NUNCA MAIS PASSE RAIVA POR NÃO CONSEGUIR RESOLVER UM PROBLEMA COM O EXCEL - GARANTIDO!

UNIVERSIDADE DO VBA - Domine o VBA no Excel Criando Sistemas Completos - Passo a Passo - CLIQUE AQUI

Você está em: PrincipalArtigosWindows : Vmware_p1
Quer receber novidades e e-books gratuitos?
Aprenda a usar o VMware – Parte 1

VMware

Imagine você, sentado a frente de seu micro em casa e, somente com ele, conseguir ter acesso a inúmeros sistemas operacionais na tela do seu monitor. E todos eles ainda ligados em rede!! Opa! Como assim?! Tudo isso é possível através da utilização de um único software! Vamos neste artigo falar, nada mais, nada menos, sobre um dos assuntos mais interessantes dos últimos tempos: criação de Máquinas Virtuais através do software VMware.

O VMware é, sem dúvidas, um dos softwares mais bem elaborados dos últimos tempos. Ele permite a emulação de vários sistemas operacionais ao mesmo tempo sobre um sistema host, utilizando para isto o conceito de máquinas virtuais. Para que você entenda melhor, imagine um micro com o Windows XP Professional instalado e sobre ele instalarmos o VMware. Ele possibilitará a criação de várias máquinas virtuais com seus próprios sistemas operacionais, inclusive Linux. É como se tivesse mais de uma máquina, porém tendo-se apenas uma. Pode parecer um pouco complicado mas vamos explicar melhor todo o assunto.

Para entendermos melhor a funcionalidade do VMware, precisamos entender o conceito de máquina virtual: cada máquina virtual funciona como um micro inteiro, contendo processador, memória, disco, vídeo, som, porém tudo sendo emulado pelo VMware. Uma máquina virtual pode ainda usar, de forma simultânea com o sistema host, as unidades de disquete e CD-ROM. Quando falamos de “sistema host”, queremos nos referenciar ao micro físico que possui seu próprio sistema operacional e que serve de base para a instalação do VMware.

Do ponto de vista do sistema host, cada máquina virtual é um arquivo criado pelo VMware. Com isso, pode-se levar uma máquina virtual de um micro para outro sem problemas.

Outro ponto muito interessante (se não o principal) é a possibilidade de ligação entre o sistema host e todas as máquinas virtuais como se estivessem numa rede tradicional sendo cada qual com seu endereço IP. Por exemplo, podemos ter um servidor com o Windows Server 2003 e vários clientes (as máquinas virtuais criadas) todos ligados na mesma rede. É muito interessante para testes de funcionalidade de recursos de um servidor (DHCP, proxy e outros) ou para testes de rede entre sistemas operacionais diferentes (Linux e Windows, por exemplo). Iremos ver como montar e configurar uma estrutura de máquinas virtuais em rede na próxima parte do artigo.

Instalação

O VMware possui três versões, porém a que nos interessa agora é o VMWare Workstation com custos de U$199. As outras duas são para servidores, e muito mais caras, chegando a custar mais de U$3000!

Para começarmos a instalação do VMware, antes é necessário fazermos o download do programa de instalação. O link para o download e registro é http://www.vmware.com/download. Com o registro você receberá uma chave trial para 30 dias.

Depois de ter feito o download do programa de instalação, é só executá-lo e seguir os passos. Vale salientar algumas observações:

- O programa de instalação lhe informará (se for o caso) que atualmente em seu sistema está ativo o recurso de autorun do CD-ROM. Como as máquinas virtuais usam de forma compartilhada o CD-ROM juntamente com o sistema host, o instalador avisa de que seria interessante desabilitar este recurso. Você deve informar se deseja ou não desabilitá-lo.

- O programa de instalação informa que desde a versão 3.0 do VMware, a extensão da máquina virtual mudou. Então ele pergunta se você deseja varrer seu disco a procura de extensões antigas para a conversão.

Depois de seguir estes passos, o programa irá concluir a instalação do VMware. Nada muito complicado, não é mesmo!

Criando Máquinas Virtuais

Ao executar o programa, aparecerá a tela do console do VMware (figura 1):


Figura 1

Nosso próximo passo será a criação de máquinas virtuais. Clicando em New Virtual Machine será iniciado um assistente para a criação de máquinas virtuais.

