[MEU 50º LIVRO]: BANCOS DE DADOS E ACESS - CURSO COMPLETO - DO BÁSICO AO VBA - 1602 páginas

Páginas: 1602 | Autor: Júlio Battisti | 40% de Desconto e 70h de Vídeo Aulas de Bônus

Você está em: PrincipalArtigosWindows 7 › Capítulo 01 : Cap01_03
Quer receber novidades e e-books gratuitos?
›››
« Lição anterior Δ Página principal ¤ Capítulos Próxima lição »
WINDOWS 7 - CURSO COMPLETO - 2400 páginas
Autor: Júlio Battisti


Promoção: Livro Windows Server 2012 R2 e Active Directory - Curso Completo, 2100 Páginas. Tudo para você se tornar um administrador de redes altamente qualificado para o mercado de trabalho e levar a sua carreira para o próximo nível!

Promoção: Livro Windows Server 2012 R2 e Active Directory

Curso Completo, 2100 páginas. Tudo para você se tornar um administrador de redes altamente qualificado para o mercado de trabalho e levar a sua carreira para o próximo nível!


Lição 009 - Capítulo 01 - Principais novidades do Windows 7

Para mim, escrever o tópico sobre as novidades de uma nova versão do Windows, sempre é a parte mais complicada do livro (ainda bem que é bem no começo). É complicada, por que o autor fica com vontade de escrever páginas e páginas, capítulos e mais capítulos sobre as novidades, em alguns casos até detalhando e mostrando como as novidades funcionam. Mas não é esta a função do tópico sobre novidades. Este tópico tem que funcionar como um noticiário, apenas mostrando as principais novidades e despertando a curiosidade do leitor para buscar informações detalhadas sobre estes tópicos, no decorrer do livro. Mesmo assim, são tantas as novidades no Windows 7, que terei que escrever algumas páginas só sobre as novidades. Depois, no decorrer do livro, vamos detalhar e exemplificar, cada uma destas novidades.

O que há de novo no Windows 7? Muita coisa, esta com certeza é a resposta mais correta. Na interface existem novidades que chamam a atenção em um primeiro momento, mas são nas funcionalidades e novos recursos que o Windows 7 mostra todo seu poder. Diversos amigos/colegas/conhecidos meus que trabalham a anos com as diferentes versões do Windows, estão simplesmentes encantados com a estabilidade, a confiabilidade, as configurações de segurança e também com as melhorias na interface do Windows 7, em relação ao Windows Vista. Mas uma das áreas onde o Windows 7 mais melhorou, em relação ao Windows Vista, foi na questão desempenho. Estas são opiniões de usuários experientes que utilizam outros sistemas operacionais em seu dia-a-dia, tais como Linux, diferentes versões do Unix e, em alguns casos, Novell. Eu confesso que também estou muito satisfeito (porque não dizer encantado) com o Windows 7.

Neste tópico vamos falar sobre as novidades do Windows 7. Para facilitar o estudo e a compreensão, vamos dividir as novidades em categorias. Vamos iniciar falando sobre as melhorias/novidades que muitas vezes não estão visíveis, mas que podem ser sentidas em termos de um melhor desempenho, melhor estabilidade e mais segurança.

Melhorias do Sistema como um todo:

A primeira pergunta que pode surgir é a seguinte: "O Windows 7 é tão somente um Windows Vista melhorado?" Definitivamente não. O Windows 7, sem dúvidas, tem muito mais recursos do que o Windows Vista, mas ele não é uma simples versão do Vista melhorada. Além de atacar problemas críticos que havia no Windows Vista (principalmente em relação a desempenho e estabilidade), a equipe da Microsoft fez melhorias no sitema como um todo: Interface, desempenho, estabilidade, segurança, recursos e funcionalidades.

O suporte a Hardware é excelente e resolve problemas que existiam com o Windows Vista, principalmente no suporte a jogos mais antigos. O DVD de instalação do Windows 7 já vem com suporte para um grande número de impressoras, placas de vídeo, placas de rede, modens e demais tipos de Hardware. Para que o leitor possa ter uma idéia, fiz um teste com a instalação de três modens de diferentes fabricantes e todos foram automaticamente reconhecidos pelo Windows 7 e o drive correto foi instalado sem que fosse solicitado o drive do próprio fabricante ou a conexão com o Windows Update, para tentar baixar o drive (e na maioria das situações em que o Windows 7 não encontrar o drive diretamente no DVD de instalação, ele conseguirá baixar o driver através do Windows Update). Fiz também testes com placas de rede, placas de vídeo, dispositivos USB, câmaras digitais e não consegui ter um único problema de não detecção e instalação do driver correto. Uma das placas de vídeo não foram diretamente reconhecidas, mas ao usar a opção Windows Update, o driver correto foi baixado e instalado através do site Windows Update da Microsoft.

Uma interface baseada no Windows Vista, mas com novas funcionalidades bastante interessantes (as quais serão exploradas nos Capítulos 2, 3 e 4), com mais opções de configurações e com uma área de trabalho mais “limpa”. Visualmente, a mudança que primeiro chama a atenção é uma Barra de Tarefas com novas funcionalidades e com botões maiores, os quais facilitam a identificação do programa ao qual se refere cada botão.

