[MEU 50º LIVRO]: BANCOS DE DADOS E ACESS - CURSO COMPLETO - DO BÁSICO AO VBA - 1602 páginas

Páginas: 1602 | Autor: Júlio Battisti | 40% de Desconto e 70h de Vídeo Aulas de Bônus

Você está em: PrincipalArtigosSQL Server 2005 › Capítulo 07 : 06
Quer receber novidades e e-books gratuitos?
›››
« Lição anterior Curso Completo de SQL Server 2005 - Júlio Battisti Δ Página principal Curso Completo de SQL Server 2005 - Júlio Battisti ¤ Capítulos Curso Completo de SQL Server 2005 - Júlio Battisti Próxima lição »
SQL Server 2005 - CURSO COMPLETO
Autor: Júlio Battisti
Lição 116 - Capítulo 07 - Importando dados de outras fontes de dados

A seguir faremos um exemplo, onde importaremos dados de um Banco de Dados do Microsoft Access.

Exemplo prático: Neste exemplo vamos criar um novo Banco de Dados chamado ImportAccess, na instância SERVIDOR\SQL2005. Depois vamos importar algumas tabelas de um banco de dados do Access, para dentro deste Banco de Dados.

  • Procedimento 1 – Criar na instância SERVIDOR\SQL2005, um Banco de Dados chamado ImportAccess, com as seguintes características:
    • Nome no SQL Server: ImportAccess
    • Arquivo primário: C:\livrosql\ImportAccess\ImportAccess-prim.mdf, tamanho inicial de 10 MB, tamanho máximo de 50 MB e crescimento automático habilitado com incrementos de 1 MB.
    • Arquivo secundário: C:\livrosql\ImportAccess\ImportAccess-sec1.ndf, tamanho inicial de 15 MB, tamanho máximo de 50 MB e crescimento automático habilitado com incrementos de 10%.
    • Arquivo de log: C:\livrosql\ImportAccess\ImportAccess-log.ldf, tamanho inicial de 5 MB, tamanho máximo de 50 MB e com crescimento automático habilitado com incrementos de 1 MB.

Para criar o Banco de Dados ImportAccess, na instância SERVIDOR\SQL2005, siga os passos indicados a seguir:

1. Abra o SQL Server Management Studio.

2. Na janela Object Explorer, clique com o botão direito do mouse na Instância SERVIDOR\SQL2005 e, no menu de opções que é exibido, clique em New Query. Será aberta a janela para execução de comandos T-SQL, com a qual você já trabalhou diversas vezes neste livre.

Importante: Antes de executar os comandos indicados a seguir, a pasta C:\Livrosql\ImportAccess já deve ter sido criada, se não os comandos não serão executados e será gerada uma mensagem de erro. Verifique se a pasta C:\Livrosql\ImportAccess já existe. Caso esta pasta ainda não exista, crie a pasta, antes de executar os comandos indicados no próximo passo.

3. Digite e execute (Ctrl+E), o seguinte comando:

CREATE  DATABASE ImportAccess
                   ON
   
   — *************************
   — Definição do Arquivo Primário
   — *************************
   
   
                   (NAME= ‘ImportAccess-prim’,
                   FILENAME = ‘C:\livrosql\ImportAccess\ImportAccess-prim.mdf’,
                   SIZE= 10MB,
                   MAXSIZE= 50MB,
                   FILEGROWTH = 1MB),
   
   — ***************************
   — Definição do Arquivo Secundário
   — ***************************
   
                   (NAME= ‘ImportAccess-sec’,
                   FILENAME = ‘C:\livrosql\ImportAccess\ImportAccess-sec.ndf’,
                   SIZE= 15MB,
                   MAXSIZE= 50MB,
                   FILEGROWTH = 10%)
   
   — *************************
   — Definição do Arquivo de Log
   — *************************
   
                   LOG ON
                   (NAME= ‘ImportAccess-log’,
                   FILENAME = ‘C:\livrosql\ImportAccess\ImportAccess-log.ldf’,
                   SIZE= 5MB,
                   MAXSIZE= 50MB,
                   FILEGROWTH = 1MB)
   
   — ***************************************
   — Final do comando de criação do Banco de Dados
   — ***************************************

Ao executar este comando, se você não tiver cometido nenhum erro de digitação, o Banco de Dados ImportAccess terá sido criado e a seguinte mensagem será exibida no painel inferior do Query Analyzer:

Command(s) completed  successfully.

4. Feche a janela de execução de comandos e feche o SQL Server Management Studio.

  • Procedimento 2: Importar as tabelas do Banco de Dados C:\Meus Documentos\Northwind.mdb, no formato do Microsoft Access XP, para o Banco de Dados ImportAccess, recém criado na instância SERVIDOR\SQL2005 do SQL Server 2005. Você pode utilizar qualquer banco de dados do Access disponível no seu computador. Eu estou utilizando, por questões de facilidade, o banco de dados NorthWind.mdb, que é um banco de dados de exemplos, que é automaticamente instalado junto com o Microsoft Access.