Primeiro, ele pergunta se deseja criar uma máquina virtual com as configurações típicas ou se deseja configurar algumas opções avançadas. Iremos criar uma máquina virtual simples e depois poderemos configurá-la “na unha”.

O passo seguinte é informar qual sistema operacional será instalado nessa máquina virtual. Na verdade, nada impede que escolhemos o Windows 2000 Server e depois instalarmos o Windows 98. A única coisa que muda de uma configuração para outra é a quantidade de memória que o VMware aconselha para cada sistema operacional. Por exemplo, se escolhermos uma máquina virtual para rodar o Windows 98, o VMware inicia a maquina com 96 MB. Já com o Windows XP Professional, é reservado 160 MB. Porém estes valores podem ser mudados mais tarde. Outra questão é que essa quantidade de memória é retirada da memória do sistema host. Portanto, se temos no micro 256 MB de memória e instalamos uma máquina virtual com 96 MB, sobrará 160 MB para o meu sistema host. E logicamente, se eu tenho pouca memória no meu sistema host, não será reservado muita memória para a máquina virtual. Muito legal esta parte do software.

Na próxima etapa, o VMware lhe pede um nome para sua máquina virtual e o local no seu sistema host onde ela vai ficar. Sempre é sugerido pelo VMware o nome do próprio Sistema Operacional que foi escolhido anteriormente. Já o local, por default, é a pasta My Virtual Machines que é criada na pasta Meus documentos.

Agora, será necessário informar que tipo de conexão de rede você deseja colocar para sua máquina virtual. As opções são:

  • Use bridged networking: é criada uma ponte entre a máquina virtual e a rede a qual o sistema host pertence. A máquina virtual terá seu próprio endereço IP e suas configurações de rede, como nome, por exemplo;
  • Use networking addres translation (NAT): é criada uma conexão direta entre o sistema host e a máquina virtual, e há também o compartilhamento do endereço IP do sistema host para acesso da rede externa ou internet por parte da máquina virtual;
  • Use host-only networking: semelhante ao NAT, porém a máquina virtual não terá acesso à rede externa ou internet;
  • Do not use networking connection: não haverá conexão de rede entre o sistema host e a máquina virtual;

Após seguir estes passos sua máquina virtual estará pronta!


Figura 2

Porém, a máquina virtual foi criada com as configurações padrões pré-determinadas pelo próprio VMware. Podemos configurar agora algumas opções importantes da máquina virtual. Para isto, selecione a máquina virtual no painel a esquerda (figura 2) e clique em Edit virtual machine settings no painel a direita. Irá aparecer a seguinte tela, como demonstrada na figura 3:


Figura 3

Aparece uma lista dos itens de hardware que estão presentes atualmente na máquina virtual e que podem ser configurados. Clicando no botão Add..., irá aparecer um assistente onde podemos adicionar novos itens de hardware (figura 4). Você pode adicionar, por exemplo, portas paralelas e serias à sua máquina virtual.


Figura 4

Importante dizer que, depois que a máquina virtual é criada, não é possível alterar o tamanho do disco. Para colocar um tamanho diferente de 4.0 MB (valor default), deve-se escolher a opção Custom no momento em que a máquina virtual está sendo criada. Assim, pode-se escolher o tamanho do disco e outras opções, como quantidade de memória e tipo do disco (disco virtual usado pelo VMware ou uma partição do HD do micro).

Agora que a máquina virtual está criada, podemos começar a instalação do sistema operacional. Selecionando a máquina virtual no console do VMware, no painel esquerdo, clique em Start this virtual machine no painel direito (figura 2). Depois de alguns instantes é iniciado o processo de boot da máquina virtual (figura 5).


Figura 5

Se for necessário, existe até mesmo um Setup da máquina virtual, onde é possível configurar qualquer opção de um Setup normal.

Para a instalação do sistema operacional é só seguir todos os passos de uma instalação em um micro. Não muda nada (figura 6). Até mesmo o boot por um CD de instalação é possível.


Figura 6

Após a instalação, a máquina virtual estará pronta para o funcionamento (figura 7).


Figura 7

VMware Tools

Após a instalação do sistema operacional, nem todos os dispositivos de hardware estarão prontos para funcionar. É como se estivesse instalado um sistema operacional em um micro e ainda não tivesse instalado os respectivos drivers. Porém, os dispositivos de hardware que são usados nas máquinas virtuais são emulados pelo VMware, logo também são dispositivos virtuais. Para instalar o conjunto de drivers desses dispositivos virtuais, usa-se o VMware Tools. Para instalá-lo, deve-se iniciar a máquina virtrual e, depois que o boot estiver completo, clique em VM\Install VMware Tools.