Inúmeras novas opções de configurações de segurança foram criadas, para garantir que você possa navegar na Internet, fazer compras OnLine, compartilhar arquivos e recursos com segurança. Neste livro detalharemos as diversas configurações de segurança disponíveis no Windows 7 e no Internet Explorer 8.

Um ponto que eu não gostei foi que não vem mais um cliente de e-mail com o Windows. Até o Windows XP vinha o Outlook Express (que continua sendo o meu cliente de e-mail preferido). Depois com o Windows Vista passou a vir o Windows Mail e agora com o Windows 7 não vem mais nenhum cliente de e-mail. Para ter um cliente de e-mail você tem que baixar e instalar o pacote Live Mail, do qual faz parte o Windows Live Mail. Com sinceridade, eu não gosto nem um pouco do Windows Mail e nem do Windows Live Mail. O Outlook Express era bem mais funcional, rápido e simples de usar. Mas neste ponto a Microsoft “forçou a barra” (atitude que eu também não acho muito correta) e descontinuou o acesso às contas do Hotmail através de Outlook Express, forçando as pessoas a migrarem para o Windows Mail ou para o Windows Live Mail. Isso ocorreu a partir de 01/09/2009. Ou seja, já faz quase três meses que FUI OBRIGADO a migrar para o Windows Live Mail e não consegui ver uma única vantagem nesta migração. Bem pelo contrário, só tenho queixas acumuladas contra o Windows Live Mail e saudades eternas do Outlook Express.

Muito bem, não vou me estender muito nesta seção e vamos partir para as novidades propriamente ditas, as quais serão divididas por categorias, para facilitar a apresentação.

Novidades da interface:

Sem nenhuma dúvida o aspecto que mais apresentou novidades no Windows 7, em relação as versões anteriores (entenda-se o Windows XP), foi a interface do Windows Vista. Completamente modificada. O principal objetivo das modificações foi facilitar a execução das tarefas mais utilizadas. Logo após instalar o Windows Vista, após a primeira inicialização, a nova Área de trabalho está completamente limpa, conforme indicado na Figura 1.1. Observe que não temos as tradicionais opções Computador (que até o Windows XP chamava-se Meu computador), Locais de Rede (que até o Windows XP chamava-se Meus locais de rede), Internet Explorer e assim por diante, que tínhamos nas versões anteriores.

Curso Completo de Windows 7 - Júlio Battisti

Figura 1.1 Área de trabalho do Windows Vista, logo após a instalação.

Observe que tudo o que temos na Área de trabalho, logo após a instalação é o botão Iniciar , o ícone para a Lixeira, Barra de tarefas e a barra de Gadgets, situada, por padrão do lado direito da tela. Gadgets é apenas um nome bonito para mini-programas.

Aqui temos a primeira mudança no Windows 7: No Windows 7, a Barra de Gadgets foi aposentada. Não existe mais, conforme pode ser visto na Figura 1.2, onde é exibida a área de trabalho inicial do Windows 7, logo após o primeiro logon. Os gadgets continuam existindo, e agora o usuário pode colocá-los diretamente no desktop.

Outro detalhe é em relação a barra de Inicialização Rápida, que fica ao lado do menu Iniciar e tem atalhos para o Internet Explorer, para a opção Bibliotecas (que é outra novidade do Windows 7 e que veremos em detalhes no Capítulo 2 e um atalho para o Windows Media Player. Observe que os ícones são bem maiores do que no Windows Vista.

Curso Completo de Windows 7 - Júlio Battisti

Figura 1.2 Área de trabalho do Windows 7, logo após a instalação.

O Menu Iniciar não sofreu grandes modificações em relação ao Windows Vista. Uma opção que foi acrescentada foi no menu de contexto, quando você clica com o botão direito do mouse em uma opção do Menu Iniciar, a opção: Fixar na Barra de Tarefas. Esta opção permite que você crie um atalho permanente na Barra de Tarefas, para um programa que você usa com muita freqüência. No Windows Vista tinha apenas a opção Fixar no Menu Iniciar, opção esta que continua disponível no Windows 7.

Dica para usuários do Windows XP: No Windows 7, a exemplo do que já foi feito no Windows Vista, foi retirado o pronome Meu de vários atalhos. Por exemplo, ao invés de Meu Computador ficou apenas Computador, ao invés de Meus Documentos, apenas Documentos e assim por diante. Estas opções ficam na coluna da direita, quando você abre o Menu Iniciar. Podemos, facilmente, fazer com que o ícone para uma destas opções seja adicionado à Área de trabalho. Por exemplo, para adicionar um atalho para o Computador, na Área de trabalho, dê um clique com o botão direito do mouse na opção Computador. No menu que surge dê um clique na opção "Mostrar na área de trabalho" e pronto, lá está o atalho para o Computador de volta na Área de trabalho, como nos bons e velhos tempos. Na coluna da direita também temos acesso ao Painel de controle e as conexões, de rede ou via Modem, através da opção Rede.

