[MEU 50º LIVRO]: BANCOS DE DADOS E ACESS - CURSO COMPLETO - DO BÁSICO AO VBA - 1602 páginas

Páginas: 1602 | Autor: Júlio Battisti | 40% de Desconto e 70h de Vídeo Aulas de Bônus

Você está em: PrincipalArtigosSQL Server 2005 › Capítulo 11 : 12
Quer receber novidades e e-books gratuitos?
›››
« Lição anterior Curso Completo de SQL Server 2005 - Júlio Battisti Δ Página principal Curso Completo de SQL Server 2005 - Júlio Battisti ¤ Capítulos Curso Completo de SQL Server 2005 - Júlio Battisti Próxima lição »
SQL Server 2005 - CURSO COMPLETO

Autor: Júlio Battisti
Lição 193 - Capítulo 11 - O Objeto Connection

Conforme descrevemos anteriormente, o primeiro passo para conectar uma página ASP com uma fonte de dados é estabelecer uma “conexão” com a fonte de dados. Para estabelecermos uma conexão com um Banco de Dados, utilizamos o objeto Connection. Podemos criar uma conexão utilizando uma fonte ODBC ou um OLE DB Provider. Neste tópico, vamos estudar o objeto Connection, e aprender a criar conexões utilizando ODBC e também OLE DB. Também veremos alguns exemplos práticos, onde criaremos páginas .asp que fazem conexão com Bancos de Dados no servidor SQL Server 2005.

Criando Conexões ODBC

Vamos aprender a criar conexões com um Banco de Dados, utilizando fontes ODBC.

O código a seguir cria uma conexão com a fonte ODBC nwind criada anteriormente:

Set conn =  Server.CreateObject(“ADODB.Connection”)



conn.Open “nwind”

O primeiro passo é criar a conexão com o Banco de Dados. Para isto, crio um objeto do tipo ADODB.Connection, depois abro a conexão utilizando o método Open. Como parâmetro para o método Open, passo o nome da fonte de dados ODBC. No nosso exemplo, o nome da fonte é nwind. Lembre que esta fonte nwind está associada com o Banco de Dados C:\Meus documentos\Northwind.mdb, do Microsoft Access.

Nota: Os objetos ADO têm diversos métodos e propriedades. Um método executa uma ação específica, ação esta representada por um verbo – abrir, fechar, retornar, etc. As propriedades de um objeto retornam valores ou características do objeto.

Para acessarmos um método ou propriedade de um objeto, utilizamos a seguinte sintaxe:

•  Para métodos: nome_objeto.nome_método parâmetros.

•  Para propriedades: nome_objeto.propriedade

Um objeto também pode conter eventos. Um evento é uma determinada ação que acontece com o objeto, como por exemplo, ao encerrar uma conexão, é gerado o evento Disconnect do objeto Connection. Podemos escrever código ASP que deve ser executado quando um evento é disparado.

O código a seguir cria uma conexão com a fonte ODBC ST1_pubs, criada anteriormente, a qual está associada ao banco de dados Pubs, da instância SERVIDOR\SQL2005:

Set conn =  Server.CreateObject(“ADODB.Connection”)



conn.Open “ST1_pubs”

Observe que apenas trocamos o nome da fonte ODBC, em relação ao exemplo anterior. Neste exemplo, o nome da fonte é ST1_pubs. Lembre que esta fonte – ST1_pubs – está associada com o Banco de Dados pubs da instância SERVIDOR\SQL2005, do servidor SQL Server 2005.

O Objeto Connection – Métodos, Propriedades e Eventos

Ao estabelecermos uma conexão, estamos informando para a nossa página ASP uma série de detalhes que a página necessita para poder acessar os dados. Utilizando o objeto Connection podemos definir qual o OLE DB Provider a ser utilizado, qual a fonte de dados e demais informações tais como nome de usuário e senha, caso sejam necessários.

Na Tabela 11.2, temos uma breve descrição dos principais métodos do objeto Connection.

Tabela 11.2 Os principais métodos do objeto Connection.

BeginTrans - Inicia uma nova transação.

Cancel - Cancela a execução assíncrona dos comandos Execute e Open.

Close -   Fecha uma conexão que esteja aberta e quaisquer objetos que sejam dependentes desta conexão.

CommitTrans Salva as alterações que foram feitas e encerra a transação corrente.

Execute  -   Executa um consulta, um comando ou uma instrução SQL e retorna um objeto do tipo Recordset. Por exemplo, pode ser utilizado para obter uma listagem de vendas de um Banco de Dados, ou   qualquer outra listagem que possa ser obtida a partir de uma instrução SQL.

