instalação e que não foram instalados previamente.

 

O RPM (RedHat Packet Manager) é um poderoso gerenciador de pacotes que está presente em muitas distribuições e que nos permite além de outras coisas, instalar, procurar e remover pacotes do sistema. Além disso podemos usar o rpm para construir pacotes, mas esta funcionalidade está além do escopo deste tutorial.

 

Sintaxe: rpm [opções] [pacote RPM]

 

» Obs: Somente o root pode instalar e remover pacotes

 

10.1 – Instalando um pacote

 

Para instalarmos um pacote usamos a opção –i (install) não importando se o pacote já se encontra instalado ou não. Se quisermos atualizar um pacote usamos a opção –U(Upgrade) O uso típico do RPM é o seguinte:

 

Rpm –ivh [pacote.rpm]

 

Onde:

 

i » Instalar

v » Verbose Mode

h » Mostrar barra de progresso na tela

 

Vamos instalar o pacote kernel-doc-2.4.20-8.i386.rpm, que está no CD2 da distribuição RedHat 9.

 

A. Entre como root

B. Monte o CD

C. Vá para o diretório /mnt/cdrom/RedHat/RPMS

D. Digite:

 

 

Se tudo correr bem você deverá ver a tela da figura 91.

 

Figura 91 – Instalação de um pacote RPM

 

Alguns pacotes são dependentes de outros e para instalá-los temos que instalar primeiro os outros pacotes das quais ele depende. Tente instalar o pacote lynx-2.8.5-11.i386.rpm e veja o que acontece. O Lynx é um navegador em modo texto.

 

10.2 – Listando pacotes instalados

 

Para listar todos os pacotes instalados fazemos:

 

A. Digite:

 

 

Para verificar se um determinado pacote está instalado ou não, usamos o grep para filtrar nossa busca:

 

B. Digite:

 

 

Figura 92 – Mostrando pacotes instalados

 

Podemos inclusive procurar por um pacote que contenha um determinado arquivo ou executável.

 

C. Digite:

 

 

Figura 93 – Mostrando pacote que contém arquivo procurado

 

10.3 – Removendo pacotes

 

Vamos agora remover um pacote chamado quota-3.06–9.

 

A. Entre como root

B. Digite:

 

 

10.4 – Outras utilidades

 

O rpm pode ser muito útill também para determinadas situações.

 

» Vamos supor que deletamos alguns arquivos por acidente, mas não temos certeza do que foi deletado.

 

A. Digite:

 

 

» Se quisermos saber detalhes sobre um determinado pacote:

 

B. Digite:

 

 

» Se quisermos saber quais arquivos pacote.rpm irá instalar:

 

C. Digite:

 

 

11 – Rede

 

Conforme mencionamos na parte I deste tutorial, o linux é um sistema operacional de rede. Possui uma grande variedade de ferramentas e aplicações voltadas a esse propósito.

 

11.1 – Protocolos de Rede

 

Um protocolo nada mais é que uma série de regras que regulam a comunicação entre um programa cliente e um programa servidor. O linux suporta uma série deles, mas abordaremos apenas os mais importantes.

 

11.1.1 – TCP/IP

 

O protocolo TCP/IP que na verdade são dois, o TCP e o IP, é a maneira como a comunicação ocorre na internet. Uma série de aplicações tais como e-mail e browser usam estes protocolos.

 

O IP tem como função enviar os pacotes de uma máquina para outra enquanto que o TCP garante que estes pacotes chegarão ao destino e de forma ordenada.

 

11.1.2 – PPP e PPOE

 

O protocolo PPP é o modo pelo qual um computador acessa seu provedor ISP por linha discada. Já o PPOE é uma melhoria do PPP e é usado em banda larga com cable modems. O kernel do linux tem suporte nativo ao PPP.

 

11.1.3 – SMB/NMB

 

Para compatibilidade com ambientes windows, o linux oferece suporte a esses protocolos através do pacote samba. O SMB é usado no 95/98, NT, Windows 2000 e XP para compartilhar discos e impressoras.

 

O pacote samba tem como funções básicas:

 

» Compartilhar drives linux com máquinas windows e vice-versa.

» Compartilhar impressoras linux com máquinas windows e vice-versa.

 

11.2 – Configurando a Rede

 

Muitas distribuições linux vem com ferramentas amigáveis orientadas a menu para ajudar na tarefa de configurar o computador para fazer de uma rede ou acessar um ISP. No caso do RedHat usamos o redhat-config-network.