Dica para Usuários do Windows 2000: O tradiconal menu Programas nas versões até o Windows 2000 era acessado através da opção Iniciar -> Programas, no Windows XP, Windows Vista e também no Windows 7 é acessado através da opção Iniciar -> Todos os programas, conforme indicado na Figura 1.3:

Curso Completo de Windows 7 - Júlio Battisti

Figura 1.3 - O menu Iniciar modificado.

Nota: No Capítulo 2 falarei detalhadamente sobre a nova interface do Windows 7.

Outro detalhe interessante foi que o Painel de Controle junto em uma única tela todas as opções de configuração dos periféricos de hardware e configurações do Windows. Desta forma, o usuário não precisa pesquisar em diferentes janelas para fazer configurações de Hardware e de Software, está tudo reunido em uma única janela, conforme indicado na Figura 1.4.

Curso Completo de Windows 7 - Júlio Battisti

Figura 1.4 – O novo Painel de Controle

Falar sobre as novidades da interface do Windows 7 e não falar dos novos recursos da Área de Trabalho é simplesmente impossível. Existem novas funcionalidades do recurso Aero, tais como o Aero Peek, o qual é bastante útil. A seguir descrevo as seguintes novidades da Área de Trabalho do Windows 7:

  • Snap
  • Shake
  • Aero Peek
  • Gadgets
  • Plano de fundo da área de trabalho

Estes novos recursos na área de trabalho do Windows 7 facilitam, e muito, a organização e o gerenciamento de várias janelas, quando você trabalha com vários programas abertos ao mesmo tempo (e quem de nós não trabalha com várias janelas abertas ao mesmo tempo???). Com estes novos recursos, conforme mostrarei logo a seguir, você pode alternar facilmente entre janelas abertas de modo que possa se concentrar nos programas e arquivos importantes.

Snap:

O Snap permite ao usuário organizar e redimensionar janelas na área de trabalho com um único movimento do mouse. Usando Snap, você pode alinhar rapidamente as janelas no lado da área de trabalho, expandi-las verticalmente para ocupar toda a altura da tela ou maximizá-las para que preencham a área de trabalho completamente. O recurso Snap pode ser especialmente útil nas seguintes situações:

  • Ao comparar dois documentos.
  • Para copiar ou mover arquivos entre duas janelas.
  • Maximizar a janela em que você está trabalhando no momento ou expandindo documentos longos para facilitar sua leitura e exigir menos rolagem.

Apenas para ilustrar como funciona o Snap. Por exemplo, se você arrastar uma janela para o lado esquerdo da tela, até que apareça uma sombra transparente por sobre a janela e largar, a janela será automaticamente redimensionada, para ocupar a metade da tela, conforme ilustrado na Figura 1.5:

Curso Completo de Windows 7 - Júlio Battisti

Figura 1.5 – Janela redimensionada, automaticamente, pelo recurso Snap

Ao arrastar a janela de volta para o meio da tela, automaticamente, o Windows 7 redimensiona a tabela para o seu tamanho anterior. Ao arrastar a janela para a parte superior da tela, o Snap, automaticamente, maximiza a janela.

No começo você pode até estranhar um pouco este recurso. Mas garanto para você, que depois de se acostumar a utilizá-lo, você não irá mais abandoná-lo, pois é um recurso bastante útil e que poupa tempo.

Em resumo: Para usar Snap, arraste a barra de título de uma janela aberta para o lado da área de trabalho para alinhá-la ali ou arraste-a para a parte superior da área de trabalho para maximizar a janela. Para expandir uma janela verticalmente usando Snap, arraste a extremidade superior da janela para a parte superior da área de trabalho.

Nota: Veremos mais detalhes e exemplos sobre o Snap, no Capítulo 2.

Shake:

Usando Shake, você pode minimizar, rapidamente, todas as janelas abertas na área de trabalho menos a janela com a qual deseja trabalhar. Para isso, basta clicar na barra de título da janela que você deseja manter aberta, manter o mouse pressionado e sacudir (mover o mouse para lá e para cá, rapidamente). Com isso, rapidamente, todas as demais janelas serão minimizadas, exceto a que você está chacoalhando.

Para restaurar as janelas minimizadas, sacuda a janela aberta novamente. O Shake é uma novidade bem interessante e útil.

Aero Peek:

O recurso chamado Aero Peek, permite visualizar rapidamente a área de trabalho sem minimizar todas as janelas ou visualizar uma janela aberta apontando para seu ícone na barra de tarefas.

Dica: Um detalhe importante de se observar é que o botão Exibir Área de Trabalho, mudou de lugar no Windows 7. Agora ele fica no canto inferior direito, depois da hora e data do sistema, conforme destacado a seguir.

Curso Completo de Windows 7 - Júlio Battisti

Usando o Aero Peek na área de trabalho:

Conforme destaquei na dica anterior, o botão Mostrar área de trabalho foi movido para a extremidade direita da barra de tarefas, o que facilita para você clicar ou apontar para o botão sem abrir acidentalmente o menu Iniciar (o que ocorria com freqüência no Windows 2000, Windows XP e Windows Vista).