Open -   Abre uma conexão com uma fonte de dados. Feito isso, comandos podem ser executados através desta conexão.

OpenSchema Utilizado para obter informação sobre a estrutura de uma fonte de dados, tais como as definições de tabelas e relacionamentos de um Banco de Dados Relacional.

RoolbackTrans -   Cancela quaisquer alterações que tenham sido feitas pela transação e finaliza a transação.

Na Tabela 11.3, temos uma breve descrição das principais propriedades do objeto Connection.

Tabela 11.3 As principais propriedades do objeto Connection.

Attributes - Indica uma ou mais características de um objeto Connection. Retorna um valor Long.

CommandTimeout -   Indica o tempo máximo de execução de um comando. Caso o comando demore mais do que o tempo definido nesta propriedade, será gerado um erro. O valor padrão é 30 segundos.

ConnectionString -   Contém todas as informações utilizadas para estabelecer a conexão com a fonte de dados.

ConnectionTimeout - Indica o tempo máximo para tentativa de estabelecer uma conexão. Caso a conexão não seja estabelecida em um tempo menor ou igual ao definido em ConnectionTimeout, a conexão será encerrada e um erro gerado. Por padrão este valor é definido em 15 segundos.

CursorLocation - Define ou retorna a localização do cursor, se no Servidor ou no Cliente.

DefaultDatabase - Indica qual o Banco de Dados padrão para um objeto Connection. Por exemplo, quando estamos conectando com um Servidor SQL precisamos definir qual o Banco de Dados que será acessado.

Fazemos isso definindo qual o Banco de Dados padrão, através da utilização da propriedade DefaultDatabase.

Errors -   Contém todos os objetos Error criados em resposta a falhas envolvendo o provedor de dados.

IsolationLevel - - Define o nível de isolamento das transações para um objeto Connection.

Mode -   Indica as permissões disponíveis para modificação de dados através de uma conexão.

Properties -   Contém todos os objetos Property de um determinado objeto Connection.

Provider - Retorna o nome do provedor para uma determinada conexão.

State  - Indica se a conexão está aberta ou fechada.

Version  - Retorna a versão da tecnologia ADO. Por exemplo, 2.0 ou 2.5.

Na Tabela 11.4, temos uma breve descrição dos principais eventos do objeto Connection.

Tabela 11.4 Os principais eventos do objeto Connection.

BeginTransComplete  Ocorre após o término de uma operação BeginTrans.

CommitTransComplete Ocorre após o término de uma operação CommitTrans.

ConnectComplete -   Ocorre após o início de uma conexão.

Disconnect - Ocorre após o término de uma conexão.

ExecuteComplete - Ocorre após o término da execução de um comando.

InfoMessage - Ocorre toda a vez que a operação ConnectionEvent ocorre com sucesso e informação adicional é retornada pelo provedor de dados.

RollBackTransComplete Ocorre após a execução da operação RollbackTrans.

WillConnect -   Ocorre antes do início de uma conexão.

WillExecute - Ocorre antes que um comando pendente é executado em uma determinada conexão.

Criando Conexões Utilizando OLE DB

Vamos aprender a criar conexões com um Banco de Dados, utilizando fontes da tecnologia OLE DB. Ao utilizarmos OLE DB, não precisamos criar uma “fonte OLE DB”, ao invés disso, todo o código necessário para estabelecer a conexão está na própria página ASP que, conforme veremos a seguir, é simplesmente a definição da propriedade ConnectionString, do objeto Connection.

Conforme ilustrado na Figura 11.27, é possível o acesso a uma fonte de dados, sem a utilização de ODBC. Este é um ponto de confusão entre muitos programadores iniciantes em ASP. Em diversas conversas com colegas que estavam iniciando o estudo de ASP, surgiu esta dúvida:

“É possível conectar com uma fonte de dados, como, por exemplo, um Banco de Dados do Microsoft Access ou do SQL Server 2005, sem a utilização de um driver ODBC?”

A resposta é sim; é perfeitamente possível, para isto basta criar um objeto Connection e configurar corretamente a sua propriedade ConnectionString.

A propriedade ConnectionString deve conter as informações necessárias para estabelecer a conexão com uma fonte de dados. Através desta propriedade, devemos fornecer informações tais como:

•  Provedor

•  Nome do usuário

•  Senha do usuário

•  Nome do arquivo (como no caso de um Banco de Dados do Microsoft Access)

•  Nome do servidor\instância (como no caso de um Servidor SQL Server)

•  Nome do Banco de Dados no Servidor.