Se você estiver utilizando outro nome para o Banco de Dados, para a instância do SQL ou para o arquivo teste.mdb, substitua estas opções pelas opções que você está utilizando, quando estes nomes aparecerem nos procedimentos práticos deste exercício.

Para importar as tabelas do Banco de Dados C:\Meus documentos\NorthWind.mdb, para o banco de dados ImportAccess, da instância SERVIDOR\SQL2005, siga os passos indicados a seguir:

1. Abra o SQL Server Management Studio.

2. Navegue até a opção Databases da instância SERVIDOR\SQL2005.

3. Dê um clique no sinal de mais ao lado da opção Databases, para exibir os bancos de dados disponíveis. O banco de dados ImportAccess já deve estar sendo exibido, conforme exemplificado na Figura 7.9. Se o banco de dados ainda não estiver sendo exibido, pressione a tecla F5 para atualizar a listagem.

Curso Completo de SQL Server 2005 - Júlio Battisti
Figura 7.9 O banco de dados ImportAccess, recém criado

4. Dê um clique no sinal de mais ao lado de ImportAccess e depois dê um clique no sinal de + ao lado da opção Tables. Observe que somente existem as chamadas tabelas do sistema – System Tables, aquelas criadas automaticamente pelo SQL Server 2005, quando da criação de um Banco de Dados. Conforme descrevemos anteriormente, as tabelas do sistema contêm informações sobre o próprio Banco de Dados. Vamos importar uma série de tabelas que estão em um arquivo do Microsoft Access. Na Figura 7.10 podemos ver as tabelas que serão importadas.

Curso Completo de SQL Server 2005 - Júlio Battisti
Figura 7.10 Tabelas do arquivo Northwind.mdb.

5. Dê um clique com o botão direito do mouse no Banco de Dados ImportAccess. Nas opções que surgem, clique no comando Tasks -> Import Data... Será aberto o “Data Transformation Services Import/Export Wizard”.

6. A primeira tela do assistente é apenas informativa. Dê um clique no botão Next, seguindo para a próxima etapa do assistente.

Na segunda etapa devemos selecionar qual o formato dos dados a serem importados. Por padrão vem selecionado, na lista Data Source, o drive para Microsoft OLE DB Provider for SQL Server. Mas existe a possibilidade de importar dados de várias outras fontes, como por exemplo:

  • Dbase III, IV e V.
  • Microsoft Access.
  • Microsoft Excel 3, 4, 5, 97 e 2000.
  • Paradox 3, 4 e 5.
  • Fox Pro.
  • Visual Fox Pro.
  • ORACLE.
  • Arquivos de texto.

7. Nesta lista Data source selecione a opção Microsoft Access, pois vamos importar dados de um arquivo .mdb, que é um Banco de Dados do Access. Observe que as demais opções desta etapa se modificam, para que você possa informar onde está o banco de dados do Access, a partir do qual serão importados os dados.

Quando escolhemos uma opção na lista Data Source, as demais opções desta etapa mudam para refletir os parâmetros que devem ser fornecidos para a fonte de dados escolhida. No caso de uma fonte do Microsoft Access, devemos definir a localização do arquivo e um nome de usuário e senha, caso o Banco de Dados esteja protegido.

8. No campo File Name, digite C:\Meus documentos\Northwind.mdb. Deixe os campos Username e Password em branco, pois este Banco de Dados não está protegido. Você também pode utilizar o botão Browse..., para navegar até a pasta onde está o Banco de Dados com as tabelas a serem importadas. Sua tela deve estar conforme indicado na Figura 7.11.

Curso Completo de SQL Server 2005 - Júlio Battisti
Figura 7.11 Definindo a origem dos dados.

A partir de um Banco de Dados do Microsoft Access, podemos importar somente tabelas e consultas (views). Os formulários, relatórios, macros e módulos não poderão ser importados. Isto acontece, porque estes objetos são objetos de aplicação, isto é, que constroem a interface com o usuário e dão suporte às funcionalidades da interface. Conforme já salientamos diversas vezes, o Microsoft SQL Server é um servidor de Banco de Dados, o qual disponibiliza os dados para aplicativos desenvolvidos com outras ferramentas, como o Visual Basic, Basic.NET, ASP, ASP.NET, C#, Delphi, etc.