Além de clicar no botão Mostrar área de trabalho para minimizar todas as janelas e exibir a área de trabalho, você pode exibir temporariamente ou “espiar” a área de trabalho simplesmente apontando o mouse para o botão Mostrar área de trabalho. Quando você aponta para o botão Mostrar área de trabalho ao final da barra de tarefas (apenas apontar, sem clicar), qualquer janela aberta esmaece da exibição (fica transparente), exibindo a área de trabalho. Para fazer as janelas reaparecerem, afaste o mouse do botão Mostrar área de trabalho.

É isso. Simples e prático.

Como Exibir rapidamente a área de trabalho usando o Aero Peek:

Isso pode ser útil para exibir rapidamente Gadgets (pequenos programas, com funções diversas, que no Windows Vista ficavam na Barra de Gadgets. No Windows 7 a Barra de Gadgets foi extinta e os Gadgets podem ser adicionados diretamente na Área de Trabalho) de área de trabalho ou quando você não deseja minimizar todas as janelas abertas e depois precisar restaurá-las. No Capítulo 2 eu apresentarei exemplos práticos, passo a passo, sobre o uso do Aero Peek.

Gadgets:

A Barra Lateral do Windows (Barra de Gadgets) foi aposentada e não está mais disponível com o Windows 7. Ao invés disso, você pode exibir gadgets em qualquer lugar da área de trabalho e usar os recursos do Aero Peek (descrito no tópico anterior) para ver temporariamente gadgets de área de trabalho sem minimizar nem fechar as janelas com as quais você está trabalhando. Na Figura 1.6, da Ajuda do Windows 7, temos um exemplo onde Gadgets foram adicionados diretamente à Área de Trabalho.

Curso Completo de Windows 7 - Júlio Battisti

Figura 1.6 – Gadgets adicionados diretamente na Área de Trabalho.

Plano de fundo da área de trabalho:

O plano de fundo de área de trabalho não precisa mais ser uma única imagem (também conhecido como Desktop, Papel de Parede e outros nomes mais populares). Com o Windows 7, você pode exibir uma apresentação de slides de imagens (várias imagens sendo alternadas, passadas em seqüência. Você pode até mesmo configurar o tempo entre a troca de uma imagem e outra).

Alguns temas que já vem  com o Windows 7 incluem uma apresentação de slides ou você pode criar sua própria apresentação de slides com sua coleção pessoal de imagens. Para obter mais informações sobre como configurar um plano de fundo de apresentação de slides, consulte o Capítulo 3.

Observações Importantes e mais novidades:

  • Nem todos os novos recursos de área de trabalho, descritos neste tópico, estão disponíveis em todas as edições do Windows 7. Por exemplo, Aero Peek, Shake e apresentações de slides de plano de fundo não estão incluídas no Windows 7 Home Basic nem no Windows 7 Starter.

Dica: Você pode descobrir a edição do Windows 7 que está instalada em seu computador abrindo a opção Sistema do Painel de Controle. Para mais detalhes sobre o Painel de Controle, consulte o Capítulo 3.

  • O menu Iniciar e a barra de tarefas foram também reprojetadas para demonstrar alguns novos recursos. Para obter mais informações, consulte o Capítulo 2.
  • Outra novidade que eu adorei foi a opção “Ícones da Área de Notificação”, do Painel de controle. A Área de Notificação é o espaço junto a hora e data do sistema, onde alguns programas (tais como anti-vírus, MSN e outros), colocam ícones. Os ícones da Área de Notificação servem como um atalho rápido, para as principais opções de configuração dos respectivos programas. O problema é que muitos destes programas ficavam emitindo uma série de mensagens que, muitas vezes, atrapalhavam e irritavam o usuário. No Windows 7, usando a opção Ícones da Área de Notificação (opção está que está no Painel de Controle), você pode configurar estes avisinhos chatos, podendo até mesmo desabilitá-los. A configuração é feita individualmente, para cada ícone da Área de Notificação. Veremos como usar esta novidade no Capítulo 3, onde abordarei, em detalhes, as opções do Painel de Controle.
  • Além de estarem maiores, os ícones de programas abertos, que são exibidos na Barra de Tarefas, tem mais uma novidade interessante. Para programas que suportam a função de Lista dos Últimos Arquivos Abertos, ao clicar com o botão direito do mouse no ícone do aplicativo, na Barra de Tarefas, será exibida, além das opções de Fechar a janela e Fixar o ícone na Barra de tarefas, a lista dos últimos arquivos abertos.
  • O Windows 7 vem com um grande número de figuras para serem utilizadas como Fundo da Área de Trabalho (o famoso Papel de Parede). No Capítulo 3 mostrarei como fazer estas alterações.

Novidades na Inicialização do sistema:

O Windows 7 inicializa mais rápido do que qualquer uma das versões anteriores. Ao instalar o Windows 7 é criada, automaticamente, uma conta chamada Administrador. Por padrão a senha desta conta está em branco. Durante a instalação podemos definir uma senha para a conta Administrador e deve ser criada, pelo menos mais uma conta. A conta Administrador é oculta, não sendo exibida na lista de usuários quando o Windows 7 é inicializado. Isso ocorre por que, por padrão, a conta Administrador está desativada (por isso que é obrigatório criar, pelo menos, mais uma conta, durante a instalação do Windows 7, conforme mostrarei mais adiante, no tópico sobre a instalação do Windows 7).