São informações necessárias para que a página ASP possa estabelecer a conexão com a fonte de dados, utilizando o OLE DB Provider correto. Pode até ser que seja utilizado o OLE DB Provider para ODBC, mas isto não é obrigatório.

Agora aprenderemos um pouco mais sobre a propriedade ConnectionString. Também veremos alguns exemplos de utilização desta propriedade.

A Propriedade ConnectionString

Esta propriedade é configurada de diferentes maneiras, de acordo com a fonte de dados que estiver sendo utilizada. Por exemplo, a configuração para acessar um Banco de Dados do Microsoft Access é diferente da configuração para acessar um Banco de Dados do Microsoft SQL Server ou do Oracle. Vamos estudar como configurar esta propriedade para acessar algumas das principais fontes de dados: Microsoft Access, Microsoft SQL Server e Oracle.

A propriedade ConnectionString tem uma série de parâmetros no formato:

argumento  = valor

onde argumento pode ser a informação sobre o provedor, o nome do usuário, etc. Apenas a título de exemplo, mostramos a seguir a propriedade ConnectionString para conexão com um Banco de Dados do Microsoft Access:

Provider=MSDASQL.1;Data  Source=nwind;
Extended  Properties=”DSN=nwind;

DBQ=C:\MEUS DOCUMENTOS\NWIND.MDB;DriverId=281;FIL=MS Access;MaxBufferSize=2048;PageTimeout=5;”

Nota: Exibimos a propriedade em diversas linhas, por questão de espaço. Quando estiver criando uma página .asp, coloque, sempre, um comando em cada linha.

Agora vamos decifrar o que significam estes parâmetros e aprender a utilizar esta propriedade, configurando conexões OLE DB, com um Banco de Dados do Microsoft Access.

Vamos configurar a propriedade ConnectionString para estabelecer uma conexão com um Banco de Dados do Microsoft Access. Para tal, devemos configurar os parâmetros indicados na Tabela 11.5.

Tabela 11.5 Definindo a propriedade ConnectionString para uma fonte do Microsoft Access.

Provider -   Deve ser especificado o OLE DB Provider para o Microsoft Access. Para esta propriedade, utilizamos o seguinte valor: Microsoft.Jet.OLEDB.4.0.

Data Source - - Informamos o caminho para o arquivo .mdb. Por exemplo, C:\Arquivos de programas\office\nwind.mdb.

User ID -   Especifica o nome do usuário com o qual a conexão será estabelecida. Caso esta propriedade não seja informada, esta será definida como “admin”, o qual é o usuário padrão.

Password -  Informa a senha para o usuário que fará a conexão. Caso esta propriedade não seja informada, a senha será definida como “ “.

Nota: Por padrão, o OLE DB Provider para Microsoft Access (também chamado de Jet OLE DB Provider), abre o Banco de Dados com permissão de leitura e escrita, isto é, os dados também podem ser modificados. Para alterar o modo de abertura para, por exemplo, somente escrita, devemos utilizar a propriedade Mode, do objeto Connection.

A seguir, temos um exemplo de uma conexão com um Banco de Dados do Microsoft Access, utilizando a propriedade ConnectionString:

Set  conn=Server.CreateObject(“ADODB.Connection”)
conn.Open  “PROVIDER=MICROSOFT.JET.OLEDB.4.0;

DATA SOURCE=c:\meus documentos\Northwind.mdb”

Primeiro, criamos um objeto do tipo Connection. Depois, utilizamos o método Open, para abrir esta conexão. Observe que, após o método Open, é passada uma String de conexão como parâmetro para o método Open. Este parâmetro é a propriedade ConnectionString.

Poderíamos obter o mesmo resultado de uma maneira diferente: primeiro, vamos definir a propriedade ConnectionString, depois simplesmente chamamos o método Open. Ao chamar o método Open, este verifica se a propriedade ConnectionString já está definida e utiliza esta propriedade. Nosso exemplo ficaria assim:

1  Set  conn=Server.CreateObject(“ADODB.Connection”)
2  conn.ConnectionString =  “PROVIDER=MICROSOFT.JET.OLEDB.4.0;DATA

-  SOURCE=c:\meus documentos\Northwind.mdb”

3  conn.Open

Neste caso, na linha 1, foi definida a propriedade ConnectionString e, depois, na linha 3, utilizamos o método Open.

Nota: Utilizamos os números de linha apenas para referência. Quando criamos nossas páginas ASP, não devemos utilizar números de linhas.

