[MEU 50º LIVRO]: BANCOS DE DADOS E ACESS - CURSO COMPLETO - DO BÁSICO AO VBA - 1602 páginas

Páginas: 1602 | Autor: Júlio Battisti | 40% de Desconto e 70h de Vídeo Aulas de Bônus

Você está em: PrincipalArtigosWindows XP › Capítulo 06 : 03
Quer receber novidades e e-books gratuitos?
›››
« Lição anterior Δ Página principal ¤ Capítulos Próxima lição »
WINDOWS XP - CURSO COMPLETO
Autor: Júlio Battisti


Promoção: Livro Windows Server 2012 R2 e Active Directory - Curso Completo, 2100 Páginas. Tudo para você se tornar um administrador de redes altamente qualificado para o mercado de trabalho e levar a sua carreira para o próximo nível!

Promoção: Livro Windows Server 2012 R2 e Active Directory

Curso Completo, 2100 páginas. Tudo para você se tornar um administrador de redes altamente qualificado para o mercado de trabalho e levar a sua carreira para o próximo nível!


Lição 157 - Capítulo 06 - Criando Consoles Personalizados

Além dos consoles pré-configurados, também podemos criar nossos próprios consoles pré-configurados, os quais podem ser salvos em arquivos com a extensão .MSC. Depois para abrirmos um console pré-configurado basta abrirmos o arquivo .msc.

A criação de consoles personalizados é especialmente útil, quando temos que delegar tarefas para um outro usuário do computador. Vamos supor que você queira criar um console onde somente seja adicionado o Snap-In para gerenciar usuários e grupos. Depois de criado este console, você envia o arquivo .msc para um usuário responsável pelo gerenciamento de usuários e grupos. Veremos que é possível criar o console de tal maneira que o usuário que vai utilizá-lo não possa modificá-lo, adicionando ou excluindo Snap-Ins.

Exemplo: Vamos supor que você queira criar um console somente para administrar contas e usuários e grupos. Vamos abrir o MMC sem nenhum Snap-In e carregar apenas o Snap-In para administração de Contas de usuários e grupos. Depois vamos salvar este console com o nome de administra_usuarios.msc na área de trabalho do usuário que está logado.

Para abrir o MMC sem nenhum Snap-In carregado, faça o seguinte:

1.       Faça o logon com uma conta com permissão de Administrador.

2.       Selecione o comando Iniciar -> Executar.

3.       Na janela que surge, no campo Abrir, digite mmc e dê um clique em OK.

4.       Será aberto o MMC sem nenhum Snap-In carregado.

Para carregar apenas o Snap-In para administração de contas de usuários e grupos, siga os passos indicados a seguir:

5.       Com o MMC carregado anteriormente, selecione o comando Arquivo -> Adicionar/remover snap-in..”. Será exibida a janela Adicionar/remover snap-in. Observe que não existe nenhum snap-in adicionado e a lista está vazia.

6.       Na janela Adicionar/remover snap-in, dê um clique no botão Adicionar. Será exibida a janela Adicionar snap-in autônomo. Nesta janela é exibida uma listagem com todos os snap-ins disponíveis.

7.       Localize na listagem o seguinte snap-in: Usuários e grupos locais, conforme indicado na Figura 6.4 e dê um clique sobre ele para selecioná-lo.


Figura 6.4
Adicionando o snap-in Usuários e grupos locais.

8.       Dê um clique no botão Adicionar.

Surge a janela Escolher máquina de destino. Essa janela permite que você defina em qual computador você quer gerenciar as contas de usuários e grupos. Neste momento você pode gerenciar usuários e grupos de um computador remoto, desde que você tenha permissão para isso.

9.       Por padrão vem selecionada a opção Computador local. Aceite a opção padrão e dê um clique no botão Concluir.

10.     Você estará de volta à janela Adicionar snap-in autônomo. Caso você queira será possível adicionar outros snap-ins. Como não queremos adicionar mais nenhum snap-in, dê um clique no botão Fechar.

11.     Você estará de volta à janela Adicionar/remover snap-in. Observe que o snap-in Usuários e grupos locais (local) já aparece na listagem, conforme indicado na Figura 6.5.


Figura 6.5
Snap-in Usuários e grupos locais já adicionado.

O local entre parênteses indica o computador local.

12.     Dê um clique em OK para fechar a janela Adicionar/remover snap-in.

13.     Você estará de volta ao MMC, agora com o snap-in Usuários e grupos locais já carregado, conforme indicado pela Figura 6.6.


Figura 6.6
Console com um snap-in Usuários e grupos locais.

Agora vamos salvar o console com o nome de administra_usuarios.msc. O console será salvo na área de trabalho do usuário logado.