9. Dê um clique no botão Next, para ir à próxima etapa do assistente.

10. Nesta etapa devemos definir para qual Banco de Dados, os dados serão importados. Como abrimos o assistente, clicando com o botão direito do mouse no Banco de Dados ImportAccess (da instância SERVIDOR\SQL2005) e selecionando o comando Tasks -> Import data..., o banco de dados ImportAccess e a instância SERVIDOR\SQL2005, já vêm selecionados, automaticamente. Aceite esta seleção, pois é justamente o que queremos: importar as tabelas do Banco de Dados Northwind.mdb do Access, para o Banco de Dados ImportAccess da instância SERVIDOR\SQL2005 do SQL Server 2005. Nesta tela, poderíamos definir um outro Banco de Dados como o destino, caso fosse necessário.

O mais interessante é que o Banco de Dados de destino não precisa, obrigatoriamente, ser um Banco de Dados do SQL Server 2005. Poderíamos, por exemplo, importar de um Banco de Dados do Microsoft Access, para um do Paradox ou do Dbase IV. Observe também que quando escolhemos uma opção na lista Destination, as demais opções desta etapa mudam para refletir os parâmetros que devem ser fornecidos para a fonte de destino dos dados. Nesta etapa você também define qual o tipo de autenticação que está sendo utilizado, pela instância onde está o banco de dados de destino.

Na lista Server podemos selecionar a instância do SQL Server, na qual está o Banco de Dados de destino.

11. Certifique-se que na lista Server esteja selecionada a opção SERVIDOR\SQL2005, e na lista Database esteja selecionada a opção ImportAccess, conforme indicado na Figura 7.12.

Curso Completo de SQL Server 2005 - Júlio Battisti
Figura 7.12 Definindo o banco de dados de destino.

12. Dê um clique no botão Next, para ir para a próxima etapa do assistente.

Nesta etapa, com base nos formatos de origem e destino selecionados, temos duas opções:

  • "Copy data from one or more tables or views": Esta opção exibirá, na próxima etapa, uma listagem das tabelas e consultas (views), do arquivo de origem (no nosso exemplo C:\Meus documentos\NorthWind.mdb). Salientando o que foi dito anteriormente, somente podemos importar tabelas e consultas, não é possível importar os demais objetos de um banco de dados do Access, tais como formulários, relatórios e páginas de dados.
  • "Use a query to specify the data to transfer": Esta opção exibirá, na próxima etapa, uma janela gráfica, na qual podemos construir uma instrução SQL que retorna dados de uma ou mais tabelas. A grade a ser exibida é praticamente igual a grade para criação de consultas no Access, onde você arrasta tabelas, campos e define critérios de filtragem.

13. Certifique-se de que a opção “Copy data from one or more tables or views” esteja selecionada.

14. Dê um clique no botão Next, para ir para a próxima etapa.

Nesta etapa, devemos selecionar as tabelas e consultas a serem importadas. No nosso exemplo selecionaremos apenas as tabelas. Observe que para distinguir entre as tabelas e consultas, podemos observar o ícone no lado esquerdo do nome de cada objeto. Para tabelas o ícone é de uma pequena tabela, já para consultas o ícone é a figura de um pequeno quadrado com setas para fora, sobrepondo a figura de uma pequena tabela. Ao selecionar uma tabela ou consulta, você pode clicar no botão Preview, que será exibida uma listagem dos dados do objeto selecionado.

15. Certifique-se de que todas as tabelas estejam selecionadas, conforme indicado na Figura 7.13.

Curso Completo de SQL Server 2005 - Júlio Battisti
Figura 7.13 Selecionando todas as tabelas do Banco de Dados de origem – NorthWind.mdb.

16. Dê um clique no botão Next, para ir para a próxima etapa do assistente.

Nesta etapa, temos as seguintes opções:

  • Run Immediately: Esta opção faz com que a importação seja executada imediatamente após finalizarmos o assistente.
  • Schedule DTS package for later execution: Esta opção permite que agendemos a importação para acontecer em intervalos programados, através da criação de um Job. Observe que esta opção pode ser marcada em conjunto com as demais opções. Por exemplo, podemos executar a importação imediatamente (Run Immediately) e também agendar a importação para ocorrer em períodos determinados. Se selecionarmos esta opção, podemos utilizar o botão (...) para alterar o agendamento. Se o agendamento não for alterado, ele será programado para execução diária à meia-noite (00:00:00 h).

Também podemos salvar as definições de importação, selecionando a opção Save DTS Package. Temos dois formatos possíveis para salvar as configurações do pacote DTS: SQL Server storage e DTSX File storage.

17. Certifique-se de que apenas a opção Run Immediately esteja selecionada, e dê um clique no botão Next, para seguir para a próxima etapa do assistente.

Você estará na tela final do assistente, onde é apresentado um resumo das opções selecionadas durante as etapas anteriores do assistente. Caso você queira alterar alguma opção é só utilizar o botão Back.

18. Para encerrar o assistente e fazer a importação, dê um clique no botão Finish.

O SQL Server 2005 exibe uma janela com o progresso da importação, conforme mostra a Figura 7.14.

