NUNCA MAIS PASSE RAIVA POR NÃO CONSEGUIR RESOLVER UM PROBLEMA COM O EXCEL - GARANTIDO!

UNIVERSIDADE DO VBA - Domine o VBA no Excel Criando Sistemas Completos - Passo a Passo - CLIQUE AQUI

Você está em: PrincipalArtigosServidores : Activedirectory002
Quer receber novidades e e-books gratuitos?

Componentes do Active Directory: Parte I

 

No tutorial anterior, vimos as diferenças dos ambientes com workgroup e os benefícios do Active Directory nas empresas. Agora veremos quais os objetos e componentes que fazem parte do AD.

 

Para podermos implantar ou gerenciar um ambiente como o Active Directory, é necessário sabermos quais os seus componentes e qual a função de cada um deles em nossa rede.

 

Conforme escrito anteriormente, os retornos sobre os investimentos de TI estão relacionados diretamente a implantação dos produtos. Qualquer que seja a implantação é necessária à análise e testes para logo após asua implantação. Lembre-se tempo é dinheiro e é justamente isso que o AD irá lhe proporcionar: economia.

 

Para facilitar o seu aprendizado, leve em consideração que o Active Directory é um banco de dados onde permite a inserção, alteração, exclusão, criação de regras como em qualquer outro banco de dados. Quando você cadastrar um objeto de forma equicada, essa informação poderá ser interpretada de n maneiras por outros administradores de redes.

 

Existem 2 tipos de topologias que devem ser configuradas sempre:

 

- Topologia Lógica: corresponde aos objetos existentes em todo Active Directory, organizando-os e definindo políticas específicas, delimitados de maneira lógica.

 

Para lembrar de maneira mais fácil, a console Active Directory Users and Computers gerencia esse estrutura.

 

 

- Topologia Física: representa a topologia de rede adotada pela empresa. Dessa maneira, o AD cria a topologia ideal para replicação dos dados de maneira eficiente. Outra função é prover o serviço de autenticação de maneira mais rápido, baseado na rede onde a estação está localizada, otimizando a banda. Para memorizar, as consoles o Active Directory Sites and Services e Active Directory Domains and Trusts são algumas das ferramentas para gerenciamento dessa topologia.

 

 

Vejamos agora os componentes da infraestrutura lógica e física que fazem parte do Active Directory:

 

- Floresta: é o conjunto de árvores na empresa, delimitando e empregando diretivas no ambiente em relação às versões dos controladores de domínio. Através das florestas podem ser efetuadas relações de confiança para compartilhamento de dados com outras empresas. A floresta delimita a segurança das informações contidas no AD, tornando o Schema único(veremos o que é isso). Através da funcionalidade da Floresta, estaremos determinando se o domínio suportará a renomeação dos domínios (recurso existente apenas com Windows Server 2003).

 

 

- Árvore: conjunto de domínios com contigüidade de nome, formando uma hierarquia;

 

 

- Domínio: é um conjunto de objetos que delimitam de maneira administrativa o acesso aos objetos, delegando gerenciamento e funções para uma localidade ou setor.

 

 

- Sites: representa a localidade ou região onde os recursos de rede estão localizados, facilitando o processo de logon dos usuários. Levando em consideração o exemplo abaixo, os usuários do site de São Paulo devem tentar validar seus usuários no site local, evitando o consumo de banda entre as localidades.

 

 

- Unidades Organizacionais: utilizado para organização física dos objetos. As OU´s podem ser utilizadas para separar objetos em comum para aplicação de diretivas de grupos (GPO´s).

 

 

- Domain Controller: servidor encarregado da autenticação dos usuários, replicação dos dados entre outros DC´s. Este servidor é responsável pela comunicação com outros domínios da empresa. Para haver um serviço de diretório, é necessário pelo menos um Domain Controller em sua rede.

 

 

- Servidores Membros: são todos os outros servidores que não são Domain Controller, ou seja, servidores de aplicações tais como: File and Print Sharing, SQL Server, Exchange Server, Isa Server, Metaframe, etc. A Microsoft recomenda que sempre que possível, sejam separados os servidores de aplicação dos servidores de autentição.

 

Com isso, o ambiente se tornará mais estável e fácil de administrá-lo.

 

 

- Contas de Computador: em ambientes workgroup ou ainda em ambientes NT, não existias a presença desses contas. O fato é que era extremamente simples a inclusão de novas estações de trabalho, causando assim uma desorganização generalizada. Podem existir contas de computadores que executem os seguintes sistemas operacionais: Windows NT, Windows 2000, Windows XP, Windows Server 2003 e posteriores (até o presente momento não existem informações de que essas contas venham a desaparecer). Você poderá separar as suas estações de trabalho levando em consideração a região, departamento, função, etc.

 

 

Quer receber novidades e e-books gratuitos?

Contato: Telefone: (51) 3717-3796 | E-mail: webmaster@juliobattisti.com.br | Whatsapp: (51) 99627-3434

Júlio Battisti Livros e Cursos Ltda | CNPJ: 08.916.484/0001-25 | Rua Vereador Ivo Cláudio Weigel, 537 - Universitário, Santa Cruz do Sul/RS, CEP: 96816-208

Todos os direitos reservados, Júlio Battisti 2001-2021 ®

[LIVRO]: MACROS E PROGRAMAÇÃO VBA NO EXCEL 2010 - PASSO-A-PASSO

APRENDA COM JULIO BATTISTI - 1124 PÁGINAS: CLIQUE AQUI