Diferente do Windows 95/98/Me o logon é obrigatório no Windows 7. Quando existir apenas uma conta, além da conta Administrador e a senha desta conta estiver em branco, o processo de logon é efetuado automaticamente, utilizando esta conta, após a inicialização do Sistema. Caso tenhamos criado várias contas, o Windows 7 exibe uma lista de usuários para definirmos com qual conta faremos o logon.

Nota: Falaremos mais sobre o processo do logon no Capítulo 2 e sobre a criação de contas de usuários e grupos no Capítulo 6.

Principais Novidades sobre Segurança:

Segurança, sem dúvidas, tornou-se uma questão crítica nos dias atuais. Diariamente temos notícias sobre novos golpes e fraudes virtuais, sobre a criação de novos vírus e de novos Spywares (software “mal-intencionado”, que se instala no computador do usuário, para exibir propaganda não solicitada ou para roubar informações, tais como números de contas e senhas e números de cartão de crédito). Como não poderia deixar de ser, junto com a estabilidade e desempneho, a segurança foi a principal preocupação da equipe que desenvolveu o Windows 7. Nesta área temos novidades importantes, as quais tem como objetivo tornar o Windows 7 bem mais seguro e menos sucetível a ataques do que as versões anteriores.

A principal novidade de segurança introduzida no Windows Vista é denominada “Controle de Conta de Usuário”. Em Inglês o termo é User Account Control (UAC). O principal objetivo deste novo recurso é impedir que sejam feitas alterações não autorizadas no computador (pois fazer alterações não autorizadas ou sem o conhecimento do usuário, é o principal meio usado para instalar vírus e spywares no computador). Sempre que for feita uma tentativa de instalar um novo programa ou modificar uma configuração do Windows, para a qual são necessárias permissões de Administrador, será exibida uma janela de informações e será solicitada confirmação do usuário. Mesmo que você esteja logado com uma conta com permissão de Administrador, se o recurso de Controle de Conta de Usuário estiver habilitado, será exibida uma mensagem e solicitada uma confirmação. Isso evita que alterações sejam feitas ou que programas sejam instalados de maneira oculta, sem conhecimento do usuário. Em algumas situações este recurso pode até tornar-se um pouco chato, devido ao grande número de confirmações que é solicitado, mas, na minha opinião, é um recurso muito bem vindo e que deve ser mantido ativado, pois realmente é de grande ajuda para evitar problemas de segurança. No Capítulo sobre Contas de usuários, mostrarei como é possível habilitar/desabilitar este recurso. Por padrão este recurso é habilitado, durante a instalação do Windows 7.

Para determinadas situações, além do aviso pode ser que você seja solicitado a informar uma conta com permissão de Administrador do computador. Por exemplo, se você está logado com uma conta sem permissão de administrador e vai instalar um programa que precisa de permissões de Administrador para ser instalado, será exibida uma janela, solicitando que você informe as credenciais (conta e senha) de Administrador. Esta é mais uma forma de proteger o seu computador, contra a instalação de vírus e spywares.

No Windows Vista houve muitas reclamações em relação a este recurso, principalmente devido ao grande número de mensagens que este recurso exibia, interrompendo, a todo momento, o trabalho do usuário. No Windows 7 este recurso foi remodelado, para tornar-se menos intrusivo. No Capítulo 7, sobre contas de usuários, mostrarei, passo a passo, como configurar as opções deste recursos.

O Windows Defender é instalado, automaticamente, durante a instalação do Windows 7 e é também atualizado, automaticamente, via Internet. O Windows Defender é o software da Microsoft para compatar os spyware e malwares. Além do Windows Defender, eu recomendo o uso de um segundo programa anti-spyware, conforme mostrarei no Capítulo 10, já no Módulo II deste curso. No Windows XP, o Windows Defender não era instalado automaticamente. O usuário tinha que baixar do site da Microsoft e fazer a instalação. No Windows Vista e no Windows 7, o Windows Defender é instalado, automaticamente.

Temos também o Internet Explorer 8.0, o qual é instalado automaticamente durante a instalação do Windows 7. No Capítulo 4 eu mostrarei como usar os principais recursos e novidades do Internet Explorer 8.0 – IE 8.0.

No Windows 7.0 não existe mais um cliente de email fornecido junto com o sistema, como era o caso do Outlook Express até o Windows XP e do Windows Mail com o Windows Vista. No Windows 7.0, você deve instalar o Windows Live. O Windows Live fornece vários aplicativos úteis, dentre os quais o MSN e o Windows Live Mail, que é o substituto natural do Outlook Express. Para mais detalhes acesse o seguinte endereço: http://www.windowslive.com.br/

Muitos dos recursos do Windows são implementados na forma de Serviços. Um serviço pode ser configurado para ser inicializado, automaticamente, durante a inicialização do Windows. Uma novidade introduzida no Windows Vista e que também faz parte do Windows 7, é que os serviços são executados somente com os privilégios mínimos necessários para o seu funcionamento, sem ter privilégios maiores do que os necessários. Isso evita que um problema em um ou mais serviços, possa fazer com que o Windows 7 para de funcionar e o computador tenha que ser reinicializado. Esta mudança também reduz as opções de ataque de hackers, explorando falhas conhecidas em determinados serviços. Esta é uma medida importante, para garantir maior segurança e estabilidade para o Windows 7.