Curso Completo de SQL Server 2005 - Júlio Battisti
Figura 7.14 A importação em andamento.

19. Ao final do processo de importação, você estará de volta à janela de progresso indicada na Figura 7.14. Dê um clique o botão Close para fechá-la.

20. Você estará de volta ao SQL Server Management Studio. Dê um clique no sinal de mais ao lado do Banco de Dados ImportAccess para exibir as opções deste banco de dados.

21. Dê um clique no sinal de + ao lado da opção Tables, para exibir uma listagem das tabelas do Banco de Dados ImportAccess. Observe, na Figura 7.14, as sete tabelas que foram importadas do Banco de Dados Northwind.mdb. Se as tabelas não estiverem sendo exibidas, clique na opção Tables, para selecioná-la e pressione a tecla F5, para atualizar a listagem de tabelas, do banco de dados ImportAccess.

Curso Completo de SQL Server 2005 - Júlio Battisti
Figura 7.15 Tabelas importadas do Banco de Dados NorthWind.mdb.

22. Feche o SQL Server Management Studio.

« Lição anterior Curso Completo de SQL Server 2005 - Júlio Battisti Δ Página principal Curso Completo de SQL Server 2005 - Júlio Battisti ¤ Capítulos Curso Completo de SQL Server 2005 - Júlio Battisti Próxima lição »

Best Sellers de Excel do Julio Battisti

Todos com Vídeo Aulas, E-books e Planilhas de Bônus!

Aprenda com Júlio Battisti:
Excel 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos - Passo a Passo

 Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 540 | Editora: Instituto Alpha

 

[Livro]: Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 Avançado, Análise de Dados, Tabelas Dinâmicas, Funções Avançadas, Macros e Programação VBA - Passo a Passo

Livro: Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 Avançado, Análise de Dados, Tabelas Dinâmicas, Funções Avançadas, Macros e Programação VBA - Passo a Passo

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 952 | Editora: Instituto Alpha

 

Livro: Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 Avançado, Análise de Dados, Tabelas Dinâmicas, Funções Avançadas, Macros e Programação VBA - Passo a Passo

Aprenda com Júlio Battisti: Macros e Programação VBA no Excel 2010 Através de Exemplos Práticos e Úteis - Passo a Passo

 

[LIVRO]: Aprenda com Júlio Battisti: Macros e Programação VBA no Excel 2010 Através de Exemplos Práticos e Úteis - Passo a Passo

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 1124 | Editora: Instituto Alpha

 

[LIVRO]: Aprenda com Júlio Battisti: Macros e Programação VBA no Excel 2010 Através de Exemplos Práticos e Úteis - Passo a Passo

Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 - Curso Completo - Do Básico ao Avançado, Incluindo Macros e Programação VBA - Através de Exemplos Práticos

 

[A BÍBLIA DO EXCEL]: Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 - Curso Completo - Do Básico ao Avançado, Incluindo Macros e Programação VBA - Através de Exemplos Práticos Passo a Passo

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 1338 | Editora: Instituto Alpha

 

[A BÍBLIA DO EXCEL]: Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 - Curso Completo - Do Básico ao Avançado, Incluindo Macros e Programação VBA - Através de Exemplos Práticos Passo a Passo

Todos os livros com dezenas de horas de vídeo aulas de bônus, preço especial (alguns com 50% de desconto). Aproveite. São poucas unidades de cada livro e por tempo limitado.

Dúvidas?

Utilize a área de comentários a seguir.

Me ajude a divulgar este conteúdo gratuito!

Use a área de comentários a seguir, diga o que achou desta lição, o que está achando do curso.
Compartilhe no Facebook, no Google+, Twitter e Pinterest.

Indique para seus amigos. Quanto mais comentários forem feitos, mais lições serão publicadas.

Quer receber novidades e e-books gratuitos?
›››

Novidades e E-books grátis

Fique por dentro das novidades, lançamento de livros, cursos, e-books e vídeo-aulas, e receba ofertas de e-books e vídeo-aulas gratuitas para download.



Institucional

  • Quem somos
  • Garantia de Entrega
  • Formas de Pagamento
  • Contato
  • O Autor
  • Endereço

  • Júlio Battisti Livros e Cursos Ltda
  • CNPJ: 08.916.484/0001-25
  • Rua Vereador Ivo Cláudio Weigel, 537 Universitário
  • Santa Cruz do Sul/RS
  • CEP 96816-208
  • Todos os direitos reservados, Júlio Battisti 2001-2017 ®

    [LIVRO]: MACROS E PROGRAMAÇÃO VBA NO EXCEL 2010 - PASSO-A-PASSO

    APRENDA COM JULIO BATTISTI - 1124 PÁGINAS: CLIQUE AQUI