 

11.2.1- Configuração da interface de rede

 

A. Entre como root

B. Digite:

 

 

Figura 94 – Tela de configuração da rede

 

C. Escolha a opção Ethernet e clique em Configure

D. Marque a opção Use DHCP e clique em OK.

 

Fazendo isso, você está apto para acessar a internet via banda larga com cable modem.

 

11.2.2- Arquivos de configuração da rede

 

A ferramenta acima apenas edita alguns arquivos de configuração usando alguns comandos básicos.

 

Os nomes exatos desses arquivos e suas localizações dependem do sistema UNIX utilizado, porém alguns arquivos estão presentes em todos os sistemas.

 

» /etc/hosts – Sempre contém o endereço IP da máquina local (127.0.0.1), para comunicação entre processos. Pode conter também endereços de outros hosts que se comunicam com a máquina em questão. Este arquivo é usado para resolver nomes de hosts, serve para associar um nome ao IP dos hosts, resolvendo assim o problema de termos que decorar o IP de cada máquina.

 

» /etc/resolv.conf – Configura acesso a um DNS. Esse arquivo contém o nome do domínio e do servidor DNS. Um DNS tem a mesma finalidade do arquivo hosts, porém diferentemente do arquivo hosts, o DNS é dinâmico e é o método de resolução de nomes usado na internet. É graças a ele que usamos nomes amigáveis para acessar um site (www.microsoft.com) ao invés do endereço IP

do mesmo.

 

Linux para Usuários - Básico
Instalando o Red Hat Linux
Introdução ao Linux
Comandos Básicos - Parte 1
Comandos Básicos - Parte 2
Comandos Básicos - Parte 3
Comandos Básicos - Parte 4
Edição de Texto - Parte 1
Edição de Texto - Parte 2
Edição de Texto com o vi - Parte 1
Edição de Texto com o vi - Parte 2
Sistema de Arquivos
Usando a forma literal
Processos - Parte 1
Processos - Parte 2 - Comandos
Processos - Parte 3 - Mais Comandos
Redirecionamento e Operadores
O Comando Grep
Configurações do Ambiente
Arquivos do Setup do Shell e o "/etc/profile"
Configurações de Rede
Comandos de Rede
Comandos de ftp e Instalação do lynx
Utilização e Configurações do Lynx
Instalação e Utilização do Browser Elinks
Parte 1 - A história do Linux
Parte 2 - As Distribuições Linux
Ubuntu Linux - Parte 2 - Conhecendo e Instalando o Ubuntu Linux - Parte 1
Ubuntu Linux - Parte 3 - Conhecendo e Instalando o Ubuntu Linux - Parte 2
Faça a sua declaração de imposto de renda com Linux
Linux para Administradores - Básico
Novidades sobre o Mandriva 2006
Configurando o Ambiente Gráfico no Linux
Instalando o Mandriva – Parte 1
Instalando o Mandriva – Parte 2
Instalando o Mandriva – Parte 3
Instalando o Mandriva – Parte 4
Ubuntu Linux - Parte 1 - Obtendo os CDs do Ubuntu gratuitamente
Mandriva Linux – Repositório com URPMI
Aprenda NFS e instale o Linux via Rede
Configurando um servidor de horas no Linux e Windows
Configure o Raid no Linux – Prático
Configurando o Red Hat Para ser Acessado Remotamente em Modo Gráfico
Instalando e configurando o Tomcat no Linux com Java - Prático
Mandriva Linux – Gerenciador de Pacotes - Usando o URPMI - Parte 1
Mandriva Linux – Gerenciador de Pacotes - Usando o URPMI - Parte 2
Gerenciando o Windows a partir do Linux
Gerenciando o Linux a partir do Windows
Configurando aplicações JSP via browser com o Tomcat
CACIC
CACIC - O que é o CACIC?
CACIC - Fazendo o download do CACIC
CACIC - Descompactando os arquivos do CACIC e Configurando o MySQL
CACIC - Configurando o php e ftp no Linux
CACIC - Configurando o Gerente do CACIC

 

Quer receber novidades e e-books gratuitos?

Contato: Telefone: (51) 3717-3796 | E-mail: webmaster@juliobattisti.com.br | Whatsapp: (51) 99627-3434

Júlio Battisti Livros e Cursos Ltda | CNPJ: 08.916.484/0001-25 | Rua Vereador Ivo Cláudio Weigel, 537 - Universitário, Santa Cruz do Sul/RS, CEP: 96816-208

Todos os direitos reservados, Júlio Battisti 2001-2021 ®

[LIVRO]: MACROS E PROGRAMAÇÃO VBA NO EXCEL 2010 - PASSO-A-PASSO

APRENDA COM JULIO BATTISTI - 1124 PÁGINAS: CLIQUE AQUI