Por fim, o recurso conhecido como Controles dos Pais, o qual permite que os pais apliquem uma série de restrições, em relação aos usos que seus filhos podem fazer no Windows 7. Por exemplo, com este recurso, os pais podem restringir quais jogos seus filhos poderão usar, poderão fazer a limitação somente a determinados jogos, ou para jogos indicados até a faixa de idade apropriada ou podem bloquear jogos com conteúdos específicos, tais como violência e/ou sexo. Este recurso também teve melhorias importantes no Windows 7, em relação ao Windows Vista.

Quais recursos podem ser controlados com o Controle dos Pais? Este recurso pode ser utilizado para limitar o uso do computador a determinados horários, para restringir os tipos de jogos com os quais os filhos podem brincar, os sites que podem visitar e os programas que podem executar.

Como administrador do computador, os pais podem definir limites de tempo para controlar quando as crianças têm permissão para fazer logon no computador. Os limites de tempo impedem que as crianças façam logon durante as horas especificadas. Você pode definir horas de logon diferentes para cada dia da semana. Se elas estiverem conectadas quando o tempo alocado terminar, serão automaticamente desconectadas.

Os pais podem definir limites para o uso da Internet. Você pode restringir os sites que as crianças podem visitar, verificar uma classificação etária, indicar se deseja permitir downloads de arquivo e configurar o conteúdo que deseja que os filtros de conteúdo bloqueiem e permitam. Também é possível bloquear ou permitir sites específicos. Eu, particularmente, sou fã da opção de permitir o bloqueio de download de arquivos (de qualquer tipo). Só com essa medida, você já evita uma série de problemas, principalmente com a curiosidade natural das crianças, em clicar em links de e-mails falsos, cujo único objetivo é instalar vírus ou spywares no computador. Quando uma criança recebe um e-mail falso, dizendo que se tratam de fotos e vídeos inéditos do BBB 10, é óbvio que a curiosidade falará mais alto do que o bom senso e a criança acabrá clicando no link de Download. Com o recurso de bloqueio de downloads, mesmo clicando no link de download, o download não será efetuado. Uma ajuda e tanto para proteger o computador e os dados.

Você também pode impedir a execução de programas específicos.

Um outro recurso interessante é que, após configurar o recurso de Controle dos Pais (para mais detalhes sobre as configurações e utilização deste recurso, consulte o Capítulo 10, o qual será abordado no Módulo II deste curso: Windows 7 – Curso Intermediário e Segurança Básica), você pode configurar relatórios de atividades para guardar um registro da atividade de computação do seu filho.Com estes relatórios, por exemplo, você pode verificar se ele está, repetidamente, tentando abrir um programa proibido ou acessar sites proibidos.

Novidades sobre Multimídia e Entretenimento

O suporte a recursos de multimídia foi bastante melhorado no Windows 7. Uma nova versão do Windows Media Player – 11.0. O Windows Media Player desempenha funções de um vídeo cassete, de um CD player, de um DVD Player (esta é uma novidade bem interessante, pois o Windows Media Player, a partir da sua versão 11.0 é capaz de reproduzir DVDs, sem a necessidade da instalação de Codecs adicionais) e de um rádio, combinadas em um único programa. Você pode assistir vídeos, escutar músicas nos mais variados formatos e, estando conectado a Internet, escutar rádios do mundo inteiro. Por padrão o Windows armazena suas músicas na pasta Músicas, que está dentro da pasta pessoal do usuário (por exemplo, para um usuário chamado Júlio Battisti, a pasta fica em C:\Usuários\Júlio Battisti\Músicas) onde você pode facilmente gerenciá-las. Existe um atalho, no menu Iniciar, diretamente para a pasta Músicas. No Capítulo 5 aprenderemos a utilizar o Windows Media Player e a gerenciar arquivos de música e vídeo.

A principal novidade do Windows Media Player 12.0 é que ele já vem com um número de Codecs muito maior do que nas versões anteriores. O que isso significa na prática? Significa que você poderá executar um número muito maior de tipos de arquivos, diretamente no Windows Media Player 12.0, sem ter que baixar da Internet e instalar pacotes de Codec. No Windows Vista, por exemplo, para executar um arquivo .rmvb, era necessário baixar um pacote de Codecs e instalar. Já no Windows 7, com o Windows Media Player 12.0, não é preciso baixar nenhum pacote de Codecs, para poder assistir arquivos .rmvb. Este é somente um exemplo de tipo de arquivo. Existe suporte para dezenas de tipos de arquivos de áudio e vídeo, diretamente no Windows Media Player 12.0, sem necessidade e baixar novos codecs.