Nota: A linha 2 aparece “quebrada” em duas linhas por questões de espaço para exibição, mas os comandos devem ser digitados em uma única linha.

No exemplo a seguir, temos um caso onde foi fornecido o nome do usuário e a senha para conexão.

1  Set  conn=Server.CreateObject(“ADODB.Connection”)
2 conn.ConnectionString =  “PROVIDER=MICROSOFT.JET.OLEDB.4.0;

DATA SOURCE=c:\meus documentos\nwind.mdb;

User ID=jsilva;Password=senha12"

3  conn.Open

Para maiores detalhes sobre segurança de Bancos de Dados do Microsoft Access, consulte o curso – Access Avançado e VBA – 550 páginas, de minha autoria. Maiores detalhes nom eu site, em https://juliobattisti.com.br

« Lição anterior Curso Completo de SQL Server 2005 - Júlio Battisti Δ Página principal Curso Completo de SQL Server 2005 - Júlio Battisti ¤ Capítulos Curso Completo de SQL Server 2005 - Júlio Battisti Próxima lição »

Best Sellers de Excel do Julio Battisti

Todos com Vídeo Aulas, E-books e Planilhas de Bônus!

Aprenda com Júlio Battisti:
Excel 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos - Passo a Passo

 Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 540 | Editora: Instituto Alpha

 

[Livro]: Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 Avançado, Análise de Dados, Tabelas Dinâmicas, Funções Avançadas, Macros e Programação VBA - Passo a Passo

Livro: Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 Avançado, Análise de Dados, Tabelas Dinâmicas, Funções Avançadas, Macros e Programação VBA - Passo a Passo

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 952 | Editora: Instituto Alpha

 

Livro: Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 Avançado, Análise de Dados, Tabelas Dinâmicas, Funções Avançadas, Macros e Programação VBA - Passo a Passo

Aprenda com Júlio Battisti: Macros e Programação VBA no Excel 2010 Através de Exemplos Práticos e Úteis - Passo a Passo

 

[LIVRO]: Aprenda com Júlio Battisti: Macros e Programação VBA no Excel 2010 Através de Exemplos Práticos e Úteis - Passo a Passo

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 1124 | Editora: Instituto Alpha

 

[LIVRO]: Aprenda com Júlio Battisti: Macros e Programação VBA no Excel 2010 Através de Exemplos Práticos e Úteis - Passo a Passo

Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 - Curso Completo - Do Básico ao Avançado, Incluindo Macros e Programação VBA - Através de Exemplos Práticos

 

[A BÍBLIA DO EXCEL]: Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 - Curso Completo - Do Básico ao Avançado, Incluindo Macros e Programação VBA - Através de Exemplos Práticos Passo a Passo

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 1338 | Editora: Instituto Alpha

 

[A BÍBLIA DO EXCEL]: Aprenda com Júlio Battisti: Excel 2010 - Curso Completo - Do Básico ao Avançado, Incluindo Macros e Programação VBA - Através de Exemplos Práticos Passo a Passo

Todos os livros com dezenas de horas de vídeo aulas de bônus, preço especial (alguns com 50% de desconto). Aproveite. São poucas unidades de cada livro e por tempo limitado.

Dúvidas?

Utilize a área de comentários a seguir.

Me ajude a divulgar este conteúdo gratuito!

Use a área de comentários a seguir, diga o que achou desta lição, o que está achando do curso.
Compartilhe no Facebook, no Google+, Twitter e Pinterest.

Indique para seus amigos. Quanto mais comentários forem feitos, mais lições serão publicadas.

Quer receber novidades e e-books gratuitos?
›››

Novidades e E-books grátis

Fique por dentro das novidades, lançamento de livros, cursos, e-books e vídeo-aulas, e receba ofertas de e-books e vídeo-aulas gratuitas para download.



Institucional

  • Quem somos
  • Garantia de Entrega
  • Formas de Pagamento
  • Contato
  • O Autor
  • Endereço

  • Júlio Battisti Livros e Cursos Ltda
  • CNPJ: 08.916.484/0001-25
  • Rua Vereador Ivo Cláudio Weigel, 537 Universitário
  • Santa Cruz do Sul/RS
  • CEP 96816-208
  • Todos os direitos reservados, Júlio Battisti 2001-2017 ®

    [LIVRO]: MACROS E PROGRAMAÇÃO VBA NO EXCEL 2010 - PASSO-A-PASSO

    APRENDA COM JULIO BATTISTI - 1124 PÁGINAS: CLIQUE AQUI