Figura 8

Após a instalação, o programa pede para reinicializar o sistema e depois do boot, todos os drivers já estarão prontos para o funcionamento.


Confira todos os artigos de Windows e Redes:

1 Como Criar Servidores Web com o Windows Server
1 Instalando o Google Chrome Com SCCM 2012 R2
1 Como Mapear Unidade De Rede Com Drive Maps
1 Como Utilizar Grupos Restritos No Active Directory
1 Como configurar o Client Push Installation no System Center
1 Como Criar uma Collection no System Center
1 Como Criar Atalho Na Área De Trabalho Com GPO
1 Como configurar a GPO para o System Center 2012 R2
1 Ninite Software Deployment
1 Guia de Certificação Microsoft
1 Como Alterar A Mascara de Rede No Escopo do DHCP
1 Como Criar uma GPO com WMI Filter
1 Como fazer uma migração de DHCP
1 Como Criar Pacotes de Instalação Automáticos e Silenciosos
1 Certificação ITIL
1 Como fazer download e instalar o VMWare Workstation 11
WINDOWS 7
1 Como Instalar o Windows 7 Automaticamente
1 Como Formatar o Windows 7
1 Os melhores Antivírus para Windows 7
1 Os melhores Aplicativos para Windows 7
1 Os melhores recursos do Windows 7
1 Como usar o Windows 7 para facilitar o seu dia a dia
1 Como escolher entre o Windows 7 e 8
WINDOWS 8
1 Como Formatar o Windows 8
1 Os melhores Antivírus para Windows 8
1 Os melhores Aplicativos para Windows 8
1 Os melhores recursos do Windows 8
1 Como usar o Windows 8 para facilitar o seu dia a dia
1 Principais diferenças entre o Windows 8 e 7
WINDOWS 2003 SERVER
1 Windows 2003 - DNS - Instalação do DNS e Criação de Zonas
1 Windows 2003 - DNS - Configurando as Propriedades de uma Zona
1 Windows 2003 - DNS - Configurando as Propriedades do Servidor DNS
1 Windows 2003 - DNS - Integração do DNS com o Active Directory
1 Windows 2003 - DNS - Atualização Dinâmica
1 Windows 2003 - DNS - Zonas de Pesquisa Inversa
1 Windows 2003 - MBSA - Microsoft Baseline Security Analyzer
1 Windows 2003 - Permissões de Compartilhamento
1 Windows 2003 - Permissões e Compartilhamento de Impressoras
1 Windows 2003 - Permissões NTFS
1 Windows 2003 - WINS - Introdução ao WINS
1 Windows 2003 - WINS - Instalação do WINS
1 Windows 2003 - WINS - Configurando as Propriedades do Servidor WINS
1 Windows 2003 - WINS - Replicação do WINS
1 Windows 2003 - DHCP – Instalação
1 Windows 2003 - DHCP - Configuração de Escopos
1 Windows 2003 - DHCP - Backup e Restore
1 Windows 2003 - DHCP - Compactando a Base de Dados do DHCP
1 Windows 2003 - DHCP - Auditoria no DHCP
1 Windows 2003 - Autenticação
1 Windows 2003 - Modelos de Segurança
WINDOWS - GERAL
1 Saiba Porque o Windows XP se Tornou uma Ameaça
1 Acesso Remoto [vídeo]
1 Como se preparar para os Exames da Microsoft [vídeo]
1 Cenários para utilização do Windows AIK - Parte 2
1 Cenários para utilização do Windows AIK - Parte 1
1 Windows AIK - Kit de Instalação Automática
1 Introdução ao MDT - Microsoft Deployment Toolkit
1 Implementando Infraestrutura entre Matriz e Filial - Parte 1
1 Implementando Infraestrutura entre Matriz e Filial - Parte 2
1 Implementando Infraestrutura entre Matriz e Filial - Parte 3
1 Implementando Infraestrutura entre Matriz e Filial - Parte 4
1 Caminhos de upgrade para o Windows Vista
1 Instalação do Windows Vista
1 Windows Vista Upgrade Advisor
1 Configurações básicas do Windows Mail
1 Contas de usuário no Windows Vista