Windows Media Center: Com o Windows 7 Ultimate e Home Premium, está disponível o Windows Media Center. Este recurso procura disponibilizar uma espécie de Painel de Controle para os recursos multimídia, onde o usuário poderá (desde que tenha o hardware necessário instalado) executar as seguintes tarefas:

  • Assistir TV pelo Computador
  • Gravar programas de TV
  • Executar vídeos e ver fotos
  • Ouvir música
  • Executar mídias digitais em qualquer parte da casa
  • Ouvir rádio
  • Executar um CD ou DVD
  • Gravar um CD ou DVD
  • Procurar, transmitir e baixar mídia digital de Mídia Online
  • Executar jogos

No Windows XP, o Media Center somente estava disponível com uma versão específica do Windows XP: XP Media Center Edition. Já com o Windows Vista e com o Windows 7, ele está disponível como um Painel de Controle dos recursos multimídia e de entretenimento, nas edições Ultimate e Home Premium.

Novidades para Navegação na Internet:

Uma nova versão do Internet Explorer. Com o Windows 7 é disponibilizado o Internet Explorer 8.0 e, como já citado anteriormente, não é mais disponibilizado o cliente de Email Windows Mail.  O Internet Explorer 8.0 também está disponível para ser instalado no Windows Vista e no Windows Server 2003. No Capítulo 4 falarei sobre as novidades e melhorias do Internet Explorer 8.0.

Novidades para Gerenciamento do Sistema e Manutenção do Sistema em funcionamento:

Manter o sistema funcionando, sem problemas mas, principalmente, poder, facilmente, recuperar o sistema ao seu estado normal, quando ocorrerem problemas, tem sido um ponto importante e que vem sendo melhorado mais e mais a cada nova versão do Windows. O Windows XP já trazia ferramentas bem interessantes para manter o sistema em funcionamento e para recuperação a desastres. O Windows Vista avançou um pouco mais nesta direção e o Windows 7 avança mais ainda pouco nesta direção. A seguir descrevo as principais novidades do Windows 7, para gerenciamento e manutenção do sistema. A principal novidade do Windows 7.0 nesta área é a opção Central de Ações, indicada na Figura 1.7:

Curso Completo de Windows 7 - Júlio Battisti

Figura 1.7 – A opção Central de Ações do Painel de Controle.

A Central de Ações lista mensagens importantes sobre configurações de segurança e manutenção que precisam da atenção do Administrador do computador. Os itens em vermelho na Central de Ações são rotulados como Importantes e indicam problemas graves, os quais devem ser resolvidos logo, como um programa antivírus que precisa ser atualizado ou a não existência de um programa anti-vírus. Os itens em amarelo são tarefas sugeridas, ou seja, é recomendado que você execute estas tarefas, para garantir o bom funcionamento do Windows e a segurança do sistema.

Além das mensagens, a Central de Ações oferece links para uma série de ferramentas úteis para a manutenção e para a segurança do Windows 7. Além da Central de Ações, que é novidade no Windows 7, duas ferramentas já existentes no Windows Vista, foram consideravelmente melhoradas: O Monitor de Recursos e o Monitor de Desempenho. Veremos estas ferramentas, em detalhes, no Capítulo 14, o qual faz parte do Módulo II – Windows 7 – Curso Intermediário e Segurança Básica.

Novidades sobre Configurações de Rede:

O aplicativo Central de Rede e Compartilhamento, o qual é acessado através do Painel de Controle, introduzido originalmente com o Windows Vista, foi bastante melhorado no Windows 7, dando acesso rápido a praticamente todas as configurações de rede do seu computador.

A Principal novidade é a opção Grupo doméstico, do painel de controle. A criação de um Grupo doméstico, permite que dois ou mais computadores rodando o Windows 7, compartilhem arquivos, bibliotecas de mídia e outros recursos. Você pode compartilhar imagens, músicas, vídeos, documentos e impressoras com outras pessoas do seu grupo doméstico. O grupo doméstico é protegido por senha, e você poderá sempre escolher o que vai compartilhar com o grupo.

No decorrer do livro, você aprenderá a utilizar os recursos de rede do Windows 7. Sempre que um dos recursos for uma novidade do Windows 7, chamarei a atenção para tal fato.

Na próxima Lição aprenderemos a fazer uma instalação do Windows 7 a partir do zero, utilizando o DVD do Windows 7 para dar o boot no computador. Também mostrarei quais os caminhos possíveis para o Upgrade para o Windows 7 e como fazer um Upgrade do Windows Vista Ultimate para o Windows 7 Ultimate.

Este foi apenas um breve resumo sobre as novidades do Windows 7. No decorrer dos Módulos I, II e III, deste curso, você aprenderá, na prática, a utilizar as principais novidades do Windows 7.


Promoção: Livro Windows Server 2012 R2 e Active Directory - Curso Completo, 2100 Páginas. Tudo para você se tornar um administrador de redes altamente qualificado para o mercado de trabalho e levar a sua carreira para o próximo nível!

Promoção: Livro Windows Server 2012 R2 e Active Directory

Curso Completo, 2100 páginas. Tudo para você se tornar um administrador de redes altamente qualificado para o mercado de trabalho e levar a sua carreira para o próximo nível!