Para salvar o console com o nome de administra_usuarios.msc, faça o seguinte:

14.     Selecione o comando Arquivo -> Salvar.

15.     Será aberta a janela Salvar como. Nesta janela existe uma barra de atalhos, no lado esquerdo da janela. Nesta barra temos atalhos: Documentos recentes, Desktop, Meus documentos, Meu computador e Meus locais de rede. Para acessar a área de trabalho, dê um clique no atalho Desktop, no campo nome do arquivo digite: administra_usuarios.msc. A janela Salvar como deve estar conforme indicado na Figura 6.7:


Figura 6.7
Salvando o console recém-criado na área de trabalho.

16.   Dê um clique no botão Salvar.

Agora vamos definir as configurações de segurança para o console recém-criado. Ao criarmos um console podemos definir diferentes modos de operação para ele. A cada modo de operação está associado um conjunto de operações permitidas. Ao criar um console personalizado, como o console administra_usuarios.msc, que recém-criamos, você pode atribuir a ele uma ou duas opções gerais de acesso: modo de autor ou modo de usuário. Existem, por sua vez, três níveis de modo de usuário, de forma que existem quatro opções para acesso padrão a um console:

  • Modo de autor: Concede aos usuários acesso completo a toda a funcionalidade do MMC, inclusive a capacidade de adicionar ou remover snap-ins, criar novas janelas, modos de exibição e exibir todas as partes da árvore de console.
  • Modo de usuário – acesso completo: Concede aos usuários acesso completo a todos os comandos de gerenciamento de janelas e à árvore de console fornecida. Impede os usuários de adicionar ou remover snap-ins ou alterar as propriedades do console.
  • Modo de usuário – acesso limitado, várias janelas: Concede aos usuários acesso somente às áreas da árvore de console visíveis quando o console foi salvo. Os usuários podem criar novas janelas, mas não podem fechar as existentes.
  • Modo de usuário – acesso limitado, janela única: Concede acesso aos usuários somente às áreas da árvore de console visíveis quando o console foi salvo. Impede que os usuários abram novas janelas.

Estas opções são acessíveis através do comando Arquivo -> Opções.

Você pode atribuir o modo de autor a um console para conceder acesso completo a todos os recursos do MMC, incluindo a capacidade de adicionar ou remover snap-ins, criar novas janelas, criar exibições de painel de tarefas e tarefas, adicionar itens à lista Favoritos e exibir todas as partes da árvore de console. Ao selecionar uma das opções do modo de usuário, os recursos de criação que provavelmente não serão necessários a um usuário serão eliminados. Por exemplo, se você atribuir a opção Modo de usuário – acesso completo, a um console, todos os comandos de gerenciamento de janelas e o acesso completo à árvore de console serão fornecidos, mas o usuário estará impedido de adicionar ou remover snap-ins ou alterar as propriedades do console.

As alterações feitas nos consoles que estiverem no modo de autor e nos consoles que estiverem no modo de usuário serão salvas de maneira diferente. Se você estiver trabalhando com um console no modo de autor, será solicitado a salvar suas alterações ao fechá-lo. No entanto, se você estiver trabalhando com um console no modo de usuário e tiver desmarcado a caixa de seleção Não salvar alterações neste console, disponível quando se clica em Opções no menu Arquivo, as alterações serão automaticamente salvas quando você fechar o console.

Se uma das seguintes condições se aplicar, o modo padrão de um console será ignorado e um console será aberto no modo de autor:

  • O MMC já está aberto quando um console é aberto.
  • Um console é aberto através do comando de menu de atalho Autor.
  • Um console é aberto no prompt de comando com a opção /a.

O acesso ao modo de autor do MMC é desnecessário para usuários que não precisam criar ou alterar os consoles do MMC. Um administrador de sistema pode definir configurações de perfil de usuário para impedir que os usuários abram o MMC no modo de autor. Para isso, ele deve inibir a opção /a ou a opção do menu de atalho.

Vamos configurar o modo de acesso para o console administra_usuarios.msc, criado anteriormente.

1.       Selecione o comando Arquivo -> Opções.

2.       Será aberta a janela opções. Dê um clique na guia Console.

3.       Na lista Modo de console, selecione a opção: Modo de usuário – acesso limitado, janela única. Observe que as opções “Não salvar alterações neste console” e “Permitir que o usuário personalize opções” foram habilitadas, sendo que podemos marcá-las ou desmarcá-las de acordo com as necessidades de cada caso.

  •   Não salvar alterações neste console: Se esta opção estiver marcada, o usuário não poderá fazer alterações no console, tais como adicionar ou remover snap-ins.
  • Permitir que o usuário personalize opções: Especifica se os usuários podem adicionar janelas cujas raízes se encontram em itens do console.

4.       Marque as duas opções descritas anteriormente. Sua janela deve estar conforme indicado na Figura 6.8.


Figura 6.8
Definindo opções de Modo de console.