1 Contatos do Windows
1 Cotas em disco no Windows Vista
1 Discos básicos no Windows Vista
1 Discos dinâmicos no Windows Vista
Seta Vídeo: Usando Sysprep e Ghost
Seta Vídeo: Instalando o Windows XP de forma automatizada
Seta Vídeo: Baixando atualizações do Windows e Integrando na Instalação – Parte 2
Seta Vídeo: Baixando atualizações do Windows e Integrando na Instalação – Parte 1
Seta Vídeo: Criando usuários e grupos no Active Directory com scripts automatizados
Seta Vídeo: RunAs Powerful - Script super poderoso
Seta Certificação - MCTS Windows 7
Seta Vídeo: Instalação do Serviço DNS - Parte 1
Seta Vídeo: Office Communications Server 2007 R2 – Parte 1
1 Virtual PC 2007 - Parte 2 - Instalação do Virtual PC 2007
1 Virtual PC 2007 - Parte 1 - Introdução ao Virtual PC 2007
ACTIVE DIRECTORY
1 Tutorial de Active Directory - Parte 5
1 Tutorial de Active Directory - Parte 4
1 Tutorial de Active Directory - Parte 3
1 Tutorial de Active Directory - Parte 2
1 Tutorial de Active Directory - Parte 1
1 Aprenda a Usar o VMware - Parte 2
1 Aprenda a Usar o VMware - Parte 1
1 Saiba Como Ter Boletos Bancários em Seu Site
1 Alterando o Texto do Botão Iniciar
1 System Restore (Restauração do Sistema)
1 Recovery Console (Console de Recuperação)
1 Pecados Mortais no uso do E-mail - Parte 2
1 Pecados Mortais no uso do E-mail
1 SUS - Implementação e Administração - Parte 2
1 SUS - Implementação e Administração - Parte 1
1 Windows Server 2003 - O novo recurso Shadow Copies
1 Tutorial sobre Profiles
1 Criptografia no Windows 2000 Server e o Agente de Recuperação
1 Tudo sobre Permissões de Segurança: Compartilhamento e NTFS
1 Implementando o DFS: Distributed File System
1 Boot no Windows 2000/XP e o arquivo Boot.ini
1 Gerenciamento de Discos e Armazenamento
WINDOWS 2000
1 DHCP no Windows 2000 Server
1 DNS no Windows 2000 Server
1 Implementação e Administração do SUS
1 Serviço RRAS no Windows 2000 Server
1 Introdução às redes com Windows 2000 – Parte 1
1 Introdução às redes com Windows 2000 – Parte 2
1 Introdução às redes com Windows 2000 – Parte 3
1 Primeiros passos com Ajax Control Toolkit
1 Faça a sua declaração de imposto de renda com Linux
1 Sistema de Controle de Gasolina Mobile
1 Série Visual Source Safe - Parte 1
1 Extraindo dados para arquivo texto
1 Como exibir informações com múltiplas instruções SQL
1 Expressões Regulares No Microsoft SQL Server 2000
1 Cursores
1 O Namespace My
1 JOB no SQL Server
1 Criando uma aplicação Windows Service
1 Criando Class Libraries com VB.NET - Parte 2
1 Criando Class Libraries com VB.NET
1 Importação de arquivos XML com SQL Server 2000
1 Web Services e AD/DBA
1 Criando Sequence com SQL Server
Quer receber novidades e e-books gratuitos?

Cursos Online

  • Banco de Dados
  • Carreira
  • Criação/Web
  • Excel/Projetos
  • Formação
  • + Todas as categorias
  • Contato: Telefone: (51) 3717-3796 | E-mail: webmaster@juliobattisti.com.br | Whatsapp: (51) 99627-3434

    Júlio Battisti Livros e Cursos Ltda | CNPJ: 08.916.484/0001-25 | Rua Vereador Ivo Cláudio Weigel, 537 - Universitário, Santa Cruz do Sul/RS, CEP: 96816-208

    Todos os direitos reservados, Júlio Battisti 2001-2019 ®

    [LIVRO]: MACROS E PROGRAMAÇÃO VBA NO EXCEL 2010 - PASSO-A-PASSO

    APRENDA COM JULIO BATTISTI - 1124 PÁGINAS: CLIQUE AQUI