« Lição anterior Δ Página principal ¤ Capítulos Próxima lição »

Quer Aprender VBA no Excel, Sem Dificuldades, com Exemplos
Práticos Passo a Passo e com Explicações Detalhadas?

Aprenda com Júlio Battisti: "Macros e Programação VBA no Excel 2010 Através de Exemplos Práticos e Úteis - Passo a Passos

Junto com o livro você Recebe 11 Bônus Incluindo 50 horas de Vídeo Aulas.

Mesmo que Você não Saiba Nada de Programação VBA ou já Tenha Tentado
Aprender VBA e Desistiu ou Achou Difícil, com Este Livro EU GARANTO que Você Aprenderá, SEM DIFICULDADES. APRENDIZADO GARANTIDO.

Clique Aqui Para Todos os Detalhes sobre Esta Oferta

- É com alegria que Comunico o lançamento do meu 42º Livro.

 

- Perfeito para Iniciantes em Programação VBA.

 

- Abordo desde o Básico até Comandos Avançados.

 

- Códigos detalhadamente explicados, linha por linha.

 

- Criação de Funções e Procedimentos com VBA.

 

- O Modelo de Objetos do Excel - Exemplos Práticos.

 

- Criação de Formulários - UseForms.

 

- Criação de um Sistema de Cadastro Completo, com Foto.

 

- Como trabalhar com Tabelas Dinâmicas na Programação VBA.

 

- Como trabalhar com Gráficos na Programação VBA.

 

- Rotina que Escreve um número por Extenso usando VBA.

 

- E muito, muito mais mesmo...

 

- Junto com o livro você recebe 50 horas de Vídeo Aulas sobre Macros, Programação VBA, Fórmulas e Funções Avançadas, Dashboards e Muito mais.

 

[Bônus]: 60 horas de Vídeo Aulas sobre Macros, Programação VBA, Fórmulas e Funções Avançadas no Excel, Recursos Avançados, Dashboards e Muito mais.

 

Aprenda com Júlio Battisti: "Macros e Programação VBA no Excel 2010 Através de Exemplos Práticos e Uteis - Passo a Passos

Aprenda com Júlio Battisti: "Macros e Programação VBA no Excel 2010 Através de Exemplos Práticos e Uteis - Passo a Passos

A BÍBLIA DA
PROGRAMAÇÃO
VBA NO EXCEL

 

Livros Que O Júlio Battisti Indica:

Todos com excelentes bônus e pode parcelar no cartão!

Windows Server 2012 R2 e Active Directory

 Aprenda com Júlio Battisti: Access 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 2100 | Editora: Instituto Alpha

 

[Livro]: Aprenda com Júlio Battisti: Access 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

Universidade Redes

Curso Online: Universidade de Redes

 

Autor: André Stato | Carga horária: 170h

 

Curso Online: Universidade de Redes

A Bíblia do Excel

 Aprenda com Júlio Battisti: Access 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 1338 | Editora: Instituto Alpha

 

[Livro]: Aprenda com Júlio Battisti: Access 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

Macros e VBA no Access 2010

 Aprenda com Júlio Battisti: Access 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 1164 | Editora: Instituto Alpha

 

[Livro]: Aprenda com Júlio Battisti: Access 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

Macros e VBA no Excel 2010

 Aprenda com Júlio Battisti: Access 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 1124 | Editora: Instituto Alpha

 

[Livro]: Aprenda com Júlio Battisti: Access 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

Universidade Java

 Aprenda com Júlio Battisti: Access 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

 

Autor: Neri Zeritzke | Duração: 250h | Aulas: 1922

 

[Livro]: Aprenda com Júlio Battisti: Access 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

Todos os livros com dezenas de horas de vídeo aulas de bônus, preço especial (alguns com 50% de desconto). Aproveite. São poucas unidades de cada livro e por tempo limitado.

Dúvidas?

Utilize a área de comentários a seguir.

Me ajude a divulgar este conteúdo gratuito!

Use a área de comentários a seguir, diga o que achou desta lição, o que está achando do curso.
Compartilhe no Facebook, no Google+, Twitter e Pinterest.

Indique para seus amigos. Quanto mais comentários forem feitos, mais lições serão publicadas.

Quer receber novidades e e-books gratuitos?
›››

Novidades e E-books grátis

Fique por dentro das novidades, lançamento de livros, cursos, e-books e vídeo-aulas, e receba ofertas de e-books e vídeo-aulas gratuitas para download.



Institucional

  • Quem somos
  • Garantia de Entrega
  • Formas de Pagamento
  • Contato
  • O Autor
  • Endereço

  • Júlio Battisti Livros e Cursos Ltda
  • CNPJ: 08.916.484/0001-25
  • Rua Vereador Ivo Cláudio Weigel, 537 Universitário
  • Santa Cruz do Sul/RS
  • CEP 96816-208
  • Todos os direitos reservados, Júlio Battisti 2001-2017 ®

    [LIVRO]: MACROS E PROGRAMAÇÃO VBA NO EXCEL 2010 - PASSO-A-PASSO

    APRENDA COM JULIO BATTISTI - 1124 PÁGINAS: CLIQUE AQUI