5.       Dê um clique no botão OK.

6.       Salve o console novamente, usando o comando Arquivo -> Salvar.

7.    Feche o MMC.

Agora vamos abrir o console administra_usuarios.msc, criado anteriormente.

Para verificar se o Windows XP criou um atalho para o console administra_usuarios.msc, na área de trabalho faça o seguinte.

1.       Minimize quaisquer janelas que você tiver aberto.

2.       Localize, na área de trabalho, um atalho para administra_usuarios.msc.

3.       Dê um clique duplo no atalho para abri-lo.

4.       Clique no menu Arquivo. Observe que uma série de opções foram retiradas, o que acontece porque configuramos o console para funcionar no modo: “Modo de usuário – acesso limitado, janela única”, o qual concede acesso aos usuários somente às áreas da árvore de console visíveis quando o console foi salvo, impede que os usuários abram novas janelas e também impede que sejam adicionados ou removidos snap-ins. No menu Arquivo estão disponíveis apenas dois comandos: Opções e Sair.

Existem muitas aplicações práticas para a criação de consoles personalizados. Por exemplo, caso um funcionário seja responsável apenas pelo gerenciamento de usuários e grupos, você pode criar um console personalizado somente com o snap-in necessário. Isso facilita o trabalho, uma vez que a interface fica mais simples e impede o acesso a operações que não fazem parte das atribuições do funcionário.


Promoção: Livro Windows Server 2012 R2 e Active Directory - Curso Completo, 2100 Páginas. Tudo para você se tornar um administrador de redes altamente qualificado para o mercado de trabalho e levar a sua carreira para o próximo nível!

Promoção: Livro Windows Server 2012 R2 e Active Directory

Curso Completo, 2100 páginas. Tudo para você se tornar um administrador de redes altamente qualificado para o mercado de trabalho e levar a sua carreira para o próximo nível!


« Lição anterior Δ Página principal ¤ Capítulos Próxima lição »

Livros Que O Júlio Battisti Indica:

Todos com excelentes bônus e pode parcelar no cartão!

Windows Server 2012 R2 e Active Directory

 Aprenda com Júlio Battisti: Access 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 2100 | Editora: Instituto Alpha

 

[Livro]: Aprenda com Júlio Battisti: Access 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

Universidade Redes

Curso Online: Universidade de Redes

 

Autor: André Stato | Carga horária: 170h

 

Curso Online: Universidade de Redes

A Bíblia do Excel

 Aprenda com Júlio Battisti: Access 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 1338 | Editora: Instituto Alpha

 

[Livro]: Aprenda com Júlio Battisti: Access 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

Macros e VBA no Access 2010

 Aprenda com Júlio Battisti: Access 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 1164 | Editora: Instituto Alpha

 

[Livro]: Aprenda com Júlio Battisti: Access 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

Macros e VBA no Excel 2010

 Aprenda com Júlio Battisti: Access 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

 

Autor: Júlio Battisti | Páginas: 1124 | Editora: Instituto Alpha

 

[Livro]: Aprenda com Júlio Battisti: Access 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

Universidade Java

 Aprenda com Júlio Battisti: Access 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

 

Autor: Neri Zeritzke | Duração: 250h | Aulas: 1922

 

[Livro]: Aprenda com Júlio Battisti: Access 2010 Básico em 140 Lições - Através de Exemplos Práticos

Todos os livros com dezenas de horas de vídeo aulas de bônus, preço especial (alguns com 50% de desconto). Aproveite. São poucas unidades de cada livro e por tempo limitado.

Dúvidas?

Utilize a área de comentários a seguir.

Me ajude a divulgar este conteúdo gratuito!

Use a área de comentários a seguir, diga o que achou desta lição, o que está achando do curso.
Compartilhe no Facebook, no Google+, Twitter e Pinterest.

Indique para seus amigos. Quanto mais comentários forem feitos, mais lições serão publicadas.

Quer receber novidades e e-books gratuitos?
›››

Novidades e E-books grátis

Fique por dentro das novidades, lançamento de livros, cursos, e-books e vídeo-aulas, e receba ofertas de e-books e vídeo-aulas gratuitas para download.



Institucional

  • Quem somos
  • Garantia de Entrega
  • Formas de Pagamento
  • Contato
  • O Autor
  • Endereço

  • Júlio Battisti Livros e Cursos Ltda
  • CNPJ: 08.916.484/0001-25
  • Rua Vereador Ivo Cláudio Weigel, 537 Universitário
  • Santa Cruz do Sul/RS
  • CEP 96816-208
  • Todos os direitos reservados, Júlio Battisti 2001-2017 ®

    [LIVRO]: MACROS E PROGRAMAÇÃO VBA NO EXCEL 2010 - PASSO-A-PASSO

    APRENDA COM JULIO BATTISTI - 1124 PÁGINAS: CLIQUE AQUI